Skip to main content
Pontos turísticos de Buenos Aires: dicas para a primeira viagem

Buenos Aires – a primeira vez a gente nunca esquece

Hoje vamos falar dos principais pontos turísticos de Buenos Aires, dicas de passeios e opções de hospedagem na capital argentina, que é um destino muito procurado por nós, brasileiros. E também vou te contar porque este é um lugar especial para a nossa família. Pegue uma cadeira, sente e viaje conosco pela capital portenha através desta história. E mais abaixo vou te dar dicas do que fazer em Buenos Aires para o planejamento da tua viagem, não perca!

Buenos Aires, o destino escolhido para este dia:

Como viajamos geralmente em família e levo minhas meninas desde pequenas nas nossas aventuras mundo afora, resolvi homenagear as crianças neste mês delas da seguinte maneira. Perguntei às minhas filhas qual viagem de todas as que fizemos ficou guardada no coração infantil delas para sempre, ou seja, que destino marcou a infância de cada uma. A Ester escolheu Buenos Aires e aqui neste post vou te contar o por quê. A Letícia, clique aqui e descubra o destino escolhido dela em homenagem ao Dia das Crianças.

E para mim, nada mais apropriado para um blog familiar, onde todos têm sua cota de participação, hehehe, do que lembrar deste dia especial escrevendo sobre lugares que ficaram marcados na vida das minhas eternas crianças (me perdoem meninas, mas mãe é assim mesmo) e contar um pouquinho do que foram estas viagens para elas, na época, crianças de verdade.

Para a Ester não foi fácil a escolha. Muitas das nossas viagens ou a maioria delas têm um gostinho especial, algo que marcou e ficou para a história, mas como tinha que optar por uma só, ela pensou em Buenos Aires porque, tcham, tcham, tcham, tcham…

A primeira vez a gente nunca esquece:

Porque foi a nossa primeira viagem de avião e a nossa primeira viagem para o exterior! Gente, não é pouca coisa não né? Lembro-me como se fosse ontem. Foi em 2003. A Ester – ui, estranho chamá-la assim, pois para mim é Teca (Ester fica para os momentos de bronca, sabem como é…) – tinha 11 anos na época e eu estava grávida de 7 meses da Letícia. Já havíamos viajado muito de carro pelo Brasil, mas nunca tínhamos nos aventurado no exterior.

Estava eu no trabalho, e pensando sobre o feriadão que se aproximava, resolvi ligar para uma agência de turismo – ainda éramos inexperientes neste negócio de viagem – e perguntar o valor de uma passagem aérea para Buenos Aires. A funcionária me passou a cotação, não achei tão caro assim até porque não era em época de férias, conversei com o marido, melhor ainda, falei a ele que já estava fechando o negócio para pressionar né, hehehehe, e ele? Gostou e disse: pode tocar ficha. Opa, é pra já! Fechei a viagem, comprei as passagens, reservei o hotel, pesquisei os principais pontos turísticos de Buenos Aires, dicas de passeios e…Arriba muchacho! (vixi, acho que isso é no México né? Foi mal).

E a viagem começou…

No dia marcado, viagem de carro para Porto Alegre de onde sairia o avião. Estava frio e a ansiedade era tanta, que lembramos até onde paramos em uma loja-lanchonete no caminho para um lanchinho e ventava horrores, heheheh. Foi uma parada rápida, mas a barriguda aqui não podia deixar de comer algo. Tomei um iogurte daquela lanchonete, fabricação própria, que eu amava.

E as horas não passavam, ai, que aflição. E tudo era novidade. O estacionamento no aeroporto onde deixamos nosso carro, o aeroporto, as lojas, o check-in, o embarque (aliás, se tens dúvidas sobre todas estas etapas durante a viagem de avião, não deixes de ler este post aqui). Mas eis que chegou a hora de entrar no avião, ui, que frio na barriga.

Sabe as primeiras vezes em um avião e a atenção que damos às instruções passadas pelos comissários? hahahaha, nem piscávamos! No momento da decolagem, fechei os olhos, fiz uma oração e suei, minha nossa, suei frio. Mas até que foi bom passado o desespero inicial…

Depois veio o jantar. Gente, que chique! Eram tão gostosas as opções oferecidas pela extinta Varig (me senti velha agora, rssss).

O avião pousou, família rumo às esteiras para pegar as bagagens. Olha o mico, e só vou contar aqui para ti, vê se não espalha para não estragar a minha reputação: só tínhamos uma mala – era difícil a vida, hahahahahah. Como compramos as passagens e reservamos o hotel na agência, ganhamos umas bolsas da CVC. Bolsas pequenas, hahahahah, to afinada aqui, amarelas e de qualidade duvidosa, e despachamos as benditas – nem precisava pelo tamanho. Elas podiam ter se desintegrado com a delicadeza dos funcionários que carregam as bagagens. E detalhe, sem nenhum cadeado que isso é para os fracos, hahahahaah. Tivemos muita sorte de não termos nossas roupas expostas na esteira, kkkkkkkk. E saímos felizes, com nossas bolsas amarelas nas mãos, para a saída atrás do moço do transfer com a plaquinha “Nunes”. Achei chique demais!! kkkkkk.

Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem
Fonte: https://res-5.cloudinary.com/enjoei/image/upload/c_fit,fl_lossy.progressive,h_1200,q_70,w_1200/kpfuee8zzofiksdtdbqe.jpg

Fomos levados ao nosso hotel e no outro dia, de manhã cedo, começamos os passeios pelos pontos turísticos de Buenos Aires.

Pontos turísticos de Buenos Aires:

Tínhamos 4 dias na capital argentina e fizemos o basicão turístico. E perdoem a qualidade das nossas fotos, pois foram escaneadas, já que tiradas em câmera analógica em 2003, mas feitas com amor, ai que fofis. Vocês bem lembram como era difícil aproveitar umas fotos que prestassem naqueles filmes de 24, 36 poses. E o medo de acabar? hehehehe. Bem, vamos ao roteiro. Na nossa viagem teve:

Casa Rosada:

Ah, a Casa Rosada, sede do executivo federal, não poderia ficar de fora né? Só que apenas tiramos fotos pelo seu lado exterior, até porque, na época, nem sabíamos que havia visita guiada e gratuita, ainda por cima. Mas a Fernanda do blog Vontade de Viajar fez a visita e conta tudinho neste post.

O que fazer em Buenos Aires - casa rosada
Pelas ruas de Buenos Aires – Casa Rosada

Puerto Madero:

Eu tinha ouvido falar deste lugar e queria muito conhecer este nobre bairro onde fica o porto e de onde se tem uma linda vista do Rio de la Plata e de modernos arranha céus. O porto famosíssimo se tornou um dos pontos turísticos de Buenos Aires após revitalização. Por lá caminhamos de dia e de noite e almoçamos e um dos restaurantes. A Katia do blog My Destionation Anywhere falou um pouco mais sobre o Puerto Madero aqui. E o Pedro do blog Travel with Pedro deixou dicas de o que fazer em Puerto Madero neste post aqui.

o que fazer em Buenos Aires: puerto madero
Mamis e Ester no Puerto Madero

Calle Florida:

Eu adoro ruas fechadas para carros, com calçadões amplos para aquela caminhada sem pressa. E a Calle Florida é bem assim. Um calçadão com muitas lojas para a alegria da mulherada e com shows de rua acontecendo a todo momento. É a típica rua que ferve o dia todo na cidade.

Galerias Pacífico:

É um shopping com uma bela arquitetura localizado no cruzamento da Calle Florida com a Av. Córdoba. Lindo e imponente por dentro e por fora com lojas e praça de alimentação (uma ótima pedida para bater uma boquinha sem gastar horrores – fica a dica MM). A Ester adorou a loja de chocolates Abuela Goye e até hoje fala com carinho deste lugar, onde compramos guloseimas para ela.

Teatro Colón:

Só passamos na frente, pois me lembro que ele estava fechado para reformas, oh dó. É a maldição da baixa temporada, já disse. Saiba o que isso significa aqui. Pelas fotos que já vi por aí, vale muito a pena fazer a visita, pois é um edifício belíssimo. Saiba tudo sobre o tour guiado pelo Teatro Colón neste post da Cynara do blog Cantinho de Ná.

Teatro Colón - Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem
Ester e o pai em frente ao Teatro Colón

Faculdade de Direito:

Mais um dos pontos turísticos de Buenos Aires difíceis de passarem despercebidos, pois é imponente demais com suas colunas enormes em estilo romano.

Floralis Generica:

Este lugar também é tradicional na cidade e não podíamos perder. É aquela flor metálica localizada na Plaza de las Naciones Unidas. Suas pétalas se abrem e fecham durante o dia e o lugar por si só é muito bonito e agradável. A Adri do blog Sonhando em Viajar trouxe mais informações e fotos neste post.

Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem
Olha a Floraris Generica lá ao fundo e o tamanho desta barriga!

Recoleta:

Bairro nobre, onde estão vários dos pontos turísticos de Buenos Aires, entre eles o Cemitério de La Recoleta onde fica o túmulo de Evita Perón. Amamos caminhar pelas ruas e praças e também conhecer o Buenos Aires Design, shopping dedicado à decoração. Lá compramos para a filha enfeites de silicone para grudar no espelho que ainda era novidade por aqui, lembra Teca?

El Caminito:

Localizado no Bairro La Boca, o El Caminito é uma rua revitalizada para o turismo, pois foi ali que nasceram os primeiros cortiços da cidade. Vibrante e cheio de artistas de rua, é um dos imperdíveis pontos turísticos de Buenos Aires, com suas casas coloridas feitas de madeira e zinco. Só tome um pouco de cuidado com seus pertences e também com a abordagem dos vendedores e artistas no local, que pode ser abusiva. Saiba todos os detalhes sobre o El Caminito com a Daniela do blog D&D Mundo Afora lendo aqui.

O que fazer em Buenos Aires: El Caminito
El Caminito e suas casas coloridas e fofas

Avenida 9 de Julio com o Obelisco:

Imponente, o Obelisco, erguido para comemorar os 400 anos da cidade, é um ponto turístico imperdível em Buenos Aires para se ir de dia e de noite. E a Av. 9 de Julio também não ficará de fora da viagem, até por ser uma das principais avenidas da capital, considerada a mais larga do mundo com 140 metros de largura. Sabe o que ela me lembrou? O jogo de vídeo game da galinha atravessando a avenida com suas inúmeras pistas, heheheheh. Ah, não é do teu tempo? Procura no Google, deve ter, e me conta se não parece mesmo. Saiba muitas informações sobre o Obelisco neste post da Daniela do D&D Mundo Afora.

Bem, então, além destes pontos turísticos de Buenos Aires, caminhamos muito pelas ruas da cidade, entramos em vários cafés que são um charme, andamos bastante de táxi que na época era uma pechincha, pagamos muito mico com nosso portunhol escandaloso, rimos e nos divertimos horrores. Talvez seja por isso uma viagem que ficou guardada em nossos corações para sempre, até porque era muita novidade para uma viagem só.

Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem
Está vendo o Obelisco lá no fundão?

O que a Ester achou de tudo isso – por que esta viagem?

“Lembro do dia em que a mãe chegou em casa contando que havia comprado uma viagem pela CVC: caramba! Vou viajar de avião e para fora do Brasil! Faltei 4 dias na escola para fazer uma viagem diferente de tudo o que eu já tinha feito. Naquela época não era tão acessível para nós viajar de avião e eu faria isso de verdade, uau! Lembro de cada detalhe desta viagem. Da saída de casa, da parada no Maribo para um lanche, do carro, da roupa que eu estava vestindo, do aeroporto de Porto Alegre – achei lindo, enorme, e nem é tanto assim, hehehehe. Eu lembro que estava tremendo e a mãe perguntou: tudo isso é frio? Respondi: não, é nervosismo (aahahahah, mãe falando: lembrei disto agora, tadinha, hehehe).

Ao entrar no avião pensei: agora posso desenhar um avião por dentro, porque nunca tinha visto um ao vivo. Eu tinha uma Susi (boneca estilo Barbie) aeromoça da Varig e achei tuuuudooo ter viajado de Varig com as comissárias arrumadinhas, tipo a Susi, ah, legal! Ficamos com o pescoço para fora no corredor para prestar atenção aos procedimentos de segurança, huashauahaushsa. Eu me diverti muito na decolagem. Amei a voz do piloto quando estávamos chegando. Tentei vê-lo na saída do avião porque acho que me apaixonei, ihiiihihihi. Lembro até do aeroporto e que ao descer uma escada rolante dávamos de cara com o Free Shop.

Quando a mãe disse em casa, antes da viagem, que íamos numa tal de Galerias Pacífico pensei: ah, que palha, vamos a uma galeria de lojas – porque não imaginava que era um shopping, muito menos que seria tão bonito. E me apaixonei pela Abuela Goye, onde compramos chocolates. E o gelzinho de colocar no espelho? Nossa, aquilo nem existia aqui em Criciúma ainda.

Lembro de cada um dos pontos turísticos de Buenos Aires que visitamos, de cada mico que pagamos e pensava naquele momento: uau, como sou privilegiada de estar viajando para fora! Também lembro das coisas feias que vi, como lixo pela rua. E quando retornamos pensei: nossa, quando será que vamos voltar a andar de avião e será que vamos algum dia novamente?. Enfim, tudo foi muito especial para mim e por isso marcou na minha infância (Ester)”.

Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem

Crie este tipo de lembrança na memória dos teus filhos também. Viaje mais. Não guarde dinheiro. Viaje com eles e desde pequenos. É o meu conselho de mãe para este Dia das Crianças. Garanto, vale a pena cada centavo gasto, cada cansaço adquirido, cada medo ou estresse passado. No final, estas lembranças, as gargalhadas que elas nos proporcionam mesmo depois de tanto tempo, compensam todo o esforço. Buenos Aires e turismo ficaram para sempre guardados no coração da Ester, bem como os passeios que fizemos por lá. Especial, né?

E para não ficar com medo de viajar com os fedelhos, leia este post sobre: Viagem com filhos – mais confortável, descomplicada e divertida e este que falo sobre Filhos: levar ou não levar, eis a questão.

Buenos Aires: dicas de hospedagem

Aqui fizemos uma seleção de hotéis ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha teu hotel clicando nele e finalize a reserva. Boa viagem!!

Pontos turísticos de Buenos Aires dicas para a primeira viagem
Tirando a Calle Florida que é um pouco mais distante, até que a maioria dos pontos de interesse são relativamente próximos.

Como já faz tempo que não vamos até lá, não tenho como deixar aqui um roteiro completo para te ajudar a definir o que fazer na capital da Argentina. Mas pedi ajuda aos amigos universitários, digo, aos amigos blogueiros, e aí vão sugestões de posts com passeios e turismo em Buenos Aires:

  • A Angela do blog Viajando em 3 2 1 fez um roteiro de 3 dias em Buenos Aires. Não deixe de ler aqui.
  • A Larissa do blog Blasting News escreveu sobre o Palácio Barolo que é algo bem diferente do tradicional roteiro turístico. Saiba mais aqui.
  • A Alessandra do blog De Cá pra Lá escreveu sobre 12 pontos turísticos que você precisa conhecer. Leia aqui.
  • A Jaque do blog Viaje com pouco dá dicas do que fazer em Buenos Aires em poucas horas. Veja aqui.
  • A Estela do blog Itinerário de Viagem traz muitas dicas e pontos turísticos de lá aqui.
  • Com o Jair do blog V & C Viagens e Caminhos tu terás muitos lugares para conhecer na capital argentina, pois neste post ele mostra 30 pontos turísticos de lá.
  • O Lucas do blog Boralá fez um mochilão pela Argentina e traz muitas dicas neste post.
  • Aqui o João do blog O Descobrimento da América traz várias opções de passeios.
  • E neste post, a Gisele do blog As Viajadas também traz um roteiro de 3 dias pela capital argentina.

Espero que ajude!!

Agora que já tens informações sobre os pontos turísticos de Buenos Aires, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 🙂

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post. Preços ótimos – experiência própria.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Abraço,

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto sobre os pontos turísticos de Buenos Aires no seu Pinterest, pinando a foto abaixo:

O que fazer em Buenos Aires: principais pontos turísticos de Buenos Aires, dicas de passeios e opções de hospedagem na capital argentina.

SalvarSalvarSalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

21 thoughts to “Buenos Aires – a primeira vez a gente nunca esquece”

  1. Sério que post delícia esse, cheio de recordações. Eu me afinei com a parte da mala kkkkkk muito bom. Pelo menos deu tudo certo com as malas. E só mais uma observação: a Ester pequena me lembrou a Letícia hahaha. Bjsss família, ja estou curiosa pelas lembranças da Lele.

  2. A sua filha estava quase do vosso tamanho em 2003, imagino que vos ultrapassou há muito tempo. Como a deixaram voar (ainda por cima pela primeira vez) com uma barriga de 7 meses? Que aventura. O meu filho voou pela primeira vez ainda não tinha 3 anos e foi um voo internacional (para o Brasil, por coincidência). Dezenas de voos depois, já trata os aeroportos por tu…
    Linda ideia para festejar o Dia das Crianças

    1. Ela me passou sim Ruthia, hahahaah, e a médica deixou, kkkkk. MInha filha hoje diz que não deixaria, se fosse ela a médica… mas, ainda bem que ela deixou, né?

  3. Lindo relato duplo….
    E eu achando que na parte 2 do texto você iria contar a melhor viagem da Letícia!
    😉
    Tem certos momentos que são marcantes mesmo! Espero ter isso com meu filhote no futuro.
    BsAs tbem foi minha 1° viagem internacional, mas foi em 2006, mas Michela, até hoje eu suo frio quando entro num avião!
    hahahahaha

  4. Adorei esse post! Muito legal isso de relembrar viagem que as crianças gostaram! E achei curioso também a questão das fotos serem escaneadas já que na época a câmera era analógica… estranho pensar que ha até relativamente pouco tempo o comum era isso né? Nem consigo mais imaginar não poder tirar várias fotos sem me preocupar se o filme tá acabando ou não hahha

  5. Primeira viagem de avião e primeira viagem para o exterior não é pouca coisa não! Que delícia poder contar isso tanto tempo depois, não é mesmo? Agora até me senti velha falando em Varig…rs… Lindo relato! Beijos!

Oi! Tem alguma dúvida, sugestão, dica ou comentário, deixe aqui para nós e viajemos juntos!

%d blogueiros gostam disto: