Skip to main content

Onde comer em Varsóvia

Se tem uma coisa que eu fiz no mês em que fiquei na Polônia foi comer. Também pudera! Há ótimas opções de onde comer em Varsóvia. Me chamou a atenção o fato de que eles parecem valorizar muito as culinárias estrangeiras, tanto que pela janela do trem eu via restaurantes de todos os tipos. Além disso, boa parte das comidas que eles adoram são de outras cozinhas, como os “donuts” (que lá na verdade não têm um furo no meio e são recheados, sendo muito parecidos com os nossos sonhos) e as panquecas ou crepes franceses. Nunca na vida tinha provado tantas comidas diferentes em um período de tempo! Além disso, a Polônia é um país barato para se viajar (e era ainda mais naquela época, com o zloty desvalorizado) e acaba se comendo bem sem pagar muito por isso. Eu achava os restaurantes bem baratos, e olha que estamos falando de uma capital. Consegui comer bem sem gastar tanto assim, e, por ser apaixonada por restaurantes e nem sempre poder usufruir tanto da boa mesa em outros países por conta dos valores altos, me esbaldei na Polônia.

Vale lembrar que na época em que eu estive lá, com 70 ou 80 centavos de real comprávamos um zloty, mas hoje a cotação está mais desfavorável para nós, tendo oscilado em torno de 1 para 1. Recomendo consultar a cotação atualizada nesse site: economia.uol.com.br/cotacoes/. Eu diria que a única cozinha que não vale a pena experimentar em Varsóvia é a culinária japonesa. É muito caro e não costuma ser bem servido. Pesquisei muito, entrei em vários restaurantes e não achei nenhuma opção de sushi livre ou de combinados a preços decentes. Eu e minha amiga Ana acabamos indo em um sushi porque tinha virado questão de honra (hahaha), mas não recomendo, porque foi caro e comemos pouco. Vão aí alguns dos restaurantes onde fui e que considero boas opções de onde comer em Varsóvia, mesmo que sem muitos detalhes ou fotos minhas pois naquela época o blog ainda não existia, hehe.

Café Wedel

Foi um dos primeiros lugares aonde eu fui em Varsóvia, e já fiquei de boca aberta assim que entrei nesse Café. Considero obrigatório para os apaixonados por café e chocolate. A Wedel é uma empresa de chocolates cuja história se confunde com a própria história da Polônia. Ela foi fundada em 1851 em Varsóvia por Karol Wedel. Ela era muito conhecida pelas suas ações em prol da população, tendo sua própria creche e hospital e premiando frequentemente os seus melhores funcionários. Na ocasião da Segunda Guerra Mundial, a Wedel produzia pães para a população faminta de Varsóvia e, em suas dependências, existia o underground teaching, que eram as escolas clandestinas mantidas por algumas pessoas na época da Guerra para que o conhecimento livre de proibições continuasse a ser difundido entre os poloneses. A fábrica original (endereço onde fica esse café) obviamente foi destruída assim como quase Varsóvia inteira, sendo reconstruída depois. Hoje ela pertence à Kraft Foods e seus chocolates são facilmente encontrados em qualquer mercado. Vale a pena prová-los não apenas pelo sabor, mas também por toda a história envolvida com essa marca.

A arquitetura interior do café é incrível, sendo o lugar muito agradável para fugir do frio de Varsóvia enquanto se toma uma bebida quente. Mas o interessante mesmo está  no cardápio. A Wedel tem um número incrível de chocolates e cafés, algo que eu nunca tinha visto. Sou apaixonada por chocolate quente e sempre reclamei do fato de que nas cafeterias em geral há várias opções de cafés saborizados, mas o chocolate é sempre o mesmo. Até conhecer a Wedel! Eles misturam com maestria os sabores do chocolate com frutas e outros aromas. Fui em duas ocasiões distintas (devia ter ido mais!) e em uma provei o trio de chocolates quentes (chocolate branco, amargo e ao leite quentes, sendo cada copinho de 80 mL se não me falha a memória), que foi uma experiência bem diferente e interessante. Já na minha segunda vez, provei um chocolate branco com morango. Delicioso, diferente de tudo que já provei, doce no ponto (pelo menos para mim! hehe). O atendimento lá nas duas vezes foi muito bom (acredito que todos ou pelo menos boa parte dos funcionários fale inglês), então recomendo uma boa conversa com a garçonete antes para pedir ajuda quanto à escolha do seu chocolate afim de ter uma experiência perfeita como as que eu tive. A Wedel está longe de ser barata, mas acredito que pelo menos uma visita valha a pena.

Endereço: Ul. Szpitalna 5, Varsóvia.  (esse ul. é a abreviação de ulica, que significa rua!)

Aberto de Seg-sex das 8 às 22h, aos sábados das 9 às 22h e aos domingos das 9 às 21h.

Aioli inspired by Mini

O Aioli tem uma arquitetura interna bem gostosa e jovial, e era um dos meus lugares preferidos de onde comer em Varsóvia! Eles ficam abertos praticamente o dia inteiro, servindo desde o café da manhã até o jantar. E eles têm algumas promoções incríveis: nas terças há um combo ótimo com pizzas margueritas e todos os dias pela manhã, comprando uma bebida quente das 9 da manhã ao meio dia, tu ganhas um café da manhã. As bebidas custam em torno de 10 zloty, ou seja, é desjejum (tem alguns tipos; lembro que comi um sanduíche de salmão com mais alguns acompanhamentos pequenos muito saborosos) e bebida por 10 zloty! Com certeza um dos lugares que visitarei quando voltar em Varsóvia.

Endereço: Plac Konstytucji 5, Varsóvia.

Site: aioliinspiredbymini.pl

Zapiecek

No dia em que cheguei a Varsóvia, esse foi o primeiro lugar onde Kasia, a menina que me recebeu na Polônia, me levou. Ótima escolha! O Zapiecek é um restaurante muito típico. Se quer provar comida polonesa sem medo de ser feliz, vá lá. Me parece ser bem um restaurante de turista mesmo, mas não vi mal nisso já que não me senti explorada lá. Há vários endereços no centro antigo de Varsóvia, então é bem fácil de topar com um. O interior é bem aconchegante e típico. O cardápio é variado, mas boa parte das pessoas acaba pedindo o mesmo prato: os famosos pierogis (lê-se “pieroguis” e a tradução para o inglês é dumplings). Me sinto ofendendo um pouco a Polônia simplificando tanto a cozinha polonesa, mas vamos lá: pierogis são como pastéis pequenos (daqueles tamanhos de festa), só que possuem uma variedade enorme de recheios, são cozidos (há os fritos também, mas são menos comuns), e possuem uma massa bem grossa. Eles costumam ser servidos com algum molho. No Zapiecek há muitos sabores, e lembro que morri de amores pelo de salmão. Não deixe de provar os doces! Cada pierogi fica em torno de 2 a 3 zloty, e depende da fome de cada um, mas acredito que precisa de no mínimo uns 7 para matar uma fome “normal”. Aí vem a parte ruim: tem que pedir no mínimo 9, e se quiser pedir doces, tem que ser no mínimo 9 doces e 9 salgados, não podendo misturar doces e salgados para chegar ao mínimo de 9. Não é o lugar mais barato em que tu comerás pierogis (em muitos lugares na rua tu encontras pierogis mais baratos), mas, pelo local, pela variedade e pela experiência, acredito que valha a pena. Ah, se tu és apaixonado por chás, não deixe de pedir a compota do local, um chá de frutas que vem numa caneca ou jarra (dependendo do tamanho pedido) lindas. É delicioso, docinho e quentinho. Só quem realmente odeia chá não gosta, acredito eu.

Info: nesse link pode-se ver as localizações: www.zapiecek.eu/lokale.html

Site: zapiecek.eu

Os restaurantes são abertos todos os dias das 11 às 22 ou 23h, dependendo da localização.

Manekin

Um dos meus preferidos! O forte desse restaurante são as panquecas ou crepes franceses. Os valores são muito bons, dá para comer bem pagando pouco. O ambiente é uma delícia e o atendimento, simpático. Lembro de pagar 17 zloty em um crepe grande com espinafre e salmão sensacional. Difícil de achar um prato bem servido com salmão nesse preço por aqui, né?

Endereço: ul. Marszalkowska 140, Varsóvia (pelo que vi no site, tem em várias outras cidades da Polônia também).

Site: manekin.pl

Menu em polonês: manekin.pl/warszawa,menu.html

Trattoria Rucola

Caso a vontade de comida italiana venha forte (aliás, algum dia ela deixa de existir? hahah), esse é o lugar. O local é simpático, mas a atração mesmo está na comida. Comi um nhoque recheado de trufas com queijo de cabra que… Sem comentários. Sensacional. Recomendo para todos. A porção servida não é da maiores (tô sempre esperando um pratão haha), mas com certeza não saí passando fome. Esse restaurante não é tão barato quanto os outros, principalmente em se tratando de Polônia onde a comida costuma ser barata. Vale a pena dar uma olhada no menu, que, apesar de estar em polonês, possui fotos e dá pra entender por conta dos nomes em italiano (ufa!).

Endereço: ul. Krucza 6/14, Varsóvia (endereço em que eu fui), aberto de domingo a quinta das 12 às 22h e sexta e sábado das 12 às 23h.

ul. Francuska 6, aberto todos os dias das 12 às 22h

ul. Miodowa 1, aberto todos os dias das 12 às 22h.

Site: trattoriarucola.pl

Menu em polonês: m.trattoriarucola.pl/menu.html

Restaurant Jeffs

Ah, a comida americana… Parece estranho ter provado tantas culinárias estrangeiras tendo disponível a culinária local, né? Bom, isso acontece porque passei um mês lá, então experimentei bastante a culinária local nas comidas de rua e comprando no mercado também, e acabei não resistindo diante de tantos restaurantes diferentes… hehe. Esse é um restaurante americano muito típico: interior todo fofo, decorado ao estilo lanchonete americana, incluindo as garçonetes de short curto – mas não achei assustador, levaria minha família hehe. No cardápio há carnes, hamburgueres, sanduíches, peixes, sopas, saladas e fajitas. O cardápio tem opções um pouco caras, então acabei fugindo para um bifão com batata frita e brócolis. Tudo muito gostoso, amei! Conseguiram transformar brócolis em algo delicioso hahaha. Minha amiga Ana não curtiu a carne, acredito que um pouco pelo ponto, então preste bastante atenção a isso, pois acredito que eles têm uma tendência a deixar os bifes mal passados.

Info: ul. Zwirki i Wigury 32, Varsóvia

Site: jeffs.pl

Menu em polonês: www.jeffs.pl/menu

Milky bars

Sobre esses vou fazer um post específico! Apenas adiantando, são restaurantes de comida super simples sem garçom e muito, muito baratos, que fazem parte da história da Polônia e, por isso, considero não apenas uma boa oportunidade para economizar, mas até uma obrigação para entender melhor a Polônia. Aguarde os próximos posts! 😉

Oto Sushi

Bom, já que eu fui, né? haha. O ambiente era legal, a comida gostosa, mas muito, muito cara. Não há rodízio nem nada do tipo.

Endereço: Nowy Świat 46, Varsóvia

Menu em inglês: http://www.oto-sushi.pl/en/menu

Van Binh

Olha, se todos os vietnamitas comem os tamanhos de porções que são servidas nesse restaurante, pensa num povo que come! Haha. Foi uma experiência bem diferente e saborosa experimentar comida vietnamita! Eles compartilham bastante ingredientes básicos conosco, como arroz e frango. O tempero, porém, é bem marcante, então não é qualquer um que gosta! Eu curti porque amo comida condimentada. Nem se trata tanto de pimenta, mas sim de uma mistura de temperos… O sabor que ficava ao final da refeição era bem diferente, até hoje não consegui identificar. Bom, esse restaurante tem um ambiente bem legal, um cardápio extenso para todos os gostos (inclusive para vegetarianos), preços ótimos e porções enormes. Acho que três pessoas sem muita fome conseguem dividir dois pratos tranquilamente.

Endereço: ul. Grójecka 80/102, Varsóvia

Site: http://www.vanbinh.pl/

Menu em polonês: http://www.vanbinh.pl/menu.html

Onde se hospedar em Varsóvia:

Fizemos uma seleção de hotéis (é só clicar aqui) ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha teu hotel clicando nele e finalize a reserva. Qualquer dúvida, é só mandar nos comentários lá embaixo. Boa estada!

Se decidir ir para a Polônia se esbaldar nesses restaurantes, agora que já sabes onde comer em Varsóvia, use os nossos links para fazer as reservas da tua viagem:

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui.

Todos os sites acima, Booking, Rentalcar e Real Seguro Viagem, fazem cotações em diversas empresas, garantindo assim, melhores preços e opções para todos os gostos e gastos. E o melhor: reservando seu hotel, alugando seu carro, ou fazendo seu seguro pelo nosso blog, você não paga nada a mais por isso e contribui conosco para continuarmos a trazer novidades para você!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Espero que tenha curtido! Me diverti muito fazendo esse post e lembrando dos pratos deliciosos que comi por lá!

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

onde-comer-em-varsóvia

SalvarSalvar

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: