Skip to main content

Ilhabela – um paraíso paulista

Ilhabela, São Paulo, nossa primeira viagem longa de carro:

Janeiro de 1997. Nossa filha mais velha, até então, única filha, com 4 anos de idade. Estávamos pagando o financiamento do nosso primeiro apartamento; não tínhamos carro; meu esposo custeava com esforço o seu curso superior e eu faria o vestibular em alguns dias.

Eis que nesse momento economicamente desfavorável para nós, recebemos um convite tentador de um casal de amigos. Que tal irmos passar alguns dias em Ilhabela, litoral norte de São Paulo?

Nossos olhos brilharam e os “pés começaram a coçar”. Nunca havíamos ido tão longe! Era início de janeiro e fazia muito calor. E os planos iniciaram:

“Não temos carro, como podemos ir?  Vamos pedir o carro emprestado para o sogro! Não podemos nem pensar em ficar em hotel. Resolvido! Vamos acampar. Mas, espera aí, não temos nem a barraca! Uma ideia: pedir emprestada a um casal que mora no nosso edifício.”

Nossos problemas resolvidos, passamos no supermercado para comprar lanchinhos para a viagem (parar o tempo todo em restaurante, como assim? hahahahaah, sem verba), arrumamos nossas coisas e partimos de madrugada, pois percorreríamos mais de 1000 km naquele dia.

Naquela época não tínhamos internet, nem computador. Nenhuma experiência em viagens. Fomos na cara e na coragem, seguindo o Guia Rodoviário Quatro Rodas do meu marido, nosso companheiro inseparável de estrada.

Atravessamos Santa Catarina pela BR-101, o Paraná, passando por Curitiba (naquela época não havia o anel viário), entramos no estado de São Paulo pela BR-116, saímos da Regis Bitencourt rumo a Itanhaém para depois chegarmos em Santos. De Santos percorremos a rodovia Rio-Santos até São Sebastião. Pensa numa estrada bonita. Pensou? Ela ganha dos teus pensamentos, com certeza. Não deixe de viajar de carro pela Rio-Santos, pelo menos uma vez na vida, e encantar-se com uma paisagem deslumbrante que se descortina depois de cada curva.

Em São Sebastião, pegamos a balsa que leva pedestres, carros e ônibus para o sonhado destino – Ilhabela (mais informações sobre a balsa).

Procuramos o camping, montamos nossa barraca, ou melhor, a barraca emprestada, e saímos para nos encontrarmos com nossos amigos.

Nossa filhinha era só alegria. Sim, claro, ela não ficou de fora da nossa primeira aventura. A felicidade dela era tanta, que se comportou perfeitamente nesta viagem longa de carro. E  olha que não era um carro espaçoso e confortável. Era um gol, sem ar-condicionado (rsssss).

Tudo foi novidade para ela e para nós também. Percorrer um longo trecho de carro, dormir em barraca, usar um camping, fazer lanchinhos por aí, conhecer um lugar novo e paradisíaco, tomar banho de mar com água quente até tarde, nadar em piscina natural, escorregar em toboágua natural de pedra na cachoeira…

Lembro-me que a experiência foi tão boa, que ela falou ainda desta viagem por meses. As lembranças maravilhosas desses momentos em família ficaram gravadas em sua memória e nas nossas também, claro.

Viajar em família é uma delícia. Eu sei, é mais cansativo para todos levar os pequenos, mas não me arrependo de nenhuma viagem que fiz com elas (a propósito, descubra se vale a pena ou não levar os filhos nas viagens clicando aqui). E nessa primeira viagem longa que fizemos, ficou claro para nós que o gosto pela estrada também corria pelas veias da pequena.

Em Ilhabela nos divertimos muito. Conhecemos praias lindíssimas e de águas quentes, fizemos trilhas e nos esbaldamos em piscinas naturais, passeamos pelo charmoso centro histórico. Enfim, foram dias intensos de muita alegria e paisagens maravilhosas, que fizeram aumentar nosso gosto por viagens. O desafio seria economizar e gastar pouco para continuarmos a realizar esse gosto.

Sem dúvida nenhuma, esse destino vale muito a pena. Essa ilha é muito linda e a diversão por lá é garantida. Confira você também. Visite e conheça Ilhabela!

Mais Informações:

ONDE FICA: Ilhabela está localizada no eixo São Paulo – Rio, próxima de cidades como Ubatuba, Paraty, Angra dos Reis e Ilha Grande. Distante 210 quilômetros da capital paulista. Seu acesso é exclusivo pela balsa que sai de São Sebastião (saiba mais).

ATRAÇÕES: Esta ilha é bem servida de praias (40) e possui mais de 40 cachoeiras, umas com tobogã natural esculpido nas pedras, como a da Laje.  Além de água, tem um centro histórico belíssimo, com lojas, bares e restaurantes. Não esqueça de repelente, pois há muitos mosquitos por lá.

QUANDO IR: a alta temporada vai de setembro a fevereiro, meses mais quentes.

SITE OFICIALwww.ilhabela.sp.gov.br

O site www.ilhabela.com.br, também oferece boas informações, com fotos muito bonitas.

HOSPEDAGEM: confira opções de hotéis e campings aqui e aqui.

Bom, como sei que gostas de viajar como nós, vais amar ler também:

Viagem com filhos mais confortável, descomplicada e divertida

Curtindo o melhor de São Paulo em 1 dia

Tour autoguiado de arquitetura pelo centro de São Paulo

Agora que já viajaste conosco nesta nossa primeira aventura de carro pelo litoral de São Paulo, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links abaixo para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste postCom certeza, ótimos preços.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Caso queiras compartilhar no Pinterest, é só pinar a foto abaixo:

Michela.

13 comentários em “Ilhabela – um paraíso paulista

  1. Michela, me inspirei lendo esse post e “acabei” de criar o Baú da Doda, para falar de viagens antigas que fiz. Por que mesmo já passado, tem muita dica boa que a gente pode atualizar né? Ahh vou te citar no post de “inauguração” que estou fazendo eheheh bjs

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: