Logo Mapa Na Mão

Muralha da China: guia completo para conhecer

publicado em: 05/12/2019 atualizado em: 16/02/2020

Um sonho distante. Será que um dia pisaríamos nela? É tão longe… Mas continuava na lista de sonhos. E então, pisamos. Sim, nos emocionamos, choramos, foi um misto de contemplação de toda aquela beleza com a gratidão por termos conseguido realizar. Valeu a pena! Ponto alto da viagem. E claro que vou te contar todos os detalhes deste passeio na Muralha da China. Preços, como chegar, como aproveitar melhor. Depois me conta se ela também está na tua lista, ou se já tiveste a oportunidade de conhecê-la, combinado? Vou adorar saber.

Querido leitor – DESCONTO de 10% só aqui no blog:
O seguro viagem não pode faltar na tua viagem, mesmo para as nacionais. Uma doença, um acidente, a perda da mala, o cancelamento do voo, podem estragar as férias. E o seguro não é caro. Por isso, vale a pena.
* Brasil: aproximadamente 5 reais por dia.
* Europa: aproximadamente 20 reais por dia.
** Clique aqui e faça a cotação do seguro, sem custo. Este link já garante 10% de desconto aos leitores do Mapa na Mão.

Veja aqui o guia que escrevi para tirar o visto para China e te programes antes.

E antes de todas as dicas deste passeio impressionante, quero te convidar a assinar nossa newsletter e receber e-mails atualizados com todas as novidades do blog. Faça parte desta lista de amigos viajantes.

Muralha da China – um pouco de história

Nada melhor do que começar nossa conversa sabendo um pouquinho da história desta gigante.

A Muralha da China é um gigantesco muro que corta o país de leste a oeste. Uma pesquisa arqueológica concluiu que toda a muralha e seus ramos chegam a 21.196 km.

Ela foi construída em partes, durante várias dinastias. As mais antigas iniciaram em 221 a.C. As mais recentes, entre os anos 1368-1644. Ela foi erguida para proteger o império de possíveis invasões futuras e também por muitos outros motivos, como controle de fronteira, para o envio de desordeiros que trabalharam na obra e também para dar emprego a milhares de soldados sem trabalho. Interessante, né? E imagina poder caminhar por cima de toda essa história.

Ah, mais um detalhe que me impressionou. A Muralha da China é considerada o maior cemitério do mundo. Isto porque estimativas indicam que aproximadamente 800 mil pessoas morreram de exaustão, fome ou frio durante a sua construção. E os corpos eram sepultados nas edificações da muralha. Por isso os chineses a chamam de o maior cemitério do mundo.

Ah, não deixe de ler estas 17 dicas para aproveitar o melhor da China que escrevi. Será muito importante no planejamento da tua viagem.

Ponto de visitação escolhido da Grande Muralha – Mutianyu

Como te contei antes, o conjunto de muralhas é enorme. Então, é importante escolher um ponto a visitar. Nós optamos pelo Mutianyu, que é um dos pontos próximos a Pequim. E também porque havíamos visto no Instagram do Latitude Infinita e achamos legal as formas de subir e e descer. Depois te falo tudo o que tem neste ponto e aí, podes também verificar se é um ponto interessante para a tua escolha.

E mais um detalhe. Quando pesquisamos a respeito, descobrimos que por não ser o ponto mais próximo a Pequim, não é tão cheio de turistas. E na China, um lugar super lotado pode atrapalhar muito o passeio.

Esta parte da muralha foi construída entre 550 e 577 d.C., durante a dinastia Qi.

Olha só, para conseguir usar aplicativos e sites como o Google na China, é necessário adquirir um VPN. Eu contei ali no link como se faz.

Great Wall

Como chegar à Muralha da China 

Para chegar à Grande Muralha da China, no ponto Mutianyu (慕田峪), primeiro encontre no metrô a estação Dongzhimen (东直门交通枢纽). Esta estação possui metrô e também estação de ônibus no exterior.

Esta estação fica na linha 2 do metrô, que é muito fácil de usar. Utilize o o aplicativo Metroman que ajuda demais. É só colocar a estação de saída e a de chegada que o app mostra quais linhas pegar, onde descer, para que direção seguir.

O valor do ticket do metrô foi RMB 4 por pessoa.

Dica de ouro: não vá para a China sem seguro. A alimentação é diferente, a cultura, a língua. Então, é melhor viajar tranquilo. E não é caro, vale a pena. Leia tudo o que escrevi sobre seguro viagem China.

Um passeio que vale a pena: ver pandas na China. Eu contei tudo ali, como foi e como fazer.

Ônibus na estação Dongzhimen

No metrô, saia pela saída (exit) B. Fora dela, haverá uma parede com mapa, pegue a esquerda. Caminhe em frente alguns metros até avistar, no seu lado esquerdo, a “rodoviária”. Ela fica ao lado do restaurante KFC.

Entre e busque pela plataforma do ônibus 916 (916 快). É importante verificar, ao entrar na estação, que estás te dirigindo para a plataforma norte (north).

Há placas indicando este ônibus 916. Procure o local e aguarde ou já entre, caso ele esteja ali. Confira o número do ônibus no letreiro luminoso na frente do veículo.

Importante: há pessoas oferencendo outro tipo de transporte mais rápido. Não aceite. Entre no ônibus que é mais barato.

Valor do ônibus: RMB 12 por pessoa. Leve trocado, pois o motorista não devolve troco e pague diretamente a ele. Ele pede para colocar numa caixinha de acrílico.

Esta viagem até Huairon District leva em torno de 1 hora e 30 minutos.

Em Huairon, desça no ponto Beidajie, que fica na Huairon North Avenue. O nome do ponto em chinês é 怀柔北大街. Mostre ao ajudante que fica dentro do ônibus indicando as estações, que ele te avisará no momento de descer. Este ponto é o 15 do trajeto, mas caso te percas nas contas e também para garantir, peça ao ajudante para te avisar.

Neste ponto há vários táxis e pessoas te oferecendo transfer. Não aceite. Eles são chatos e ficam do teu lado o tempo todo. Nem responda, nem tente conversar. Ignore.

Último ponto antes de chegar a Mutianyu – Beidajie

Ou vá de táxi, que custa aproximadamente RMB 50, ou vá de ônibus, como fizemos, que custa RMB 3 por pessoa.

Para pegar o ônibus, atravesse a rua e aguarde na parada pelo ônibus H23. Ele poderá estar lotado. Nós fomos grudados na porta, do lado de dentro, claro, kkkkk. O ônibus não chega com tanta frequência, mas para nós foi tranquilo, tanto na ida quanto na volta. Somente o aperto na ida que foi o mais chatinho, mas até rimos bastante.

O nome da parada neste ponto da muralha Mutianyu Roundabout (慕田峪环岛). Mostre a palavra em chinês ao ajudante do motorista para confirmar que pegaste o ônibus certo, ou em caso de necessidade.

A parada é esta da foto abaixo, logo antes de um viaduto alto de trem. Olhe para cima e veja o viaduto em seguida que saberás que ali é a descida. É também o lugar onde a maioria dos passageiros descerão. Mostre o nome da muralha para o ajudante que ele confirmará, se for o caso. Podes mostrar esta frase: ‘’Eu estou indo para a Grande Muralha de Mutianyu (我要去慕田峪长城)”.

Desça, caminhe adiante até a entrada para a compra dos tickets para a Muralha da China, que fica do mesmo lado da rua, à direita.

Agora, caso queiras ir de forma mais tranquila, já comprando on-line e com antecedência, vou te deixar uns links com opções bem interessantes:

  • Traslado de Pequim até Mutianyu e opção de já comprar as formas de subir e descer das quais falo a seguir neste link.
  • Excursão à Grande Muralha com transporte desde Pequim neste link.
  • Excursão de 2 dias e 1 noite com transporte desde Pequim neste link.
  • Passeio de 1 dia com almoço neste link.
  • Grande Muralha em Mutianyu e Túmulos Dinastia Ming com almoço neste link.

Formas de subir e descer a Grande Muralha da China

Há 3 formas de subir e descer a muralha neste ponto. À pé, subir e descer de teleférico ou subir de teleférico e descer de tobogã. Nós escolhemos a última. Descer de tobogã foi muito legal, vale a pena.

Não sugiro subir ou descer à pé, embora seja a forma mais econômica, porque é interessante guardar energia para a caminhada na muralha, que não é leve.

Há duas empresas que operam dois tipos diferentes de teleférico.

Há um teleférico aberto, para duas pessoas, que desce no mesmo ponto de partida do tobogã. Nós compramos este porque é mais barato, mas já te conto porquê vale a pena utilizar o mais caro, claro, se tens disponibilidade. Se não, compre este mesmo. Estamos vivos, hahahaha.

E há o teleférico fechado, vermelho, que desce em outro ponto. Só que este é da outra empresa. Então, comprando a ida com este teleférico e a volta com o tobogã, vais pagar mais caro. Já conto os valores. Mas porque é mais interessante. Porque se caminha menos e se cansa menos. É que ele desce em um ponto mais distante do tobogã e podes iniciar a caminhada por ali até o tobogã, caso queiras descer com ele.

Já indo com a mesma empresa, como fomos, tens que caminhar para conhecer as muralhas e voltar ao mesmo ponto da descida do teleférico para pegar o tobogã. Entendeu? Mas não foi tão terrível e eu faria novamente pela economia. Mas se fores pensar no cansaço, vale a pena subir com o teleférico fechado e descer com o tobogã. Vais caminhar menos.

E caso optes por ir de teleférico fechado ida e volta, terás a mesma questão, de caminhar até um ponto da muralha e ter de voltar pelo mesmo caminho.

Nomes em inglês dos veículos para chegar à Muralha

Do teleférico: cable car

Do tobogã: toboga ou slideway – há placas com os 2 nomes em alguns momentos.

Ah, e já que estás na China, eu sei que vais adorar este post completo que fiz com o que fazer em Shangai. Linda demais!

E também este que fiz sobre o que fazer em Pequim, sei que vai ajudar na tua programação.

Preços para subir e descer a Muralha da China

  • Teleférico fechado somente ida: RMB 100
  • Preço do teleférico fechado, ida e volta: RMB 120
  • Teleférico aberto ida: RMB 100
  • Preço do teleférico aberto ida e volta: RMB 120
  • Subida pelo teleférico aberto e retorno pelo tobogã: RMB 120
  • Subida pelo teleférico fechado e retorno pelo tobogã: RMB 200
  • Entrada para a muralha: RMB 45
  • Ônibus até o teleférico, ida e volta: RMB 15
  • Ônibus só ida ou só volta: RMB 10

Ao comprar os tickets para o teleférico e/ou tobogã, os atendentes já incluem a entrada da muralha e o passe do ônibus, e te entregam todos os tickets juntos.

Onde comprar os tickets para a Grande Muralha

Há alguns guichês neste local da foto. Há empresas diferentes, como te expliquei antes. Busque a que te agrada e compre os tickets. Não aceita cartão de crédito. Leve dinheiro.

bilheteria muralha da china

O lugar da foto acima é onde se vendem os tickets, mais precisamente naquele lugar coberto do canto inferior esquerdo. Aí há também informações e banheiros.

Para pegar o ônibus

Saindo da bilheteria, à esquerda, há placa indicando o ponto do ônibus – bus station. Passe pelas várias barraquinhas de souvenir até chegar ao ponto. Ah, neste local há também restaurantes e lanchonetes, caso a fome aperte na ida ou na volta. Entre as opções, pizza, restaurante vegetariano, Burger King e outros.

Vá até o ponto e pegue o ônibus.

como chegar muralha da china

Na foto acima, o local onde há várias lojinhas.

Para pegar o teleférico

Logo na descida do ônibus, verás uma estrada inclinada para subir. Na primeira entrada à direita, a entrada para o teleférico aberto.

Mais acima encontrarás a entrada para o teleférico fechado.

Na foto abaixo, a rua inclinada que leva aos teleféricos.

Mutianyu muralha da china

Caminhando pela Muralha da China

Ao descer do teleférico, suba até a muralha. Á tua direita, o ponto mais difícil e inclinado. Deve também ser lindo, mas optamos por ir à esquerda, um pouco mais leve. À esquerda é também o caminho para o teleférico fechado.

Claro, se comprares o ticket para subir com o fechado e descer com o tobogã, então deves caminhar para a esquerda. Deves não. Vamos dizer que não há regras. Falei assim para poupar as tuas pernas, mas podes ou deves caminhar para onde quiseres, heheheh. Depende da tua disposição.

Caminhe, tire muitas fotos, aprecie o visual fora da muralha, dentro, por todos os ângulos. É demais! Difícil descrever aqui. Só indo mesmo

Para ficar mais confortável

Primeiro, vá de tênis confortável. Roupas também. Caso não seja inverno ou dia de muito frio, mas esteja fresco, sugiro ir de manga curta e levar um casaquinho. Nós fomos no outono e estava assim, fresco em Pequim – em torno de 15 graus. Porém, foi bom ter ido de manga curta, pois tinha sol e a caminhada fez esquentar. 

Leve água ou compre pelo caminho. É importante beber de vez em quando.

Leve também algum lanchinho leve, caso a fome bata e para repor energia.

Lá na muralha, em alguns lugares, há lojinhas que vendem água, lanche, sorvete. Caso não tenhas levado, fique tranquilo.

Faça paradinhas estratégicas pelo caminho para respirar e descansar. Passe protetor solar e vá com disposição. Será inesquecível!

passeio muralha da china

Há lojas em alguns locais na muralha, como a indicada nesta placa acima.

Lojas no caminho para o ônibus

Há várias com vários produtos e souvenirs, petiscos e água. Mas eles são exploradores. Eu perguntei o valor de uma água na ida e a vendedora me disse que custava RMB 10. Eu fiz cara de caro, ela me ofereceu outra por RMB 4! E o ímã de geladeira? Ela me disse que custava RMB 45! Reclamei, ela perguntou quanto eu pagava. Eu disse que RMB 10. Fechado! Olha só a diferença. Então, faça cara de assustado, faça que irá sair sem comprar que eles negociam e perguntam quanto queres pagar. 

grande muralha da china

Horários de visitação da Muralha da China

  • Do teleférico: das 8h às 17h30min.
  • Do ônibus interno até o teleférico e retorno: alta temporada de 16 de março a 15 de novembro, das 7h20min às 19h. Baixa temporada, de 16 de novembro a 15 de março, das 8h20min às 18h.
  • Da bilheteria: a partir das 7h30min.
  • Dos ônibus para Pequim: H23 até Huairou District – na placa dizia até às 19h, porém, a atendente da muralha falou que seria até às 17h. Eu imagino que seja outro até porque o valor é diferente. Porém, é melhor garantir e sair cedo da atração. Qualquer imprevisto, tome um táxi.
  • 916 até Pequim: até 18h50min.

VAIS AMAR ESTE TOUR GASTRONÔMICO DE COMIDA CHINESA.

Passeios e atrações em Mutianyu, Jinshanling, Badaling e Simatai

Caso tu queiras conhecer outros pontos da Muralha da China, bem, não fomos, mas nestes links que vou deixar para ti a seguir há opções bem legais de passeios e translados.

  • Veja opções de passeios e atrações on-line em Mutianyu clicando aqui.
  • Passeios e atrações on-line em Jinshanling: clique aqui.
  • Atrações e passeios on-line em Badaling: clique aqui.
  • Veja opções de passeios e atrações on-line em Simatai clicando aqui.
  • Caminhada de Jiankou a Mutianyu neste link.

Retorno a Pequim

Retornamos com o mesmo ônibus H23, porém a parada fica do outro lado da rua. Há uma placa com os números dos ônibus que param ali. Ah, neste ônibus há um cobrador. É preciso pagar e pegar os tickets com ele. Levamos trocado.

Descemos na estação Beidajie, que fica na Huairon North Avenue. O nome do ponto em chinês é 怀柔北大街. Peça para o cobrador te avisar. A viagem durou aproximadamente 20 minutos.

Neste ponto, pegue o ônibus 916 até a estação Dongzhimen, 东直门交通枢纽 em chinês. Qualquer coisa, é só mostrar este nome para o motorista ou o ajudante.

Já em Pequim, na volta, o ônibus para fora da rodoviária, mas bem ao lado da entrada.

Eu coloquei os nomes em chinês das partes importantes e principais como pontos de ônibus, porque a maioria das pessoas não fala inglês. Mas mostrando estes nomes, ajuda bastante com a mimica, heheh.

Espero ter te ajudado. Fiquei feliz demais neste lugar. Quero muito que tu fiques também. Depois, me conta como foi o teu passeio até a Muralha da China e o que sentiste, ok? Grande abraço.

Como chegar a Mutianyu

Assista nosso vídeo e conheça um pouco mais a Muralha da China:

Planejar a própria viagem é uma forma de ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e ajuda a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Aéreo: Passagens Promo 

Outras informações para reservar tudo sozinho: monte a tua viagem sozinho 

Michela
Michela
Curtidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.