Skip to main content

Primeiro Blogando no Vale Europeu – juntando 15 blogueiros em SC (o nosso roteiro!)

No último final de semana participei do meu primeiro encontro de blogueiros. Foi o Blogando no Vale Europeu, que aconteceu em Blumenau e Pomerode, e foi organizado pela tão-querida-já-quase-da-família Márcia, do Casa de Doda. Claro que muitos posts ainda virão sobre esse final de semana maravigold, mas eu achei que já seria legal fazer um post contando a nossa programação durante esses 3 dias. Quero também agradecer a todos os blogueiros pela companhia e aos parceiros por possibilitar a realização de um evento tão legal e que com certeza entrou para a história de Blumenau e Pomerode. Eu, pelo menos, fico curiosíssima para saber o que costuma rolar nesses encontros, então vem que te conto tudo!

Grupo querido no portal de Pomerode!

 


Blogando no Vale Europeu – Programação de sexta-feira

 

Na sexta-feira, alguns blogueiros já foram chegando durante a manhã ao aeroporto de Navegantes (o aeroporto mais próximo de Blumenau) e sendo recebidos por um dos parceiros do evento, a Executivo Transportes. A Executivo faz o transporte entre o aeroporto de Navegantes e Blumenau – uma mão na roda para quem está indo para a cidade! Esse mesmo povo já foi recepcionado para almoço em Blumenau no Restaurante Pertutti, de comida honesta e super bem localizado, bem no centro da cidade.

Eu sou universitária, né, gente, tô em estágio, escravinha mesmo HAHAHA, e só consegui ser liberada após o meio dia (ainda bem que pude tirar a tarde livre). Fui de carro até Blumenau (fica a cerca de 2h30min de Floripa) e cheguei lá no final da tarde.

Todos nos encontramos à noite no tradicionalíssimo Plaza Hotel de Blumenau. A rede Plaza é enorme (não fazia ideia!), contando com vários hotéis no Brasil, e recentemente entrou no ramo de pousadas, já tendo adquirido várias por SC. O Plaza nos cedeu espaço para a abertura do evento, para uma palestra muito inspiradora com a Ana Grassi, do Italiana, e ainda nos serviu o famoso macarrão feito no queijo. Gente, eu já tinha ouvido falar do tal macarrão no queijo, mas achava que só era possível prová-lo em SP (onde eu sei que é servido em um restaurante). Mas eu não fazia ideia de que o espaguete do Plaza também é famosíssimo, até internacionalmente! Deixa eu te explicar o que é: uma peça de queijo de Parmesão Grana Padano (que custa mais de 2 mil reais!) tem sua “camada” mais superior flambada no conhaque, de forma que o queijo derreta; o espaguete já cozido é jogado no queijo e aquele queijo que derreteu o envolve, formando um molho ali mesmo, e dali ele vai direto para o teu prato. Como um vídeo vale mais do que mil palavras), deixo aqui um vídeo que mostra o preparo dessa massa (e já sabe, se for a Blumenau, o restaurante do Plaza serve esse negócio sensacional:

 

Chef explicando o processo de preparação do espaguete no Grana Padano
Espaguete feito no próprio queijo com filé mignon!

Também no Plaza Hotel, fomos recepcionados pela querida Márcia, que abriu, emocionada, o evento (amor demais essa mulher!), e pela Luiza, da Secretaria de Turismo de Blumenau. As palavras da Luiza foram bem especiais para mim: ela falou de forma apaixonada de Blumenau. Contou de como Blumenau tem se afirmado como destino turístico o ano inteiro (e não só no mês de outubro, quando a cidade lota), como tem lançado roteiros turísticos, como a Prefeitura de Blumenau estava honrada de receber um evento de tamanha importância como o Blogando no Vale Europeu. No fim, ela se declarou uma verdadeira bairrista (no ótimo sentido da palavra!), e aí rolou uma identificação total. Eu sou muito bairrista e acho que, com bom senso, essa é uma grande qualidade: valorizar o que nós temos de bom. Se não valorizamos, não identificamos o que está bom e o que não está – e não nos mexemos para mudar o que achamos que está errado. Obrigada pelas palavras, Luiza!

Após, fomos até a Adega Blumenau, um espaço super legal para amantes de cervejas e vinhos. Tanto a dona do local quanto os funcionários são queridíssimos!

De lá, voltamos para os respectivos hotéis. Eu fiquei hospedada no Hotel Himmelblau. Gente, que hotel. Instalações confortáveis, chuveiro maravilhoso, café da manhã digno, localização perfeita (bem no Centro de Blumenau, próximo de tudo e praticamente do lado de um grande shopping), bom atendimento. Mas o que mais me encantou foi a receptividade da gerente do hotel, a Mac: que mulher maravilhosa! Querendo ou não, a gerente de um hotel traduz seu espírito, sua cara – e por isso eu tô falando tão bem do Himmelblau: a Mac é super pra frente, uma verdadeira fã de turismo, e eu não tenho dúvidas de que o Himmelblau representa isso. Não tenho medo em afirmar: o Himmelblau é um nome em hospedagem em Blumenau. Não vou nem pensar duas vezes em uma próxima estada lá! Se for ficar por lá e encontrar a Mac, manda um abraço por mim!

 

Blogando no Vale Europeu – Programação de Sábado

 

No sábado pela manhã nos encontramos em frente à Prefeitura de Blumenau (prédio lindíssimo, por sinal) com a guia muito querida Sissi (fica a dica se for para a região: a Sissi sabe tudo de Blumenau e região e tenho certeza de que vai adorar te ajudar!). Se quiser os contados da Sissi, são: (47) 99280-7848, sissiviagens@hotmail.com. Sissi começou a nos contar um pouco da história de Blumenau (assunto para oooooutro post) e começamos a caminhar pela XV de Novembro, uma das ruas mais lindas de Blumenau – e onde acontece o famoso desfile da Oktoberfest. Caminhamos por toda a XV (o percurso não é tão longo, mas acaba se levando bastante tempo porque há muito para ver!), até chegar até o Museu da Cerveja.

 

Castelinho da Havan, um dos prédios mais icônicos da XV

De lá, fomos até o Museu Hering (também assunto para outro post!), que fica em um bairro de visitação obrigatória, o Bom Retiro. Voltamos para o centro, onde fomos recepcionados para um almoço no Restaurante Thapyoka – que uau, tem uma das vistas mais lindas da cidade, porque está debruçado sobre o Rio Itajaí-Açú! Também visitamos, ali perto, o Cemitério do Gatos (calma que eu conto o por quê de um cemitério de gatos em outro post, hahaha), o local onde ficava a casa de Dr. Blumenau, o Parque Edith Gaertner e o Museu da Família Colonial.

De lá, começamos o tour por cervejarias: afinal, Blumenau é a capital nacional da cerveja, certo? Visitamos a Cervejaria Blumenau, com suas cervejas tradicionais alemãs; a Container, uma cervejaria em estilo inglês (não sabia nem que existiam escolas diferentes de cerveja!), que tem um pub LINDO, todo em estilo inglês (gente, as paredes da cervejaria imitam os tijolinhos brancos das estações de metrô de Londres, dava até vontade de chorar), com uma música baita, onde eu com certeza vou quando voltar a Blumenau; e o Vale do Lúpulo, que tem tudo para quem está produzindo cerveja artesanalmente. Fomos muitíssimo bem recebidos em todos esses lugares!

Depois, fomos até o Museu da Água, pertencente à SAMAE de Blumenau, de onde se tem uma vista linda da cidade.

De noite, fomos para uma das programações mais esperadas (pelo menos por mim, hahaha): estava rolando, na Vila Germânica (onde rola a Oktoberfest e vários outros eventos o ano inteiro), o Festival de Sabores de Santa Catarina. Nesse Festival, várias barracas vendiam comidas que representam o meu estado lindo – e os preços eram super legais. Lá, eram vendidos peixes de águas doce, frutos do mar, pratos com frango, pratos com pinhão, e claro, comida alemã: marreco, spaetzle (um tipo de macarrão alemão que eu amo, fiz quase todo mundo provar! Hahaha)… E uma barraquinha com vários tipos de doces e tortas (não podendo faltar strudel de maçã). Parece que o pessoal do Festival de Sabores leu o meu post sobre 10 comidas que todo mundo deve provar em SC, hahaha.

Lhes apresento o vovô Chopão e a vovó Chopona, que colocam qualquer boneco da Disney no chinelo em termos de fofura! Hahaha
Coxa de marreco com molho de mel e pickles de legumes!
Spatzle com molho de cogumelos. Gente, tava de chorar de tão bom esse prato!

 

Foi a primeira edição do Festival, e eu não tenho dúvida de que veio para ficar. Foi um festival lindo, uma grande homenagem para o nosso estado, com comidas de altíssima qualidade a bons preços, e aproveitando a estrutura sensacional da Vila Germânica. Aliás, essa é uma dica que eu dou: curta a página da Vila Germânica para sempre saber o que está rolando de eventos por lá. Muita gente acha que a Vila Germânica é sede apenas da Oktober – ledo engano. A Vila Germânica está sediando eventos cada vez mais e maiores, como a Festitália, a Magia de Natal (sou doida para ir nessas duas!) e a Sommerfest. Assim, sempre vais estar por dentro do que rola em Blumenau caso estejas de passagem por lá – e por que não fazer uma visita a Blumenau por causa de um evento? Eles são todos de alta qualidade!

Ainda teve gente que esticou a noite em um pub da cidade, mas gente, pelo amor, eu sou uma pessoa de 25 anos presa em um corpo de 50 hahaha, só queria uma cama mesmo.

 

Blogando no Vale Europeu – Programação de Domingo

 

No domingo, fomos até Pomerode, uma cidade vizinha conhecida como a cidade mais alemã do Brasil – e de visita obrigatória para quem está de passagem por Blumenau! Pomerode é uma fofurinha só, muito bem cuidada, e cheia de imagens que remetem à Alemanha. Demos sorte de pegar a maior árvore de cascas de ovos de galinha do mundo ainda montada! Ela é montada para a Osterfest, a festa da Páscoa, e fica por mais um tempo. Por lá, fomos recepcionados pelo queridíssimo Mirco, que nos levou ao portal da cidade, ao Museu Pomerano, à Osterbaum (a tal da árvore) e depois nos deixou livres para um passeio. Eu caminhei um pouco e fui até a Feira de Artesanato da cidade (só coisas lindinhas!!) , que fica ao lado do Teatro, e até a loja de fábrica da Alimentos Pomerode.

Só eu amo letreiros de cidades? Haha

Deixa eu explicar o que essa fábrica produz e por que eu tô falando de comida aqui: o carro-chefe da Alimentos Pomerode são os queijos fundidos, que são queijos em forma de pasta que são vendidos em bisnagas – e dá para fazer quase tudo com eles: passar no pão, na torrada, fazer receitas… Há vários sabores: gorgonzola, parmesão puro ou com vários tipos de ervas ou pimentas… Eles também vendem alguns queijos fundidos em potinhos, com sabores como provolone, gruyere, gouda… Eu já conhecia a marca porque ela é vendida em alguns mercados de SC (como o Angeloni, para quem é daqui ou está por aqui). Mas não sabia que a marca era tão representativa de Pomerode! A marca tem uma verdadeira história em Pomerode, por ser bem antiga e porque a casa onde hoje funciona o Museu Pomerano na verdade foi o início da fábrica de queijos de Pomerode, hoje a Alimentos Pomerode. Sem falar que os produtos são bem exclusivos e nunca encontrei algo similar em outras marcas. Além disso, o próprio nome da marca é o nome da cidade. Acho que é uma lembrança super legal para levar da cidade, então não deixa de dar uma passada lá! Dica: meu preferido é o de parmesão com alho e cebola. O bom é que na loja dá para provar todos e escolher os favoritos!

 

Queijos fundidos da Alimentos Pomerode

A gente já tem post sobre Pomerode aqui no blog! Ele tá bem completo, então não deixa de conferir 🙂

Voltamos de Pomerode e encerramos o encontro com um belo risoto oferecido pelo Hotel Himmelblau. Não tinha como fechar melhor, com o meu prato preferido! Mac, a gerente, nos recebeu com um sorrisão no rosto. Muito obrigada por todo o carinho, Mac.

Algumas pessoas ainda estenderam a estada em Blumenau, indo pela noite ao Mortadella Restaurante e Pizzaria. Mas Esterzinha aqui, de novo, teve que voltar para Floripa porque o estágio na segunda de manhã cedo não perdoa, hahaha.

 

Deu tempo de tomar um café da tarde com essas lindezas no domingo!

Já estou com muitas saudades desse final de semana. Ele foi intenso e muito especial para mim, porque eu sou fã de Blumenau, assim como de todas as outras cidades de SC, meu estado de nascimento e de coração. Acho que Blumenau e Pomerode estão no caminho certo – o de enxergar o turismo como um abre portas, um atrai crescimento. Sou apaixonada por turismo, não só pelo ato de viajar, mas pelo assunto mesmo, e conhecer tanta gente tão apaixonada quanto eu foi incrível. Ver que tem muita gente em Blumenau e Pomerode querendo ver essas cidades receberem turistas no mundo inteiro foi muito especial. Contem com a gente, Blumenau e Pomerode!

 

Não deixa de acompanhar todos os outros blogueiros que estiveram nesse encontro maravilhoso, porque eles vão produzir conteúdos ótimos nas próximas semanas:

Márcia, do Casa de Doda, nossa rainha, a dona da coisa toda, maravilhosa!

Ana, do Italiana, que chegou a nos arrepiar com palavras tão incríveis na palestra de sexta feira! Gente, que mulher forte!

André, do Meu Destino, o melhor piadista desse encontro ahhahahaha #brinksAndré (se ficou curioso, vai lá perguntar para ele qual cidade não precisa de Ubers no mundo, hahaha)

Antônio, do Retrip, que quaaase teve que deixar o drone virar cidadão blumenauense… Mas deu tudo certo!

Carol Belo, do Viajar Correndo, com os vídeos de instagram mais animados da história desse país, haha!

Carol e Miranda, do Vamos por Aí, casal muito querido e que entende de viajar com crianças como ninguém!

Denise, do Viajante Solo, maravilhosa, incrível, inspiradora, sabe aproveitar a vida sem depender de outros como ninguém!

Fer, do Tá Indo pra Onde, minha roommate muito querida!

Gisele, do Destinos por Onde Andei, com seu sotaque gostosíssimo! Muito querida!

Grasi e Luciano, do Tá na Minha Rota, dos casais mais fofos que já conheci e com seus papos de turismólogos deliciosos de ouvir!

Laís, do Relatos de Viagem, minha conterrânea de Floripa, uma fofa!

Laura, do Roteiros e Dicas, fofa e amada demais, com um dos melhores papos que já conheci! Quero conhecer a Calu/Ana!

Sabrina, do Rota Terrestre, roommate e fitness-não-vou-postar-essa-comida-gorda-no-instagram-não, hahahah, MARAVILHOSA!

Zudi, do Entre Polos, a joinvilense mais carioca desse mundo, hahaha! Fofa demais.

 

Quero deixar meu agradecimento aos parceiros do Blogando no Vale Europeu que ainda não tinham sido mencionados nesse post. Por causa deles, foi possível reunir tantos blogueiros animados – e é por conta de empresas que acreditam no potencial dos blogueiros que dá cada vez mais ânimo de escrever e dividir tudo que acontece nas nossas viagens com vocês!

Hotel 10

Hotel Glória

Hotel Slaviero

Hotel Ibis

Hotel Steinhausen

Effort Consultoria em Marketing

SealBag

Blumenau e Vale Europeu Convention e Visitors Bureau

Município de Pomerode

Secretaria Municipal de Turismo e Lazer da Prefeitura de Blumenau

NeoPrint Gráfica Digital

Cupcakes Inbox (recebemos cucpakes absurdos de bons e de lindos dessa marca, quero muito ir lá quando voltar a Blumenau!)

Orion Chocolates Finos (adoro os chocolates da Orion, eles têm valor afetivo para mim – eles são produzidos em Blumenau e a avó do meu namorado, que é de Blumenau, sempre me dá alguns na Páscoa!)

FeelClean lenços umedecidos

RDK Turismo Receptivo

 

Agora que já sabes quanto vais pagar por suas malas, podemos ajudar na economia das tuas viagens  com estes links a seguir para as reservas:

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste postPreços ótimos – experiência própria.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

Não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão, seu blog de viagens:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

E já conhece a nossa loja virtual? Dá só uma olhada:nossa loja virtual – tua loja de viagens.

 

Espero que tenham curtido saber tudo que rolou nessa trip linda!

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto no seu Pinterest, pinando a foto abaixo:

encontro de blogueiros em santa catarina

SalvarSalvar

13 thoughts to “Primeiro Blogando no Vale Europeu – juntando 15 blogueiros em SC (o nosso roteiro!)”

  1. Ahhhh Ester, vem cá que vou te abraçar, haha que fofa! Amei esse post.. revivi todos os momentos do Blogando com detalhes.. Me identifico contigo quando fala com orgulho de Santa Catarina.. sou #teamsc eternamente! E também fico empolgada quando encontro cidades e empresas enxergam o turismo como um caminho próspero. Precisamos marcar um café/almoço/jantar.. claro que tem que ter comida no meio né?! rsrs

    1. Que bom que curtiu, Laiss!! Foi delicinha né? hahaha que bom que não sou a única bairrista haha!! Simmm, quero marcar muito!! Pra ti qualquer dia é bom? 😀 Bjo, lindona!! <3

    1. Brigada, Grasi fofa!! Foi um prazer conhecer vocês! Simmm, quero muito continuar nossos papos!! Se Deus quiser logo nos encontramos por aí de novo! Bj!!

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: