Skip to main content

Füssen, Alemanha – ah se arrependimento matasse

Calma, calma, deixa eu explicar melhor que ficou meio confuso né? Não é “ah se arrependimento matasse por ter ido”. Mas é “ah se arrependimento matasse por ter ficado tão pouco tempo em Füssen, na Alemanha!” Gente, porque fizemos isso? Tá, tá, isso é normal mesmo nas viagens né, até porque não sou rica, nem tenho férias intermináveis para ficar dias e mais dias em todos os lugares que amo por aí (e não são poucos), mas daí ficar só umas míseras horinhas neste lugar encantador? Faz o favor… vê se capricha da próxima, Michela.

Bom, terminado o desabafo, deixa e te contar um pouquinho sobre Füssen.

Füssen, na Alemanha:

Vamos nos situar no espaço? Füssen é uma cidadezinha com aproximadamente 15 mil habitantes, localizada a 5 km da fronteira austríaca, pertencente ao estado alemão da Baviera. Fica a 130 km de Munique, a maior cidade da Baviera e a terceira maior da Alemanha. Füssen é a cidade base do Castelo de Neuschwanstein, aquele que serviu de inspiração para o castelo da Cinderela. A Rota Romântica é o mais famoso circuito turístico da Alemanha e liga Füssen a Wurtzburgo. Portanto, além de tudo, esta linda cidade faz parte deste que é um dos roteiros mais procurados no país – a Rota Romântica – sendo a primeira cidade ao sul do circuito.

Füssen é conhecida como uma cidade dos contos de fadas, com ruas medievais conservadas no seu centro histórico. Casinhas coloridas, lojas de souvenirs, bares, restaurantes, cafés, uma coisa fofa que parece ter parado no tempo, rodeada de vales e montanhas que fazem o cenário ficar perfeito.

Nossa experiência por lá:

Como eu disse lá no comecinho do texto, ficamos bem pouco tempo em Füssen, porque naquele dia fizemos o passeio até o Castelo de Neuschwanstein e depois tínhamos que pegar a estrada até Frankfurt, nosso último destino nesta viagem. Ao chegar na cidade, avistei o centrinho antigo do carro e já endoidei: “quero ir ali, quero ir ali!!”

Então meu marido, feito mãe que quer enrolar os filhos, e cortando meu barato, respondeu: “na volta, se der tempo…”

Na volta, estacionamos nosso carro próximo à entrada do centro histórico e começamos o passeio pela rua Reichenstrasse, onde logo em seguida encontramos o café Brunners. Um local bem agradável com quitutes deliciosos, que variam de 4 a 6 euros. Comemos sonho recheado, apfelkuchen e cuca de maçã ouvindo, advinhem, Djavan, heheheheeh.

Cardápio Brunners

Barriguinhas cheias, partimos sem rumo pelas ruas estreitas, caprichosamente adornadas por lojas, casas antigas, algumas coloridas, com ricos detalhes arquitetônicos, restaurantes e cafés muito bonitinhos e o melhor, sem carros e pouco movimento, até porque estava bem frio. Aproveitei para tirar algumas fotos e ficava com vontade de morrer ao ver que tinha muito lugar lindo para conhecer com calma. Igrejas belíssimas e construções que mais pareciam cenários se descortinavam a cada esquina. Aí o barato foi cortado de vez: “deu Michela, não temos mais tempo. Vamos correndo para o carro para Frankfurt”, o marido deu seu veredito final.

Entramos no carro e ainda deu para avistar e fotografar um pedaço da muralha que cercava a cidade velha, com uma fortificação e em estilo medieval.

O que aprendi? Que vale a pena pernoitar por ali e ficar mais um dia em Füssen. Bom, como temos que conhecer a Rota Romântica um dia, hehehe, só lamento por ter o meu excelentíssimo esposo cortado a minha alegria. Vamos ter que voltar em breve, hahahaha.

E para que conheças um pouco mais do que eu desta linda cidadezinha alemã, que além do centro histórico guarda lindos tesouros nas proximidades, além dos castelos famosos da Baviera, confira os textos a seguir:

Rota Romântica, pelo blog Por que não travels

Dicas gerais de lá, incluíndo o castelo Schloss Hohenschwangau, pelo blog Itinerário de viagem

Outros passeios nas proximidades, pelo blog Viagens que sonhamos

Onde se hospedar em Füssen:

Aqui fizemos uma seleção de hotéis ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha teu hotel clicando nele e finalize a reserva.

Dica MnM: ouvi dizer que os hotéis em Füssen não são lá muito baratos. Nós nos hospedamos em Kaufbeuren (neste hotel). Esta cidade fica a apenas 44 km de distância. Aqui podes conferir uma lista de hotéis também em Kaufbeuren. Boa estada!

Nao deixe de conferir os outros roteiros por lugares lindos desta Eurotrip. Olha só estas fotos:

O que fazer em Bruxelas

O que fazer em Bruges

O que fazer em Amsterdam

O que fazer em Copenhague

O que fazer em Berlim

 

Agora que você já sabe o que fazer em Füssen, na Alemanha, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post. Preços ótimos – experiência própria.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

Michela

37 thoughts to “Füssen, Alemanha – ah se arrependimento matasse”

  1. Também adorei a cidadezinha de Füssen e também acabei ficando pouco tempo rs. No meu caso chegamos de noite, achamos um restaurante bem bacana e dormimos por lá no centrinho e pela manhâ antes de ir para o castelo Neuschwanstein demos uma volta pelo centro antigo. Realmente muito fofa!

    Adorei o post! Abraços

  2. Realmente parece uma cidade de conto de fadas! E infelizmente às vezes a gente erra no planejamento mesmo e fica menos tempo do que deveria em alguma cidade… pelo menos temos a vida toda pra voltar! 😀

  3. Que lugar mais lindo!! Dá pra entender totalmente sua frustração por não terem reservado um tempinho a mais pra ele =/ Mas também não tem como acertar sempre né. Na próxima fique pelo menos uma semana pra conseguirem fazer tudo com calma 😉

  4. Tem cidades e lugares que deixam a gente com um gostinho de quero mais, só que por causa do tempo e dinheiro não dá pra aproveitar tanto, essa cidadezinho pelas suas fotos deve ser assim mesmo.

  5. Ownn não conheço Füssen, mas sempre soube que era lindinha demais. As cidadezinhas alemãs são um verdadeiro chama né? Fui pra Munich, fui pro Castelo, mas não fui pra Füssen. Peguei o trem já pro ouuuutro lado. Uma pena. Está na lista para uma próxima viagem! 😉

  6. Quando cheguei a Fussen foi apenas com o propósito de ir visitar o castelo de Neuschwanstein, mas rapidamente percebi que a cidade vale bem, por isso, uma visita. Pelo post, percebi que várias coisas me escaparam. A minha visita já foi há uns 20 anos… terei de voltar 🙂

  7. Também adorei ir a Fussen. Uma cidade muito fofinha e agradável. Moradores muito simpáticos e receptivos. Adorei relembrar minha viagem por lá.

  8. Eu fiz que nem vocês, Michela, estive em Füssen apenas de passagem, por conta da visita ao Castelo de Neuschwanstein. Sinceramente, nem lembrava tanto da cidade (fazia tanto frio!), mas já vi que vale a pena voltar! 🙂

  9. Viajar é assim mesmo! Não é fácil determinar quantos dias devemos ficar em uma cidade: às vezes acertamos, outras erramos feio! Fiquei, por exemplo tempo demais em Girona, na Espanha, e tempo de menos em Genebra na Suíça. Faz parte, afinal! rsrsr Mas te entendo! É mesmo frustrante desejar mais dias e não tê-los.

    Fussen parece ser dessas cidades que facilmente me apaixonaria! Ela é linda. Estive na Baviera mas nem considerei incluí-la pelo nosso velho problema; tempo! rsrsrs

    Fiquei, nesta viagem, uma semana em Nuremberg (super recomendo, cidade rica e com muita coisa para ver e fazer), um dia em Dachau e uma tarde em Munique. Munique não estava no roteiro inicial que incluía só Nuremberg e Dachau, mas ai descobrimos uma meia em Munique, ajustamos as datas e assim esta tarde em Munique entrou no roteiro. Mas como só a conhecemos “por fora” eu nem considero MUITO esta visita.

    Agora já sei: quando voltar à Bavária, incluo a linda Fussen! 🙂 bjus

    1. Beijos Analuiza!! Amei Munique também, mas não conheço Nuremberg… é, pelo jeito, vamos ter que viver ainda uns 90 anos para tudo isso, né?

  10. Michela, nunca tinha ouvido falar nesse lugar, então só posso agradecer o seu post. Essas pequenas descobertas são o que dá mais sabor a uma viagem. A cidadezinha parece uma delícia (sem esquecer o bom gosto do café com música ambiente de Djavan, haha).
    Abraço

  11. Ah esse gostinho de quero mais! Alguns lugares deixam mesmo essa sensação doce e triste ao mesmo tempo!
    Alemanha, de tanto ler a respeito e ouvir relatos de amigos é um país que desconfio que vai me conquistar e muitos lugares por lá vão me deixar essa sensação de “quero mais”.

  12. Que cidade charmosa!!!! Adorei. Dei muita risada com a parte do ‘até porque não sou rica’. É isso mesmo. Escolhas, né?! Adorei o post!

  13. Estava agorinha escrevendo um post sobre Munique (coincidência, não? ! Rs) e vou te contar que eu não conheci o Castelo e muito menos Fussen. Acho que vou ter que voltar pra conhecer, ainda mais depois de ler teu post 😉

  14. Eu tenho o problema de querer ficar semanas em cada destino! hahahha Sempre que possível faço isso, mas obvio que nem sempre dá =( Que bomque conheceu um pouco e queria mais, assim pode voltar feliz da vida!

  15. Pois é, todos os blogs que consultei na época que fui à Baviera diZiam que um dia em Fussen era suficiente. Ficaria amarradona lá muito mais que isso. A cidade é encantadora!

    Bjs
    Dani Bispo
    abolonhesa.com

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: