Skip to main content

Tour autoguiado de arquitetura no centro de São Paulo – como funciona?

Meu namorado diz que eu sou expert em achar passeios desconhecidos. Pode ser, aceito o elogio, haha! Essa foi mais uma das minhas descobertas. Estava procurando o que fazer por São Paulo antes da minha ida mais recente para lá (não sabia que eu tinha andado por lá? Então corre para seguir a gente e não perder mais nenhuma viagem nossa!) e comecei a procurar por tours a pé (porque se tu és leitor do blog já sabe que eu sou viciada em free walking tours). Foi daí que pensei em procurar por tours específicos, e o primeiro que veio na minha cabeça foi algum tour de arquitetura em São Paulo, já que eu tinha lido sobre muitos prédios legais da cidade e queria saber mais sobre eles. Foi então que eu cheguei ao site incrível cidadedesaopaulo.com. O site oferece algumas propostas de tours a pé auto guiados, algo genial e que não é tão comum de existir. E o mais incrível: dá para fazer o tour tanto lendo alguns panfletos que eles produziram, como ouvindo os aúdios que eles disponibilizavam. Disso eu nunca tinha ouvido falar!

Os aúdios desse tour de arquitetura em São Paulo funcionam da seguinte forma: tu podes baixá-los no celular (ou em qualquer outra coisa que toque mp3) e ouvi-los como se fosse uma playlist mesmo, com fones de ouvido. Eles te explicam o caminho inteiro, e calculam mais ou menos o tempo que tu levas de deslocamento entre um ponto de parada e outro e, durante esse tempo, eles deixam tocando uma musiquinha. Então cada faixa dessa playlist se trata de um ponto de interesse (no caso, um prédio histórico) seguida da explicação de como chegar até o próximo ponto (tipo, siga pela calçada da esquerda até a próxima esquina) e de uma musiquinha que eles deixam tocando até que tu tenhas tempo de andar até o próximo ponto indicado com calma. E não é que era mesmo o tempo de a gente ir andando com calma até o próximo ponto mesmo, haha! Íamos passeando com calma mesmo, olhando os prédios e tal, até parando para algumas fotos. O tour de arquitetura em São Paulo se inicia bem em frente ao mosteiro de São Bento, logo em uma das saídas da estação de metrô São Bento (quando sair da estação, preste atenção para pegar essa saída, seguindo as placas), então é bem tranquilo de chegar.

Tour de arquitetura em São Paulo

O início do tour: o Mosteiro de São Bento

Esse tour de arquitetura em São Paulo tem como foco os prédios famosos de SP, como o Altino Arantes (Banespão, aquele com a bandeira de SP no topo), o Martinelli, o Matarazzo, Centro Cultural do Banco do Brasil, o Pátio do Colégio, Teatro Municipal… E na verdade muitos outros, esses são só alguns! São, no total, 25 prédios! Para cada prédio, ele dá uma breve explicação da arquitetura do local, contando também um pouco da origem. Senti falta de um pouco mais de explicação, mas é para isso que servem os tours específicos de cada prédio, haha! Eu fiz um pelo Edifício Matarazzo, e conto logo logo sobre ele no blog 😉 Mas, voltando: é compreensível que não se aprofunde muito nas explicações de cada prédio, já que o passeio ficaria bem cansativo.

Esse é um dos prédios mais lindos do tour: o Centro Cultural do Banco do Brasil. Não deixe de entrar nele para apreciar o hall!
Interior do CCBB. Eles estão sempre com uma programação ótima! Dá uma consultada no site deles antes, vai que dá para conjugar esse tour com alguma exposição?

 

No geral, foi bem tranquilo de se guiar pelo tour de arquitetura em São Paulo. Umas três ou quatro vezes notamos que não estávamos seguindo pelo caminho indicado no áudio, mas notávamos isso logo, pausávamos o áudio e voltávamos até entender o que ele indicava. Tranquilo, sem estresse. O passeio no total durou 2 horas certinho, já contando todos os áudios e tempo de deslocamento.

Edifício Guinle, em Art Noveau, considerado o primeiro arranha-céu da cidade

Eu amei o tour. Já quero fazer outros do mesmo tipo logo! Conheci uma SP que pouca gente conhece. Passei em frente a prédios icônicos, estive em ruas que me fizeram sentir estar fora do Brasil, fui apresentada a uma SP que eu não fazia ideia de que existia. Sim, eu já tinha estado no centro de SP – e acho linda aquela parte da cidade, acho que ao contrário de muita gente (me corrijam se eu estiver errada!) -, mas eu não conhecia nem 10% do que aquela parte da cidade tem para nos mostrar. Juro: não tem como passear por aquela parte da cidade sem se surpreender com quanto SP esconde entre sua selva de pedra.

Esse é o Pateo do Collegio, onde foi levantada a primeira construção da cidade de São Paulo, pelos jesuítas.

Mas, claro, nem tudo são flores, infelizmente. O centro de SP é repleto de moradores de rua, todos sabemos. E o tour passa por vários lugares onde há uma verdadeira concentração deles. Em nenhum momento senti medo, não! Mas a cena é triste, né? Acho que quem tem estômago ruim para essas cenas tem que pensar bem se gostaria de passar por esses lugares. Eu fico muito chateada, mas tentei aproveitar o passeio. Vai de ti, mas achei que deveria chamar atenção para isso por aqui.

Pateo do Collegio
Homenagem aos fundadores da cidade de São Paulo

Ah, dica: é bom que tu faças esse tour acompanhado de alguém. Como disse, não senti medo (até porque em vários lugares em que passamos havia policiamento), inclusive já andei sozinha pelo centro de SP, mas infelizmente não dá para descuidar em nenhuma cidade grande brasileira, né? E tu vais estar mais vulnerável porque vai parar em vários pontos, vai estar prestando atenção no prédio e tals, além de estar com algum aparelho (provavelmente o celular) para ouvir os áudios. Então é bom ter alguém para ajudar a prestar atenção nos arredores. Fiz o tour com o namorado e deu tudo certo: ficávamos ouvindo os aúdios um de frente para o outro, então eu ficava de olho no que rolava atrás do meu namorado e ele, atrás de mim.

Esse é o Shopping Light, que já abrigou a cia de luz da cidade (por isso o nome, haha). Eu adoro esse shopping, por ele ficar nesse prédio lindo!

O namorado adicionou os aúdios para o celular via iTunes (no caso do iPhone). Não entendo patavinas disso, mas, se tu também não entenderes, deixa um comentário aqui embaixo que eu peço para ele te responder e te ajudar, haha.

Ah, o link com os aúdios desse tour (e outros bem legais) tá aqui!

Solar da Marquesa de Santos
Estava rolando algum tour guiado em inglês naquele momento. Vai dizer: se te largassem nessa rua, tu nunca dirias que ela fica bem no centro de SP, né?

Outros posts sobre São Paulo:

Onde comer barato no aeroporto de Congonhas

Castelo Rá-Tim-Bum no Memorial da América Latina – voltando 20 anos no tempo

Curtindo o melhor de São Paulo em 1 dia – as 7 melhores atrações

Eataly SP – Guia completo: O que vale ou não a pena?

Prédios do Tribunal de Justiça e da Secretaria de Justiça

Quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post. O preço é muito bom.

Câmbio (compra de moeda): Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Espero que tenham curtido saber desse tour! Já tinha ouvido falar? Achou interessante? Se testar me conta o que achou!

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

Ester

24 thoughts to “Tour autoguiado de arquitetura no centro de São Paulo – como funciona?”

  1. Também fiz um tour gratuito na minha última viagem a São Paulo que foi o máximo! Só que meu tour foi de bicicleta. Foram quase 2h também, só que pedalando, e aí a gente parava nos locais certos pra ouvir a história. Esses tours são muito legais!

  2. Sou apaixonada pelo centro de Sao Paulo. Morei em SP por 5 anos e sempre que possível ia ao centro. Esses prédios que você mencionou são realmente lindos, adoraria fazer esse tour e conhecer a historia de cada um 🙂

  3. Parece me um.tour bem.interessante de se fazer para aprender mais sobre cada edifício histórico. Admito que tenho pena de não ter conhecimento deste tour enquanto estive em São Paulo.

  4. Pôxa, que bacana este tour. Morei 7 anos em São Paulo e nunca fiz nada parecido. Uma pena que agora só passo na cidade correndo. Mas quem sabe uma hora consigo uma conexão maior e aproveito a dica de vocês. valeu!
    Abs, Marlise

  5. Achei esse passeio o máximo! Adoro caminhar e também de olhar os prédios de uma cidade. Você mencionou um ponto sensível para mim: a questão da violência nas cidades brasileiras. Confesso que tenho receio de caminhar muito por elas justamente por causa disso. Uma pena! De qualquer modo foi bom saber que fazer acompanhado é mais tranquilo e que tem policiamento. 🙂

  6. Pena não saber desse tour autoguiado quando estive em São Paulo. Assim o pessoal vai ao seu ritmo, saboreando o passeio mais intensamente e sem ter de ir a correr atrás de ninguém 🙂 Bela dica!

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: