Skip to main content

Israel parte 2 – Mar Morto e Mar da Galileia

No nosso roteiro de Israel,  parte 1 (leia aqui), falamos exclusivamente de Jerusalém por ter muitos lugares magníficos para conhecer por lá. Neste post vamos mostrar outros locais imperdíveis de Israel, os quais são possíveis conhecer a partir de Jerusalém: o Mar Morto e a região do Mar da Galileia.

Nós nos hospedamos durante toda a viagem a Israel em Jerusalém (neste hotel) e a partir de lá, tiramos um dia todo para irmos de carro até o Mar Morto:

MAR MORTO:

De Jerusalém seguimos pela Rodovia 60 e entramos na Rodovia 1 à direita, rumo ao Mar Morto. A viagem dura em torno de uma hora. Na ida, a paisagem desértica bem diferente de tudo o que estamos acostumados, já é um passeio um tanto quanto exótico e muito bonito. Chegando lá,  costeamos o enorme lago pela Rodovia 90, até chegarmos em Ein Gedi, onde há praias para banho no mar e onde nós mergulhamos flutuamos. Flutuamos, pois este é o local onde tudo flutua, devido à salinidade da água. O Mar Morto é tão salgado que é impossível qualquer ser vivo viver lá – daí o nome do lago.

Outra curiosidade: ele está a 415 metros abaixo do nível do mar! Além disso, sua água e lama são consideradas terapêuticas. Leve roupa de banho, toalha e não deixe de flutuar, afinal, não é todo dia que estamos no Mar Morto! Eu levei as toalhas do hotel e nas praias para turistas, há chuveiros para a retirada da água super salgada. Também há banheiros para a troca de roupas. Não conseguimos ficar muito tempo, porque a pele começou a coçar muito e porque estava muito quente naquele dia (um termômetro na praia marcava 47 ºC!!!).

Não beba aquela água e o ideal é sair de vez em quando para uma chuveirada de água doce.

Antes do banho no mar, almoçamos também em Ein Gedi em uma lanchonete próxima da praia. Feita a flutuação, voltamos pela mesma rodovia até avistarmos a praia de Kalya, que, ao meu ver, é melhor que a de Ein Gedi, onde entramos na água. Uma pena não termos avistado a praia de Kalya antes. Havia mais lama e uma infraestrutura bem melhor. Aproveitamos para ver os banhistas se divertindo na lama e na água e compramos souvenirs numa loja, onde havia muitos produtos do Mar Morto, incluindo cosméticos e sais de banho do próprio local.

A Praia de Kalya fica bem no ínicio da Rodovia 90, logo após a saída da Rodovia 1, virando à direita.

Caso queira se hospedar próximo ao Mar Morto para aproveitar bem a região, fizemos uma seleção de hotéis (só clicar, escolher e reservar).

MAR DA GALILEIA:

Como de Jerusalém a Tiberias, que foi nossa primeira parada no Mar da Galileia, leva em média 3 horas, acordamos bem cedo neste dia e partirmos de carro pela Rodovia 1 em direção a Tel Aviv. Depois pegamos a Rodovia 6, a 65, a 77 e chegamos a Tiberias.

Andamos pelo centro e almoçamos por lá. Nesta altura do campeonato, eu já estava viciada no Falafel, rsssss. Aliás, recomendo provar este prato típico de lá.

Depois do almoço, costeamos de carro o Mar e quando encontramos uma espécie de píer, descemos do carro para uma caminhada   e fotos. Satisfeitos com Tiberias, pegamos nosso carro e costeamos o Mar da Galileia pela Rodovia 90 até chegarmos a Cafarnaum.

Nos hospedamos somente em Jerusalém, como falei no início do post, mas caso queira se hospedar próximos a Mar da Galileia, fizemos uma seleção de hotéis (clique aqui, escolha e reserve).

CAFARNAUM:

Este é mais um lugar dos muitos emocionantes da viagem a Israel, pois ali Jesus viveu e estabeleceu o centro de seu ministério com seus discípulos. Alguns dos discípulos já moravam ali e eram pescadores do Mar da Galileia, como Pedro e seu irmão André. Ali Ele operou milagres e ensinou na sinagoga. Na época de Jesus, Cafarnaum era o principal centro comercial e social da região. Hoje restam ruínas da cidade e de um antigo templo, uma vez que Jesus predisse a sua completa destruição por terem seus moradores se afastado dos seus ensinamentos.

Há também no local hoje, uma igreja moderna em funcionamento.

Tire belas fotos do lago, das ruínas, sente-se sob a sombra de alguma árvore bem ao lado do que restou da cidade de Jesus e medite nas lindas histórias narradas na Bíblia que se passaram bem ali, onde você está neste exato momento.

Caso queira se hospedar em Cafarnaum, clique aqui, escolha e reserve seu hotel.

Saiba mais sobre Israel com o Viaje Comigo nesta seção completa com posts, vídeos e fotos. E não perca nosso primeiro post sobre Israel lendo-o aqui.

ONDE FICAR: os hotéis em geral em Jerusalém, não são muito baratos, mas encontramos no Booking (reserve seu hotel por este link; é fácil e seguro) o Eden Jerusalém Hotel. É um hotel simples, porém com quartos bem espaçosos e um café da manhã bem legal, com produtos locais. Fica em uma rua tranquila e apesar de não ter estacionamento próprio, deixávamos o carro na rua que era segura. Ficamos durante toda nossa viagem neste hotel e a partir dali, fomos ao Mar Morto e ao Mar da Galileia, fazendo um bate-e-volta.

CLIMA: fomos em abril e, apesar de ser o início da primavera por lá, estava muito quente, principalmente na região do Mar Morto. Portanto, acho que não deve ser muito agradável ir no verão.

COMO SE LOCOMOVER: como alugamos um carro, não tivemos experiência com transporte público. No entanto, acho muito mais confortável e viável alugar um carro como fizemos, pois ficou mais fácil se locomover pelo país.

Não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui.

Olha que legal! Todos os sites acima, Booking, Rentalcar e Real Seguro Viagem, fazem cotações em diversas empresas, garantindo assim, melhores preços e opções para todos os gostos e gastos. E o melhor: reservando seu hotel, alugando seu carro, ou fazendo seu seguro pelo nosso blog, você não paga nada a mais por isso e contribui conosco para continuarmos a trazer novidades para você!

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

Abraço,

Michela.

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: