Skip to main content
catetinho-brasilia

Museu do Catetinho – história e simplicidade imperdível em Brasília

O Museu do Catetinho é uma construção simples, de madeira, que faz talvez pensar: será que vale a pena visitar? Eu cheguei a imaginar que não seria assim tão legal, mas como estávamos em Brasília e com tempo né, que que custa ir até lá? Ledo engano meu amigo. Vale, e muito a pena. O local é bonito, a história é interessante e como estávamos repletos e maravilhados com toda a memória da nossa capital, como perder o lugar onde tudo começou? Ah, eu não me perdoaria, hehehe.

Para não te arrependeres também passeie comigo pelo Catetinho aqui e pense a respeito na tua ida a Brasília.

Como chegar:

Como estávamos de carro hospedados no Allia Gran Hotel Brasília Suítes, pegamos a rodovia DF-002 e mais a frente a DF-025, chegando depois na Rodovia Juscelino Kubitschek. O Catetinho fica no Km 0 – BR 040 / Gama – DF. Coloque no GPS ou no Google Maps que vais conseguir chegar lá. Ele fica bem ao lado do Country Club.

O Museu do Catetinho:

Construção de madeira (também chamada de Palácio de Tábuas por esta razão) de dois andares, projetada por Oscar Niemeyer a pedido do presidente Juscelino Kubitschek, que queria um lugar para abrigar os projetistas, diretores das obras, autoridades e ele mesmo quando viesse ao Distrito Federal durante a construção da capital do Brasil. Foi construída em apenas 10 dias por trabalhadores destemidos e obstinados, em meio ao nada do cerrado no Planalto Central.

Recebeu este nome em referência ao Palácio do Catete, então residência oficial do presidente da república, no Rio de Janeiro.

Lá, o presidente JK, após a inauguração que ocorreu em 10 de novembro de 1956, assinou o primeiro despacho em Brasília. Ele mesmo chegou a se hospedar no local por algumas vezes quando ia à nova capital para vistoriar as obras. Foi a residência presidencial provisória até a conclusão do Palácio da Alvorada.

O Catetinho foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional (Iphan) a pedido do próprio JK, em 1959, funcionando hoje como museu com mobília e objetos pessoais do presidente do período da construção de Brasília. Foi a primeira edificação tombada no Distrito Nacional.

Cômodos da casa:

No andar de baixo, cozinha com utensílios domésticos, fogão à lenha e móveis rústicos, sala de refeições e área de serviço.

museu do catetinho
Cozinha do Catetinho

No andar de cima, a suíte presidencial, a sala de despachos (gabinete do presidente), os quartos de Oscar Niemeyer e Bernardo Sayão, o quarto dos hóspedes e banheiros. Aliás, banheiros com água encanada em 1956 e construídos também em 10 dias, uau! Se funcionavam bem, eu não sei, hehehehe, mas nesta época aqui no sul, minha vó contava que na maioria das casas somente existia banheiro de madeira sem louça, a tão famosa e temida patente. E o Catetinho esnobando com aquela quantidade de banheiro, incluindo suíte e banheira! Legal, né?

catetinho brasília
Quarto de hóspedes
museu do catetinho
Banheiro dos hóspedes
catetinho em brasilia
Gabinete do presidente JK

Em diversos cômodos há fotos do ex-presidente, de pessoas próximas e de vários candangos que vieram trabalhar na construção de Brasília. No acervo também há ferramentas e objetos originais da época do uso da casa. Nas paredes, quadros com frases de trabalhadores e muita história.

Com certeza, um símbolo marcante de onde tudo começou.

catetinho em brasília
Quarto da suíte presidencial
museu do catetinho
Banheiro da suíte presidencial

Olho d’água:

Saindo da casa, não deixes de ir ao Olho d’água – nascente de águas cristalinas que fica nos fundos do sítio onde está localizado o Catetinho. O lugar é arborizado, com barulho de água correndo, uma pequena represa para acúmulo de água e o aconchegante som do silêncio, típico do lugar protegido em meio à natureza exuberante.

catetinho
Mini represa na nascente

Informações úteis:

Horário de funcionamento do Museu do Catetinho: de terça a domingo, das 9h às 17h

Atração gratuita.

Onde se hospedar:

Em Brasília, durante as 6 noites que por lá ficamos, nos hospedamos no Allia Gran Hotel Brasília Suites, um hotel com ótimo custo benefício, muito bem localizado próximo a shoppings, lanchonetes e da antena de tv. Eu indico e podes fazer a reserva clicando aqui. Podes saber mais sobre este hotel clicando aqui. Agora, caso queiras escolher outro local para se hospedar na capital, pesquise aqui e faça a tua reserva.

onde ficar em brasilia
Quarto de casal

Dica de local para jantar em Brasília:

Nós tivemos o prazer de conhecer o La Chaumière Cuisine Française, um restaurante Francês com pratos preparados pelos proprietários com temperos trazidos da França. Uma delícia de lugar aconchegante e onde terás o prazer de conhecer o simpático proprietário que lá está desde 1966. Falaremos tudo sobre o La Chaumière em um post próprio, aguarde. O restaurante fica na SCLS 408 Bloco A Loja 13 – Asa Sul – Brasília – DF.

Gostou deste post sobre o Museu do Catetinho? Então não deixe de ler também:

Como se localizar em Brasília – o que eu achei da capital do Brasil

Visita guiada ao Palácio do Itamaraty – ganhou meu coração

Memorial JK – um misto de história, beleza, memória

Agora que você já conhece um pouco mais do Museu do Catetinho e de Brasília, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste postPreços ótimos – experiência própria.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Abraço,

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

museu do catetinho

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvarSalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

11 thoughts to “Museu do Catetinho – história e simplicidade imperdível em Brasília”

  1. O que será que passa pela cabeça de grandes obreiros como o presidente JK, quando iniciam um projecto como criar de raiz uma cidade? Gostei muito de conhecer este lugar através dos seus olhos. Que lugar singelo e cheio de história.
    Abraço

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: