Skip to main content
palácio da alvorada brasilia

Palácio da Alvorada – a casa oficial do Presidente em Brasília

O Palácio da Alvorada é a sede oficial da Presidência da República. É lá onde deveriam residir os presidentes do Brasil. O atual, no entanto, optou por continuar morando no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, porque estamos sem vice-presidente.

A visita guiada ao Palácio da Alvorada é gratuita e imperdível. Uma aula de história, arquitetura, decoração e bom gosto que vale a pena conferir. Passeie agora conosco pelo palácio e te encantes também.

Agendamento da visita ao Palácio da Alvorada:

É onde tudo começa. É obrigatório o agendamento da visita guiada neste site. Faça o teu agendamento com antecedência para garantir, pois a confirmação virá por e-mail.

Então, feito o agendamento, no dia e hora marcados, chegue ao palácio no mínimo 15 minutos antes. E lá, é proibida a entrada com mochilas, bolsas, alimentos, tripé de câmera, máquina fotográfica profissional, mas não te preocupes pois há um guarda-volumes na entrada do passeio, e gratuito. Enquanto esperas o guia para o início da visita, aproveite para preencher um cartão postal que será enviado gratuitamente ao destinatário. Bela recordação.

Início do passeio – fachada frontal do edifício:

Advinha quem projetou o palácio? Vai, não é tão difícil assim. Vou dar uma pista: foi um arquiteto que só projetou a maioria de tudo o que há em Brasília, hehehehe. Ele mesmo, Oscar Niemeyer. E ele caprichou na obra de arte. É um palácio moderno e belíssimo. A visita guiada começa em frente à construção, onde nos é apresentado o espelho d’água com 60 cm de profundidade e a escultura As Iaras, de Alfredo Ceschiatti, que fica no meio do espelho.

palácio da alvorada brasilia
Ali estão As Iaras no centro do espelho d’água

Hall de entrada:

Depois de conhecermos a fachada frontal, entramos no hall de entrada. Um amplo espaço marcado pela parede dourada deslumbrante, onde se encontra a frase da poesia de Augusto Frederico Schmidt, criada para o discurso de lançamento da pedra fundamental de Brasília: “Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã do meu país e antevejo esta alvorada com fé inquebrantável em seu grande destino.”

hall de entrada do palácio da alvorada em brasília
Este dourado é chique demais, né?

Capela:

Saímos de dentro do palácio e caminhamos até a capela que está à esquerda do prédio principal. A decoração foi projeto de Athos Bulcão. As paredes de lambril de jacarandá-da-bahia folheado a ouro são um espetáculo à parte. A capela possui iluminação natural. Desculpa aí, mas esqueci de tirar fotos.

Dependências do Palácio da Alvorada:

A partir daqui, toda a visita é feita pelo lado de fora do palácio, através da varanda que o circunda. Não chega a ser um problema, pois toda a parede do edifício é envidraçada, logo, temos uma visão bem aberta de todo o local. Claro que seria melhor entrar e chegar perto de tudo. Ou melhor ainda, como todo bom brasileiro, poder até tocar nas peças e móveis, mas a medida deve ser essencial para a manutenção dos objetos. Estão perdoados.

Salão de Estado:

Este salão é mobiliado com móveis antigos e contemporâneos. Há uma parede de jacarandá-da-bahia ao fundo, com uma tapeçaria de Kennedy Bahia que se destaca. Sofás, mesa de reuniões, estantes com livros e poltronas, além de objetos de decoração.

palácio da alvorada
Olha o detalhe da parede de madeira de jacarandá-da-bahia aos fundos, que linda!

Biblioteca:

Amplas estantes com 3.406 obras literárias para deixar qualquer rato de biblioteca doidinho. Há livros de Manoel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Francisco de Assis Barbosa e outros. Nas paredes, além de outros quadros, uma tapeçaria de Di Cavalcanti intitulada Músicos.

biblioteca do palácio da alvorada
Que phyna eu, sqn, já pensei em como limpar tudo isso, hehehehe.

Mezanino:

Esta é a área de circulação entre o hall de entrada, a biblioteca e o salão nobre. Na parede, tapeçaria de Di Cavalcanti – Múmias – três urnas funerárias marajoaras sobre uma mesa de cristal e duas esculturas de Alfredo Ceschiatti chamadas Outono e Inverno.

palácio da alvorada

Salão Nobre:

O salão nobre é amplo e composto de quatro ambientes. Sofás, mesas de centro, poltronas, mesas com esculturas e objetos de decoração e mesclas de móveis modernos e antigos, brasileiros e estrangeiros. Nas paredes, quadros e duas obras de Candido Portinari: Jangadas do Nordeste e Os Seringueiros.

salão nobre do palácio da alvorada
Salão nobre do Palácio da Alvorada

Sala de música:

A minha irmã Manu e a minha sobrinha Giovanna ficariam encantadas com o lindo piano de meia cauda que se destaca nesta sala. Sofás, poltronas, um enorme tapete e obras de arte.

palácio da alvorada brasilia
Olha a quantidade de roberts lá ao fundo, hehehe. É a outra turma da visita.

Salão de banquetes:

Uma mesa que pode ser montada de diversa formas e tamanhos, podendo servir até 50 pessoas. Olha que lindos os móveis laterais e as peças de prata em cima deles, ai, ai. Só me perdoa que a foto ficou meio fora do ângulo porque todo mundo se apertou neste espaço para fotos. Tirei a minha no susto, rsssss.

salão de banquetes do palácio da alvorada

Piscina:

A piscina é, ou melhor, deve ser uma delícia nos dias quentes no planalto central. Fica no jardim e é revestida de azulejo azul.

piscina palácio da alvorada
Ah um jardim destes com uma piscina destas na minha humilde residência…

Jardins:

Concebidos inicialmente pelo jardineiro do Palácio Imperial do Japão, Yoichi Aikawa, os jardins possuem exemplares de araucárias, pau-brasil, sibipirunas e outras espécies de vegetação. Jardins, porque foram compostos em vários níveis. A escultura Rito dos Ritmos (foto abaixo) marca o início dos jardins posteriores do palácio. A área externa do palácio é enorme e linda demais, impecavelmente cuidada. Avistamos até duas araras azuis por ali.

Escultura Rito dos Ritmos
Escultura Rito dos Ritmos

Dragões da Independência:

Terminou a visita? Não deixe de ir até o local onde fica um oficial dos Dragões da Independência – o 1º Regimento de Cavalaria de Guarda criado em 1808 por Dom João VI. Os oficiais vestem o uniforme da Imperial Guarda de Honra de Dom Pedro I.

palácio da alvorada brasilia
Aí está um oficial dos Dragões da Independência

Horário da visita guiada:

Somente nas quartas-feiras, das 14h30min às 16h50min.

Atração gratuita.

Onde se hospedar em Brasília:

Em Brasília, durante as 6 noites que por lá ficamos, nos hospedamos no Allia Gran Hotel Brasília Suites, um hotel com ótimo custo benefício, muito bem localizado próximo a shoppings, lanchonetes e da antena de tv. Eu indico e podes fazer a reserva clicando aqui. Podes saber mais sobre este hotel clicando aqui. Agora, caso queiras escolher outro local para se hospedar na capital, pesquise aqui e faça a tua reserva.

onde ficar em brasilia
Quarto de casal

Dica de local para jantar em Brasília:

Nós tivemos o prazer de conhecer o La Chaumière Cuisine Française, um restaurante Francês com pratos preparados pelos proprietários com temperos trazidos da França. Uma delícia de lugar aconchegante e onde terás o prazer de conhecer o simpático proprietário que lá está desde 1966. Falaremos tudo sobre o La Chaumière em um post próprio, aguarde. O restaurante fica na SCLS 408 Bloco A Loja 13 – Asa Sul – Brasília – DF.

Gostou deste post sobre o Palácio da Alvorada? Então não deixe de ler também:

Como se localizar em Brasília – o que eu achei da capital do Brasil

Visita guiada ao Palácio do Itamaraty – ganhou meu coração

Memorial JK – um misto de história, beleza, memória

Museu do Catetinho – história e simplicidade imperdível em Brasília

O que fazer em Brasília – nosso roteiro de 4 dias

Agora que você já conhece um pouco mais desta atração em Brasília, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste postPreços ótimos – experiência própria.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Abraço,

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

visita guiada ao palácio da alvorada

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

17 thoughts to “Palácio da Alvorada – a casa oficial do Presidente em Brasília”

  1. Visita super completa e, ainda por cima, gratuita. Ficaria doida com tanto livro, mas só em estantes fechadas por causa do pó. Mas o meu lugar favorito parece ser o jardim. Adoraria ver araras azuis.
    Abraço

  2. Gente, que legal! Com a minha ignorância eu nem sabia que podia ser visitado, quanto menos sem pagar nada! Ainda bem que vc avisou que temos que reservar antes. Legal ver as fotos… mas nao consigo evitar, eu sempre rio quando lembro que o Temer mora no Palácio do Jaburu rs

  3. Eu adoro Brasília e também fiquei impressionada com esse passeio. Apesar dos tempos sombrios que vivemos fiquei louca pra ver ao vivo também! Preciso voltar a Brasília! 🙂

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: