ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

Como alugar apartamento em Lisboa

publicado em: 06/03/2016 atualizado em: 06/03/2016

Adoro me hospedar em apartamento em viagens. Parece que sinto um pouco mais da experiência local: estou ficando em um apartamento pensado e projetado para os costumes e hábitos daquela cidade! Claro que o apartamento pode ter sido modificado da sua ideia original para hospedar mais confortavelmente, mas ainda assim a experiência de se sentir morador da cidade por alguns dias é válida.

Há outros pontos positivos: o preço costuma ser muito em conta (torna uma viagem ao exterior possível mesmo com essa alta do dólar); há a conveniência de poder preparar sua própria comida, podendo experimentar iguarias disponíveis no supermercado e gerando ainda mais economia (calma, não precisa esquentar a barriga no fogão se não quiser, só um microondas para esquentar pratos congelados já é ótimo); o conforto acaba sendo maior pelo fato de que há uma sala para descansar após um dia inteiro de passeio; há também a facilidade de geralmente haver máquina de lavar no apartamento, levando a mais uma economia, a com a lavanderia. Quando se está com um grupo grande, principalmente se há bastante intimidade no grupo (o que era o nosso caso nessa viagem, já que estávamos entre família), acaba sendo bem divertido, pois dá para fazer as refeições juntos e conversar enquanto se descansa nas áreas comuns.

Claro, há os pontos negativos. Essa proximidade e compartilhar áreas comuns (dentre essas áreas o banheiro, lembre-se disso!) pode desgastar relações, os confortos de hotel como café da manhã e toalhas novas todos os dias desaparecem e, se houver muitas pessoas no apartamento e a estada for longa, talvez o banheiro precise de uma faxina, hehe. Ou seja: vai do estilo de viagem que estás buscando! Para mim os pontos negativos são muito pequenos próximos dos positivos. Eu recomendo muito, principalmente para quem busca economia, pois a diferença de preço para hotel é gritante!

Em Lisboa alugamos um apartamento pelo Booking, com toda a praticidade que o site traz. Aí vem o detalhe: é bem comum empresas anunciarem seus apartamentos no Booking. Digo empresas porque realmente são empresas com vários funcionários que vivem do aluguel desse tipo de imóvel, e não apenas uma pessoa que possui um apartamento e o está disponibilizando para aluguel. Quando você abre o link do “apartamento” que interessa após fazer a pesquisa no site, as fotos que aparecem se tratam na verdade de vários apartamentos. Isso acontece com várias empresas que anunciam no Booking e que disponibilizam vários apartamentos para aluguel. Então, cuidado. Na hora, podes acabar reservando porque ficou encantado com a decoração que aparece nas fotos, mas a empresa pode te dar um apartamento diferente. Aconteceu isso com a gente. Claro, não foi nada de mais (e eu acredito que fui a única a notar, porque tinha amado as fotos dos quartos coloridos e, quando cheguei lá, notei que aqueles quartos não existiam ehhe), mas acho bom destacar.

Para encontrar um apartamento em Lisboa pelo Booking é fácil! É só selecionar a cidade, a data desejada, o número de quartos e o número de pessoas, como na foto abaixo:

2016-03-04 (1)

 

2016-03-04 (2).png

Se fores um viajante econômico como a gente, já seleciona lá em cima a opção “Preço mais baixo”, hehe.

Aparecerão opções de hotéis e apartamentos. Nem sempre os apartamentos estão com o nome de “apartamentos”, muitas vezes estão com outros nomes como propriedade privada ou casa. Dê uma conferida na descrição do imóvel para saber se é apartamento mesmo:

2016-03-04 (3)

Tá vendo ali, escrito abaixo de “Recomendado para 9 adultos”, escrito apartamento? 🙂

A Lisbon Holidays, empresa com a qual alugamos nosso apartamento, possui vários apartamentos na região e um escritório a poucos metros do apartamento. Isso é ótimo, pois se houver qualquer problema é só descer ali. Para pesquisar especificamente por essa empresa com a qual alugamos nosso apê, é só colocar o termo de busca “Lisbon Holidays Typical & Comfort” ali no campo de cidade. Ou seja, em vez de colocar Lisboa, coloque esse termo. Assim, aparecerá mais facilmente essa empresa e os apartamentos de que ela dispõe.

Uma questão um pouco chata é que eles pediram que ligássemos assim que chegássemos na cidade para marcar um horário em frente ao apartamento para que algum funcionário nos entregasse a chave. No aeroporto de Lisboa há vários telefones públicos que podem ser pagos com moeda, então foi tranquilo fazer a ligação, mas acho algo chato. O funcionário se atrasou quinze ou vinte minutos do horário combinado. Apesar disso, o funcionário foi muito simpático e atencioso. Tenha atenção também ao horário em que vais chegar à cidade: eles cobram uma taxa extra para checkins feitos após as 22 horas (outra coisa que acho bem chata). Ah, recomendo reservar com bastante antecedência, pois notei uma tendência de os apartamentos bons e baratos esgotarem as datas bem cedo, antes mesmo dos hotéis. Reservamos 8 meses antes!

O valor ficou em 630 euros para esse apartamento de 9 pessoas para 6 noites. Ou seja, saiu pouco mais de 10 euros por pessoa por noite! Viajar para o exterior com o dólar alto é possível, sim 🙂 Alugar apartamento em grupo ajuda ainda mais na economia.

Sobre o apartamento, eu curti. Era simples, mas tinha seus confortos e acho que cumpriu a função. Possuía quatro quartos com a seguinte disposição: dois com cama de casal, um com quatro camas de solteiro e um com uma cama de solteiro. Possuía também uma cozinha bem equipada, com forno e fogão, coifa, microondas, torradeira e uma chaleira elétrica. Havia também uma mesa não muito grande e, anexo à cozinha, um espaço com máquina de lavar roupas. Havia, no armário debaixo da pia da cozinha, vários produtos de limpeza, inclusive detergente. Louças e panelas estavam disponíveis

IMG_5064.PNG

A cozinha com seus simpáticos azulejos!

IMG_1077

Produtos de limpeza debaixo da pia

A sala de estar não era das maiores, sendo na verdade uma varanda de um dos quartos. Apesar disso, era um ambiente bem agradável, com uma bela vista. Possuía dois sofás pequenos, duas poltronas e uma tv com Globo internacional, haha! Essa sala infelizmente tinha um pouco de cheiro de cigarro. Era suave, mas eu sou bem sensível a cheiro de cigarro e senti. Não chegava a incomodar e o cheiro só ficava ali mesmo, mas fiquei chateada de saber que permitiam fumar ali (tinha um isqueiro sobre a mesa de centro). Havia wifi no apartamento. A internet era boa, mas por ter apenas um roteador na sala, no quarto mais distante praticamente não havia internet.

Nos quartos havia aquecedores elétricos (parte ruim, já que por segurança acabávamos desligando os aquecedores quando saíamos, o que pode deixar o apartamento bem gelado em dias de inverno – mas nos dias de frio tranquilo que pegamos por lá isso não chegou a incomodar). Em relação aos quartos, uma reclamação: poucas tomadas! Hehe. As camas eram confortáveis. Os quartos tinham um tamanho ok, nem grandes nem muito pequenos. Havia bastante armários no apartamento, facilitando a vida de quem gosta de tirar as roupas da mala. Achei a limpeza ok. O apartamento é super silencioso, não dá de ouvir absolutamente nada do que acontece na rua (o que também não seria problema, já que o apartamento está em uma rua muito calma). Resumindo: apartamento simples, sem luxo nenhum, mas confortável, com um tamanho aceitável e muito justo para o preço.

IMG_0783

Um dos quartos

IMG_0787

A sala

IMG_0786

Um dos quartos, o que possui uma sala na varanda

Já alugamos apartamentos em três diferentes ocasiões em viagens e nas três eram fornecidas toalhas de banho. Então não precisa se preocupar em levar! Roupas de cama também estão lá. Se ficar com dúvida do que é ou não oferecido pelo apartamento, dê uma conferida na descrição do imóvel, disponível no Booking. A única coisa que recomendo é levar um sabonete. Apesar de ser algo fácil de comprar em mercado, se chegares tarde e já quiseres tomar um banho fica mais fácil com um sabonete na mala, pois isso não costuma ser fornecido. Nesse apartamento em específico havia sabonete líquido nas pias de cada banheiro, mas só.

Os banheiros, porém, foram um problema. Os dois chuveiros eram ruins. Ambos eram daqueles que dá para tirar do apoio na parede para usar como duchinha, com um “pequeno” problema: o apoio na parede simplesmente não existia. Pois é, tinha que ficar segurando o chuveiro o tempo inteiro! A pior parte, porém, é que os chuveiros não tinham uma temperatura controlada. Por algum problema imagino que no aquecedor, a água quente vinha com toda a força e sumia, oscilando a temperatura da água entre dolorosamente gelada e quente o suficiente para fazer chá. Ok, estou exagerando um pouco. Um dos chuveiros era realmente muito ruim e o outro oscilava um pouco menos, então acabou que todo mundo queria tomar banho lá.

O quanto isso atrapalhou a estada? Bom… Eu adoro banho quente, então os jatos de água gelada no meio do banho me irritaram bastante. Acredito que no verão, com uma temperatura quente e precisando menos da água quente, seja mais tranquilo. Ou, para quem não se incomoda tanto com isso, vá em frente. Para quem se incomoda, porém, recomendo fortemente que, ao reservar um apartamento com a Lisbon Holidays, peça por um apartamento que tenha os chuveiros funcionando perfeitamente. Caso queira evitar esse problema, peça para não ficar no apartamento Pop, que pelo que percebi era o nome do nosso. O e-mail da empresa é disponibilizado pelo Booking assim que a reserva é feita.

IMG_0779

Um dos dois banheiros. Ah, o papel higiênico foi aquisição nossa! E não tinha lixeira no banheiro, já que eles costumam jogar o papel no vaso.

Apesar dos chuveiros, nossa estada foi ótima. A equipe era muito solícita e a localização do apartamento era ótima, próximo da estação de metrô Rato e de vários restaurantes e mercado, e em uma região que me pareceu segura. Inclusive essa região é ótima, pois é próxima de muitos bairros turísticos, dando pra explorar a pé!

IMG_0852

A pracinha bem próxima do nosso apartamento.

Recomendo muito a estada em apartamento pelos motivos que nomeei acima. Vale a pena arriscar! É super tranquilo encontrar apartamentos pelo Booking e acredito que haja ótimas opções também pelo AirBnb. Acredito que o risco de reservar um apartamento pelo Booking seja praticamente o mesmo de reservar um hotel: existe, mas é muito pequeno. Fique atento às avaliações disponíveis no Booking. Em breve faremos um post completinho sobre como reservar hotel pela internet e contaremos das nossas experiências! Ah, e em breve também um post sobre o outro apartamento que ficamos em nossa viagem, dessa vez em Barcelona.

IMG_5063.PNG

E, para finalizar, uma das coisas mais engraçadas que eu já vi na vida: gente, as torneiras de água quente e fria eram separadas na pia de um dos banheiros!!! Hahahaha! Aí tinha que escolher entre congelar ou queimar a mão. Minha mãe ficava oscilando a mão entre essas duas opções pra equilibrar, haha. Mas nada que atrapalhasse a estada, só a tornou mais engraçada!

Não deixe também de conferir o post super completo com informações gerais sobre Lisboa, para quem está preparando uma viagem para lá!

Se precisar de ajuda ou tiver qualquer dúvida comenta aqui embaixo, ok?

Seguro Viagem:

Para viagens à Europa, é obrigatório fazer um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros, de acordo com o Tratado de Schengen, isto para garantir que terás cobertura em caso de doença ou acidente. Portanto, não esqueças de fazer o teu antes da viagem. Leia aqui como fazer um seguro viagem e faça a tua cotação aqui. Neste último link, a empresa faz cotações em várias seguradoras e podes escolher a cobertura que mais te agrada, além, claro, do preço que cabe no teu bolso. E por experiência própria, há opções com preços bem interessantes. Cote, escolha e faça o seguro para viajar com tranquilidade e não correr o risco de ser barrado na entrada ao continente e, o mais importante, viajar com a certeza de que caso ocorra qualquer zebra, não ficarás desamparado lá longe.

Monte as tuas viagens aqui:

Agora que você já sabe como alugar apartamento em Lisboa, está com viagem marcada ou planejada para qualquer lugar e quer ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para a sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste post.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Olha só que legal este guia com roteiros por Lisboa e arredores por menos de 10 euros!

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

 

como alugar apartamento em lisboa

Assista Lisboa em 1 minuto:

SalvarSalvar

Buscando Curtidas...

2 respostas para “Como alugar apartamento em Lisboa”

  1. Inês disse:

    Olá!
    Gostaria de acompanhar este blog.
    Obrigada.

    • Mapa na mão disse:

      Oi Inês, tudo bem? Ah, que bom! Podes seguir nossas redes sociais ou se inscrever na newsletter. Basta deixar teu e-mail. Lá no rodapé do blog tem um campo para isso. Aí, vais receber email com todas as novidades. Beijos!! E boas viagens… Michela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.