Skip to main content

Eataly SP – Guia completo: O que vale ou não a pena?

Se tu curtes o mundo da gastronomia, provavelmente ouviu falar da abertura do Eataly SP, que aconteceu ano retrasado. Para mim, não existe definição melhor do que “Disney da gastronomia” para esse lugar. Gosto de chamar também de “Disney da Ester”, porque poucos lugares me fazem tão feliz quanto o Eataly SP, haha.

O Eataly é como um mercado gastronômico gigante que teve origem em 2007, em Turim, na Itália. Hoje, o Eataly conta com dezenas de lojas em oito países diferentes. Só na Itália são 16 lojas; nos EUA, duas; há também nos Emirados Árabes Unidos, Alemanha, Turquia, Japão  e Coreia do Sul. No Brasil, a rede chegou no ano passado, abrindo a sua primeira loja na cidade de São Paulo. Há rumores de que logo será aberta outra loja no Rio. Tomara! O Eataly SP é localizado no finíssimo (e lindo!) bairro de Vila Olímpia. O “mercado” é tão grande que achei que valeria a pena fazer um post só para ele, explicando como funciona e o que vale ou não a pena comprar lá dentro. Vamos lá? Ah, senta que lá vem foto, porque achei que não tinha jeito melhor de explicar sobre o Eataly SP do que através de fotos!

Confira outros posts sobre São Paulo:

 

 

eataly-sp

Conhecendo o Eataly SP

Restaurantes

O Eataly SP conta com oito restaurantes diferentes, cada um especializado em um “tipo” de comida. Esses restaurantes na verdade são abertos, não tendo paredes entre eles – as divisões são apenas com cordas. A parte ruim é que, se quem estiver te acompanhando quiser comer carne e tu, peixe, vocês não poderão comer no mesmo restaurante. Tem que haver um acordo, haha! O único restaurante que junta um pouco de tudo é o Brace, no qual a estrela principal é a grelha, a brasa (por isso o nome). Por isso, se não houver um acordo, vale correr para lá, hehe.

Os cardápios no geral são bem enxutos, facilitando a escolha. Os preços são um pouco salgados. Nada absurdo, principalmente se considerarmos que se trata de São Paulo (sou de cidade menor, então para mim é bem caro, mas sei que para os padrões paulistas não é tanto). O restaurante que acaba valendo mais a pena, do ponto de vista financeiro, é o de massas e pizzas (o restaurante de massas e o de pizzas compartilham o mesmo espaço), já que o prato pode ser pedido sozinho. No de carnes, por exemplo, tem que se pedir uma carne e um primeiro prato ou acompanhamento. Claro, não é obrigatório, mas não é comum jantar uma peça de carne sozinha, né! Hehe. As pizzas, por sua vez, têm um preço bem ok e acho que têm um tamanho bom para dividir entre duas pessoas sem muita fome ou serve uma pessoa com apetite legal, haha. Abaixo coloquei os cardápios com preços de todos os restaurantes, assim dá para ter uma noção legal dos preços e ir preparado!

eataly-sp

eataly-sp

eataly-sp

img_3220

cardapio-eataly-sp

cardapio-eataly-sp
img_3198

Eu e meu namorado escolhemos o restaurante de massas e pizzas foi uma decisão bem acertada. Eu pedi o Vesuvio (um tipo de massa que eu nem sabia que existia, haha!) com tomates secos, alho negro e burrata. O prato foi caro e, confesso, veio pouca massa, mas juro que valeu cada centavo. Muito delicioso, mesmo! Algo realmente diferente e de qualidade, sabe? Nunca tinha provado nem burrata nem o tal do alho negro e tô até agora suspirando de saudades desse alho. Já o namorado pediu uma pizza com presunto, cogumelos, alcachofras e azeitonas. Também deliciosa! A massa era muito boa e não tinha miséria no recheio. O legal do cardápio é que é cheio de opções diferentes, indo além do que costuma ser oferecido em restaurantes desse tipo.

Por conta disso, vale a visita, sabe? Sem falar que dá para notar que os ingredientes são de qualidade e a comida é bem preparada. Ano retrasado fui pela primeira vez ao Eataly SP com alguns amigos e todo mundo também amou seu prato. Ah! Vale lembrar que a pizza é em estilo italiano, então a massa é um pouco diferente e não rola aqueles absurdos de queijo e recheio em cima da massa como nós, brasileiros, adoramos haha. É um estilo diferente, eu gosto!

A tal da massa Vesuvio!
A tal da massa Vesuvio!

 

Que pizza linda, deu até fome haha
Que pizza linda, deu até fome haha

 

Confeitaria, café, gelateria, quiosque da Nutella:

Não bastasse o Eataly SP oferecer essa variedade de restaurantes, escolher a sobremesa é mais um momento de grandes dúvidas. Como todo bom lugar italiano, o Eataly tem gelateria e tem também quiosque de Nutella, onde dá para provar várias sobremesas nas quais a estrela é, claro, Nutella. Coloquei o cardápio com preços abaixo!

eataly-sp

O quiosque da Nutella
O quiosque da Nutella

A confeitaria tem uma vitrine absurda de linda. Nela, clássicos italianos como panacotta e tiramisu, mas também outros doces. Não sou tão fã de doces de confeitaria (meu relacionamento com o açúcar é um pouco mais violento mesmo – não troco um panelão de brigadeiro por doce fino nenhum, haha), mas tive que provar. Provei o chocovanilla e o namorado um potinho no qual vinha como base uma geleia de morango e por cima algo como um mousse de chocolate branco e pistache. O meu era bom, e o dele era absurdo de bom, haha. O preço dos doces é alto, mas acho que compensa! E o trabalho é tão lindo que chega a ser uma arte. Sem falar que qualquer sobremesa simples nos restaurantes por aí sai mais do que isso!

eataly-sp

eataly-sp

Oxe, negócio bonito! (calma, brigadeiro, não te troco por ninguém)
Oxe, negócio bonito! (calma, brigadeiro, não te troco por ninguém)

E há também uma cafeteria, claro!

Cafeteria
Cafeteria

 

Mercado, açougue, peixaria, padaria

Além dos restaurantes, o Eataly SP conta com um mercado bem especial, algo mais parecido com um empório, oferecendo produtos diferenciados e de ótima qualidade para quem curte o universo da cozinha. No Eataly SP, não vais encontrar produtos comuns de mercado como arroz e feijão (pelo menos não os de marcas comuns! Haha), mas sim produtos que não são tão fáceis de encontrar em mercados comuns. Predominam os produtos importados – do mundo inteiro, mas principalmente da Itália. Há, também, claro, muitos produtos brasileiros. Os produtos nacionais, em boa parte, são de produtores locais e difíceis de encontrar nos mercados de todas as regiões do Brasil.

Temperinhos!
Temperinhos!
Mostardas de vários tipos!
Mostardas de vários tipos, tem até com banana caramelada, haha!
Molhos
Molhos

eataly-sp

Arroz! Mas só os diferentões, claro haha
Arroz! Mas só os diferentões, claro haha

eataly-sp

Presentes Eataly
Presentes Eataly

Entre esses produtos, há praticamente tudo necessário para preparar uma bela refeição – principalmente se ela for italiana. Na minha opinião, vale a pena recorrer ao Eataly SP para comprar coisas que não se encontram nos supermercados comuns. Os produtos são bem caros, então deixe para comprar lá o que só se encontra lá. Os produtos que são encontrados em mercados comuns (sim, são a minoria, mas existem) são bem mais caros no Eataly, no geral. Então, quando estiver afim de preparar algo especial para jantar, vá ao Eataly para ver o que tem de diferente por lá para incrementar a comidinha!

839 tipos de sal, hoho
839 tipos de sal, hoho

prateleiras e prateleiras de várias marcas para cada produto. Há todos os tipos de molhos que devem existir no mundo; temperos de todos os tipos; muitos e muitos pacotes de massas bem diferentes; doces, biscoitos, chocolates de muitas marcas; e há os espaços especiais, como o açougue, a peixaria e a padaria. O açougue e a peixaria são dois achados: lá há vários tipos de cortes e é tudo muito fresco! Vale a pena dar uma passada, porque com certeza muitos dos cortes de lá são bem difíceis de encontrar em supermercados comuns. A padaria não me chamou tanto a atenção, mas também pudera: passei lá perto do horário de fechamento, e vamos combinar que não é muito normal ter pão fresquinho às onze da noite, haha.

Açougue
Açougue
Cortes de peixes
Cortes de peixes
Bacalhau!
Bacalhau!
Peixaria
Peixaria

eataly-sp

eataly-sp

eataly-sp

Se os produtos são caros? Não vou mentir, são sim. Mas, ainda assim, acho que compensam, já que servem principalmente para uma ocasião especial! E, vamos combinar, hoje em dia sair para comer está tão caro que dá tranquilo para usar o dinheiro que se usaria para comer fora para ser investido em uma refeição legal!

Pós para o preparo de polenta com sabores!
Pós para o preparo de polenta com sabores!

Também há produtos bem famosos de algumas regiões! Encontrei bolo de rolo por lá, por exemplo, aquele doce famoso de Pernambuco. Também vi Biscoito Globo, aquele biscoito de polvilho que é a cara do Rio! Tem também o Brownie do Luiz, o brownie delicinha que também é produzido no Rio.

Bolo de rolo! Me arrependi horrores de não ter trazido :(
Bolo de rolo! Me arrependi horrores de não ter trazido 🙁

E, é claro, não poderiam faltar utensílios de cozinha para vender! Lá também é ótimo para comprar livros de culinária. Tem do mundo todo!

eataly-sp

Meu aniversário é em abril e eu amo ganhar livros de culinária, tá?
Meu aniversário é em abril e eu amo ganhar livros de culinária, tá?

Uma das minhas partes preferidas: aulas de culinária! O Eataly SP oferece aulas temáticas regularmente, bastando se inscrever! Em boa parte delas tu metes a mão na massa e prepara teus próprios pratos! Fiquei morrendo de vontade de fazer. Quando estivemos lá estava rolando uma aula e parecia uma baguncinha muito boa. Achei o preço médio ok, até porque esse tipo de programa costuma mesmo ser caro! Nesse link dá para conferir as aulas que estão agendadas.

Espaço de aulas
Espaço de aulas

Como não poderia deixar de ser, o Eataly SP também vende massas frescas prontas prontas para serem cozidas e servidas com um molho! Há massas recheadas e em formatos bem difíceis de encontrar. Trouxe uma para casa, mas dei uma de anta, demorei dias para fazer e, quando vi, tinha estragado (por ser fresca, tem que ser cozida logo, óbvio).

Massas fresquinhas do Eataly SP!
Massas fresquinhas do Eataly SP!

E, por último, mas não menos importante: sabonetes. Como assim, sabonetes? Explico: quando estivemos na Toscana, comprei um sabonete por lá. Por todas as cidades da Toscana há muitos sabonetes sendo vendidos, todos em embalagens fofinhas e com cheiros absurdos de bons. A vontade era de trazer todos para casa, mas acabei comprando só um, por motivos pe$$oais, haha. Até hoje não tive coragem de usar – ele fica perfumando o meu guarda roupa! E, ano retrasado, quando fui ao Eataly, vi que tinha uma prateleira só com esses sabonetes da Toscana! Tinha até o que eu comprei lá, haha. Os preços são, sim, bem salgadinhos, mas vale a pena.

eataly-sp

Outra coisa que notei (mas não cheguei a me informar sobre) é que os cardápios dizem que, nos horários de almoço durante a semana, escolhendo um prato principal do cardápio, uma sobremesa e um suco ou uma água, só se paga 38 reais! Achei muiiiiiito interessante, quero testar, haha!

O tal do café do cocô do passarinho
O tal do café do cocô do passarinho
Geleias de todo o tipo! Essa até onde sei é daqui do sul :)
Geleias de todo o tipo! Essa até onde sei é daqui do sul 🙂

eataly-sp

Espero que tenham curtido esse guia do Eataly! Eu curto muito esse lugar e acho que vale muito a visita, até porque é realmente possível se sentir na Itália por lá – há primor na escolha de tudo e há até alguns mapas espalhados explicando de onde vem cada comida. Já esteve lá? Já tinha ouvido falar? Ficou com vontade de conhecer? Me conta nos comentários!

Serviço:

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1489 – Vila Nova Conceição, São Paulo – SP

Aberto de domingo a quinta das 08 às 23h, e sextas e sábados das 08 à meia noite

Telefone: (11) 3279-3300

Como chegar: Fomos e voltamos de ônibus. Havia várias opções de ônibus que chegavam próximo de lá. O melhor é consultar no Google Maps qual será a melhor opção de ônibus para ti, dependendo de onde estás saindo. É só colocar o endereço do Eataly que ele dá as opções de transporte público 🙂 Mas, se quiser chegar de trem, dá, só que vai ter que andar um pouco, em torno de 15 minutos. A linha 9 (esmeralda) da CPTM chega lá perto! É só descer na estação Vila Olímpia.

Onde se hospedar em São Paulo:

Fizemos uma seleção de hotéis (é só clicar aqui) ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha teu hotel clicando nele e finalize a reserva. Qualquer dúvida, é só mandar nos comentários lá embaixo. Boa estada!

Amas São Paulo? Então não deixe de ler este post sobre as melhores atrações em 1 dia.

Quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

Todos os sites acima fazem cotações em diversas empresas, garantindo assim, melhores preços e opções para todos os gostos e gastos.

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

Ester

28 comentários em “Eataly SP – Guia completo: O que vale ou não a pena?

  1. Nós ainda não conhecemos mas já estamos programando para a próxima visita a Sampa! Já ansiosa pelas sobremesas também…rs… Depois vou passear no supermercado para levar umas iguarias pra casa! Adorei! O guia está realmente bem completo! 🙂

  2. Esse lugar é o paraíso né? Dá pra passar hooooras pela parte de mercado! Eu almocei aí uma vez, achei os pratos não muito grandes (na parte de massa pelo menos), mas preços condizentes com o padrão SP (infelizmente caro comparado com outros lugares rs). Ano passado conheci o Eataly original em Turim!

  3. É um local que tem tudo !! Confesso que não sou admirador desses lugares, prefiro sítios de rua pequeninos mesmo que tenha de andar por vários, um dia desses em qualquer cidade do mundo tudo é igual lojas, shoppings etc. Mas o post está muito legal !

  4. Caramba, que lugar é esse??? Estou com vergonha de mim mesmo. Morei em Sampa uma cara e não sabia da existência desse lugar. Por isso que falo, como não AMAR SÃO PAULO!! Ficará para a próxima visita a cidade, sem dúvida! Obrigado por compartilhar! 🙂

  5. Bem, acho que ia passar horas nesse local. Quem não ia gostar da ideia era mesmo a minha carteira. 😉 Gostei especialmente das massas frescas. Pena ter estragado as que comprou. Tem que tentar de novo! 😉

  6. Se tem um lugar que dá água na boca só de ler o nome, esse lugar é sem dúvidas a Eataly. Já visitei algumas ao redor do mundo mas nunca tive a oportunidade de conhecer a de Sampa. Quem sabe a oportunidade não aparece esse ano né?! Abração e parabéns pelo belo (e suculento) post!

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: