Skip to main content
O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações

Curtindo o melhor de São Paulo em 1 dia – as 7 melhores atrações

Quando surgiu a viagem para São Paulo, eu fui sem grandes pretensões. Eu já conheço e amo a cidade, já tive a oportunidade de passear algumas vezes por lá, mas ela nunca é demais para mim. Sabia que teria em torno de um dia para passear, e, por isso, teríamos o que selecionar o que fazer em São Paulo de acordo com nossas vontades.
Assim, eu fui elencando minhas vontades (o Eataly foi a primeira delas, haha), o namorado foi elencando outras (ele estava morrendo de vontade de ir ao Mercado Público) e assim compomos um mini roteiro São Paulo bem divertido e digamos que bem clássico!

O que fazer em São Paulo em 1 dia

Meio pretensioso dizer que curti o melhor de São Paulo em 1 dia, né? Primeiro porque SP é gigante. O melhor para mim provavelmente não é o melhor para ti! Segundo porque será mesmo que o melhor cabe em um dia só? Por isso, reuni aqui nossas dicas sobre o que fazer em São Paulo em 1 dia, a partir do roteiro que fizemos! Vamos lá?

Avenida Paulista - O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações
O que fazer em São Paulo: Avenida Paulista

Roteiro São Paulo

1. Café da manhã em padaria próxima à Paulista

Acho muito legal sair para tomar café da manhã de vez em quando. Onde moro não rola esse costume, mas sempre ouvi falar do tal pão na chapa com manteiga dos paulistanos. Estávamos em um hostel sem café da manhã, então fiz o convite: partiu padaria? Haha! Nosso hostel era a poucas quadras da Paulista, e tínhamos que ir lá pela manhã. Já aproveitamos e paramos em uma padaria pelo caminho, a Cincinato Panificadora (R. Carlos Sampaio, 291 – Bela Vista). Adorei a padaria! Preços ok (tem que lembrar que se está em uma das regiões mais caras de SP), clima de SP (cheio de engravatados e a turistona aqui de short haha) e comida muiiiiiito saborosa! Pedi um pão na chapa com manteiga (tinha que provar!) e um capuccino ma-ra-vi-lho-so. O namorado pediu uma baguete com requeijão que estava ainda melhor que o meu e uma vitamina (ele não vive sem). Uhul, nada como começar o dia como os locais!!

2. Voltinha na Paulista

Continuamos nossa peregrinação na Avenida Paulista, resolvemos nosso compromisso e demos umas voltas por lá. Andamos bastante, quase cobrindo a Paulista inteira. A Paulista tem poucos km, sendo bem tranquila de ser percorrida a pé. E a todo momento tem pontos legais de se ver! Fomos até o vão do MASP e ficamos gastando um tempinho lá. Amo a vista de lá! Foi aí que o namorado lembrou que nas terças-feiras, dia em que estávamos lá, o MASP tem visitação gratuita! Eu nunca tinha entrado no MASP, então óbvio que quis entrar! Mas optamos por voltar mais para o fim do dia, já que havia chance de chuva para o final daquela tarde, sendo um momento melhor para um passeio em lugar fechado como o MASP. Então atravessamos a rua e pegamos o ônibus para o nosso próximo destino.

Quer saber mais sobre a Avenida Paulista? Confere esses posts mara:

Uma Viagem Diferente – Av. Paulista, São Paulo

Bagagem de Memórias – Free Walking Tour pela Avenida Paulista

3. Parque do Ibirapuera

Também nunca tinha entrado no Ibirapuera, acredita? Não dava para deixar para outro momento! Aí lá vem a parte chata: aquele parque, por ser grande, é perfeito para ser percorrido de bike. Mas só tem aluguel de bike em UM portão, o 4! Nós demos o azar de entrar por outro portão, até porque não sabíamos desse detalhe, e dá-lhe andar para achar esse portão 4. Andamos cerca de 50 minutos e tivemos que perguntar umas 5 vezes para achar o bendito portão. Então fica a dica: se quiser economizar pernas, já vá direto para o portão 4! Quando achamos, maravilha: bikes em ótimo estado, aluguel descomplicado e preço amigo: 5 reais a hora por bike! Ótima ideia para quem procura o que fazer em São Paulo!
Pegamos as nossas e saímos pedalando pelo Ibira. Sem pretensão mesmo, entrando onde desse vontade. Ah, dica: há alguns banheiros e bebedouros pelo parque. Foi uma mão na roda, pois estávamos com uma garrafinha de água vazia e ficávamos enchendo. Passamos uns 40 minutos pedalando e, após devolvermos as bikes, pegamos o ônibus para o nosso próximo destino.

Quer saber mais sobre o Parque Ibirapuera? Confere esses posts de blogs amigos:

Blog Viajento – Parque Ibirapuera, em São Paulo
Blog Uma Viagem Diferente – Parque do Ibirapuera, São Paulo

Ibirapuera - O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações
O Ibirapuera é uma ótima opção para curtir São Paulo em 1 dia! 🙂
Monumento às Bandeiras - O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações
Monumento às Bandeiras, em frente ao Ibirapuera

4. Mercado Municipal

Desejo do namorado! Mas eu também amei a visita, até porque só tinha ido lá uma vez, e já há mais de 5 anos, quando fui fazer o visto para os EUA. Comprei alguns temperos por lá (vale muito a pena, são muito baratos), uma salada de frutas muito gostosa e almoçamos. Comemos os dois pratos mais típicos do Mercado: eu fui de pastel de bacalhau (gostosinho, mas a carne estava muito seca, precisava de algo a mais), e o namorado, de sanduíche de mortadela. Mais típico, impossível! Ah, almoçamos no Mortadela Brasil, no segundo piso do Mercado. O preço era bom!

Quer saber mais sobre o Mercado? Confere esses posts muito legais de outros blogs:

Blog Eu Fui – Mercado Municipal de São Paulo
Blog Bagagem de Memórias- Passeio Gastronômico no Mercado Municipal de São Paulo

Blog Marola com Carambola – Mercado Municipal de São Paulo

Blog Let’s Fly Away – O Mercado Municipal de São Paulo

O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações

Mercado - O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações
O que fazer em São Paulo: Mercado

O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações

O que fazer em Sao Paulo: roteiro sao paulo - 1 dia pelas 7 melhores atrações

5. 25 de março

Andar na 25 não é exatamente meu tipo preferido de turismo, mas acho que é legal conhecer. Passamos por lá até porque é o caminho mais fácil para pegar o metrô, mas nem queríamos demorar muito. Eu não entendo muito de 25, então não sei o que rola comprar lá ou não. Mas, não dá para negar: é um clássico passeio paulistano! Só tome bastante cuidado com os batedores de carteira, infelizmente muito comuns por lá. É bolsa a tiracolo cruzada na frente do corpo, com os dois braços em cima, e sem descuidar do zíper da bolsa por um segundo, haha! Homens, mãos nos bolsos com os pertences o tempo todo! Se cuidando a gente evita virar estatística 🙂 De lá pegamos o metrô a partir da estação São Bento, linha azul, e depois linha verde, para o nosso próximo ponto:

6. MASP

Apesar de já ter passado algumas vezes pela frente, nunca tinha entrado no MASP. Acho que nunca foi um desejo muito grande meu porque não sou grande apreciadora da arte. Mas valeu muito a pena! Mesmo que fosse só por entrar naquele prédio lindo já teria valido a pena. A coleção permanente do MASP não tem paredes e é composta de várias obras de autores nacionais e internacionais organizadas cronologicamente. No meio delas, obras lindíssimas de Van Gogh, Picasso, Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral! Mesmo para quem não entende quase nada de arte, com certeza a visita é muito válida. Há também outras exposições bem legais.

Depois do MASP, estávamos bem cansados e quisemos voltar para o hostel para descansarmos um pouco e nos arrumarmos para o Gran Finale:

7. Eataly

Ahhh, o Eataly! Amo esse lugar! Ele era meu primeiro item na lista de o que fazer em São Paulo e até mereceu um post só para ele por aqui, haha! Gastamos um bom tempinho por lá, entre jantar e ficar tirando foto e anotando tudo para o post, haha! Pedi a paciência do namorado (ele atendeu! Hoho) e saímos quando já estava quase fechando. Fomos e voltamos para lá de ônibus e achei super tranquilo. Na ida o ônibus nos deixou um pouco longe, mas a caminhada foi deliciosa. Aquele bairro é ótimo, lindo e gostoso de caminhar.

Se quiser saber mais sobre a minha visita, confira: Eataly SP – Guia completo: O que vale ou não a pena?

 

E esse foi o nosso roteiro de São Paulo em 1 dia! No fim, conseguimos fazer bastante coisa, usamos o transporte público o tempo todo, garantindo economia, e, tirando o Eataly – onde deixamos nossos preciosos dinheirinhos -, gastamos quase nada. Acabou sendo um roteiro bem paulistano também, haha! E um ótimo jeito de ver o melhor (na minha opinião, né!) de São Paulo em 1 dia. Com certeza é um roteiro que eu indico para quem estiver procurando o que fazer em São Paulo em 1 dia. Mas tem que voltar para conhecer mais da cidade, hein?

Onde se hospedar em São Paulo:

Hotel com ótima localização:

Meliá Paulista (clique, avalie e reserve) – este hotel fica na Av. Paulista, próximo de restaurantes, bares, lojas e shoppings e bem em frente à estação de metrô Consolação. Neste post fizemos uma avaliação completa do hotel. Leia e confira.

Hotel com ótima qualidade:

Holiday Inn Parque Anhembi (clique e reserve) – este é o maior hotel da América do Sul, com ótimo café da manhã não incluso na diária, transfer para a estação de metrô Portuguesa – Tietê e avaliado como muito bom pelos clientes. Leia aqui nossa avaliação completa sobre o hotel.

Hotel com ótimo custo x benefício:

Ibis Style São Paulo Anhembi (clique e avalie) – o Ibis Style fica bem ao lado da estação Portuguesa – Tietê de metrô e rodoviária, ou seja, possui uma ótima localização, porém em um lugar com alguns moradores de rua. No entanto, já nos hospedamos algumas vezes lá e não vimos nenhuma situação de perigo (claro que sempre é bom tomar certos cuidados). Porém, este hotel tem um ótimo preço e café da manhã bem gostoso incluído.

Outras opções de hospedagem em São Paulo:

Fizemos uma seleção de hotéis (é só clicar aqui) ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha teu hotel clicando nele e finalize a reserva. Qualquer dúvida, é só mandar nos comentários lá embaixo. Boa estada!

Monte sua viagem aqui:

Quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Espero que tenham curtido nossas dicas sobre o que fazer em São Paulo!

Você pode salvar este roteiro de São Paulo em 1 dia no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

O que fazer em São Paulo: dicas de comidas e passeios baratos para curtir o melhor de São Paulo em 1 dia! Roteiro ótimo para quem tem pouco tempo na cidade.

mapa Sao Paulo

SalvarSalvar

SalvarSalvar

17 thoughts to “Curtindo o melhor de São Paulo em 1 dia – as 7 melhores atrações”

  1. oi Ester… São Paulo é uma delícia né? Sempre atende a muitos porque os quesitos são variados: arte, arquitetura, gastronomia, parques, mercados… Eu matei um pouco das saudades (e olha que todo ano estou por lá) viajando por seu texto. Só não entra em minha lista, nunca, jamais, sob qualquer pretexto, a 25 de Março! 🙂

  2. Ester do céu, que lista perfeita! Esse foi praticamente meu roteiro na primeira vez em SP, e cai de amores pela cidade imediatamente! Eu quero muito voltar logo pra visitar o Eately, que não conheço ainda e parece ser mesmo essa delicia toda! 🙂

  3. Nossa como esse dia rendeu, hein? Eu que sou de SP dificilmente faria tantas coisas em uma dia! Eu AMOOOO café da manhã de padaria e sempre que vou ao Brasil faço questão de tomar vários, minha pedida preferida (#FKDK pra próxima ida a SP) é o Minas quente na chapa! Bom D+

    1. Mirella, mas é sempre assim, né? Acabamos não dando tanto valor quanto as cidades onde moramos merecem! Acontece! Mas sempre dá para voltar, haha! Bj!!

  4. Acho tão interessante ler posts sobre o melhor de SP! Me divirto!
    Ri muito quando um amigo do RS comentou que essa coisa da padaria (carinhosamente chamada de padoca – rs) é tìpica de SP. Coisas que não damos valor por estar tão presente em nossas vidas! Pão quentinho na chapa….. amoooo!!!!

    Caminhar pela Paulista: adoro! Mas apesar de morar super perto (moro em frente à praça da Repùblica), a ùltima vez que caminhei por ali foi dias antes do Léo nascer (2 anos e meio atràs).
    Fui ao hospital avaliar minhas contrações e, como eram falsas, fui do Prò Matre até em casa andando (descer a Augusta é uma delìcia).

    Ibirapuera é outro local que faz tempo que não piso! Longe demais – hahahahahahaha
    (viu a preguiça de sair da bolha???? Uma das coisas ruins de se morar no centro)

    Mercado Municipal: é uma delicia, mas sabe onde mensalmente eu compro meus temperinhos e grãos? Do outro lado da rua, na Sta. Rosa. Se vc achou barato os preços no mercadão, não tem ideia de quanto seria ali!
    hehehehehe

    25 de março! Inferno em forma de paraíso (ou vice e versa)! Odeio, mas amo!
    Na verdade detesto ir là e abuso de minha mãe. Normalmente é ela quem vai para mim (compro tecidos, artigos de festas, produtos de armarinho, meias e lingeries, mas tem muita tranqueira ali)!

    Eataly: Nunca fui! Longe demais
    hahahahahahahaha
    (e meu sangue é mais italiano que brasileiro!!!!!!)

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: