Logo Mapa Na Mão

Lugares frios para viajar

publicado em: 01/04/2021 atualizado em: 01/04/2021

Se quiser fugir do calor, veio ao local certo, pois aqui separamos os melhores lugares frios para viajar. Às vezes não há nada melhor que viajar para lugares frios, fugir do calor e muvuca de praias. Aproveitar um tempo aconchegante e até mesmo um pouco preguiçoso.

Além disso, lugares frios também oferecem outras opções de roteiro, caso você seja do tipo ativo. Separamos aqui também diversos desses atrativos que somente em lugares frios é possível curtir.

LEIA TAMBÉM: destinos de inverno no Brasil – 14 lugares para se apaixonar

Mas antes de te mostrar destinos incríveis para curtir o frio, que tal colocar o teu e-mail a seguir e receber todas as novidades do Mapa na Mão? Faça parte da nossa lista de amigos viajantes:

Lugares frios para viajar – Gramado

No meio da serra gaúcha, as cidades oferecem opções tanto no verão, quanto no inverno. Entretanto, é fato que Gramado brilha durante o inverno. Especialmente quando neva por lá!

A cidade possui diversos atrativos, bem como a cidade vizinha de Canela. Passeios em museus, por exemplo, o Museu da Moda e o Mundo a Vapor. Além disso, há outras opções interessantes como os Cristais de Gramado. Viajar para lá é garantia que você sempre terá algo pra fazer e descobrir.

Agora, o melhor a se fazer durante o inverno em Gramado, é provavelmente passar o dia comendo chocolate e a noite um bom fondue. Além de muita comida, a cidade torna-se absolutamente encantadora durante o inverno. Ao viajar para lá durante o inverno, até mesmo parece que se está em outro país! Sem dúvidas, Gramado é um dos melhores lugares frios para se viajar no Brasil.

LEIA TAMBÉM: o que vestir no frio intenso em uma viagem

lugares frios para viajar gramado

Em Bariloche

Bariloche talvez seja um dos melhores lugares frios para se viajar. A cidade toda coberta de neve e as montanhas no horizonte formam imagens incríveis. De certa forma, um banquete para os olhos.

Em Bariloche ainda os roteiros são bem ecléticos. Viajou no invernão? Aproveite e pratique esqui ou snowboard. Mas caso não queira cair na frente de um monte de gente, aproveite então e faça um dos percursos com snowmobile! É possível realizar o passeio pelo bosque do Cerro Otto. Há ainda diversas opções de trilhas. Os famosos circuitos de Bariloche, por exemplo, o Circuito Chico, fica ainda mais fascinante durante o inverno!

E, obviamente, não faltarão opções de boa gastronomia. Ótimos chocolates e vinhos e até mesmo animados pubs. Além de todas as opções disponíveis, há outra razão que torna Bariloche um dos melhores lugares frios para viajar: o preço! A princípio, pode parecer ser uma cidade cara, mas não é! Obviamente, caso você deseje, há opções de passar alguns dias em Bariloche com muito luxo.

LEIA TAMBÉM: inverno em Santa Catarina – os melhores destinos

Bariloche argentina

Lugares frios para viajar – Ushuaia

Tierra del Fuego é uma das opções mais frias dos lugares frios para viajar! Afinal, ali é “pertinho” da Antártida. Como em Bariloche, em Ushuaia há diversas opções de esportes e atrativos na neve. Esqui, snowmobile e diversas trilhas. E é claro, há ótimas opções gastronômicas e locais para se ficar bem tranquilo.

O que talvez mais se destaca por lá é o cenário pitoresco. Viajar para lá é entrar em contato com uma incrível natureza. E não digo isso somente por causa dos pinguins, que há muito por lá!. Mas também por causa de toda a região que cerca a maravilhosa Ushuaia.

Um dos melhores exemplos disso é a deslumbrante Laguna Esmeralda. Seja no verão ou no inverno, a paisagem sempre será incrível. Se for num verdadeiro inverno, é até mesmo possível andar sobre o lago congelado.

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Ushuaia

Ushuaia argentina

Em Copenhague

Fechando nossa lista dos quatro melhores lugares frios para viajar com a maravilhosa capital da Dinamarca. Copenhague é um sonho, repleta de atrativos, cheia de história e absurdamente linda.

Copenhague é uma cidade toda plana, então é muito fácil se locomover por toda ela a pé. Ou até mesmo de bike. Os passeios por lá são incríveis. É lindo ver as casas coloridas, o canal em Nyhavn e diversos dos prédios históricos da cidade. Se estiver disposto a gastar (ou melhor, se tiver dinheiro), faça compras por Stroget. Com 1100 metros, ela é a maior rua de pedestres do mundo.

Se tivéssemos que botar um ponto ruim em Copenhague, é o valor. O custo de vida é elevado e isso aumenta o preço de diversos dos atrativos. Entretanto, que isso não desanime você. Caso esteja no orçamento, é possível sim fazer um roteiro excelente e em conta por Copenhague. E, mesmo que não esteja, é sempre bom economizar um pouco, não?

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Copenhague

destinos de inverno Copenhague

Dicas importantes

A primeira é bem óbvia, se agasalhe! Especialmente ao viajar para lugares muito frios. Os problemas que o frio intenso podem gerar não são brincadeira. Ah, e lembre-se também de agasalhar as extremidades de seu corpo. Em outras palavras, não deixe suas orelhas, mãos e pés desagasalhados!

O seguro viagem é de máxima importância em todas as suas viagens. Se por um desalento você se esquecer da primeira dica que passamos, o seguro viagem irá te proteger. Além de te proteger em relação a doenças e acidentes, o seguro viagem também protege, por exemplo, sua bagagem e dá proteção em caso de cancelamento ou interrupção de viagem. Caso você deseje saber mais sobre, acesse este artigo aqui.

Respeite muito bem o limite do seu corpo. Por mais que você possa estar acostumado a correr ou caminhar por diversos quilômetros em sua cidade, em frio intenso a história será outra. E nas horas de parada, bebidas quentes serão suas melhores amigas! Entretanto, evite o álcool, nada dessa história de tomar umas doses “pra se esquentar”. O álcool desidrata o corpo e só faz mal.

Aproveite! O inverno é fora de temporada em muitos destinos. É possível, com bom planejamento, conseguir uma boa barganha em toda a sua viagem. Desde a compra das passagens até hotéis e refeições no seu destino.

aurora boreal

* Publipost

Viaje por conta própria e economize muito

Planejar a própria viagem é uma forma de ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e ajuda a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Aéreo: Passagens Promo 

Outras informações para reservar tudo sozinho: monte a tua viagem sozinho 

Mapa na mão
Curtidas

Uma resposta para “Lugares frios para viajar”

  1. Cursos Online disse:

    Sou a Marina Da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns nota 10 gostei muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 16 anos e estou no terceiro ano do ensino médio. Gosto muito de ler, desenhar, pesquisar e, é claro, viajar. Quando viajo, procuro sempre conhecer a história do local. Ser fascinada por esse aspecto explica o meu grande sonho: visitar o Egito e conhecer um pouco mais dessa civilização antiga.

Eu sou a Ester. Tenho 28 anos e sou médica. Moro em Florianópolis, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.