Logo Mapa Na Mão

O que fazer em Chengdu, China – guia completo

publicado em: 14/01/2020 atualizado em: 14/01/2020

Chengdu é a capital da província de Sichuan e fica no centro-sul da China. É uma cidade enorme, com mais de 14 milhões de habitantes. Uma mistura de prédios e centros de compras enormes com locais que ainda preservam a tradição chinesa passada, como ainda quero te contar mais neste post com sugestões de o que fazer em Chengdu.

É também a terra dos pandas. E como eu sou simplesmente apaixonada por esses peludos, além de Xangai e Pequim optamos por incluir Chengdu em nosso roteiro e desbravar um pouco mais este enorme país. E Chengdu não tem só pandas não. É uma cidade vibrante.

Querido leitor – DESCONTO de 10% só aqui no blog:
O seguro viagem não pode faltar na tua viagem, mesmo para as nacionais. Uma doença, um acidente, a perda da mala, o cancelamento do voo, podem estragar as férias. E o seguro não é caro. Por isso, vale a pena.
* Brasil: aproximadamente 5 reais por dia.
* Europa: aproximadamente 20 reais por dia.
** Clique aqui e faça a cotação do seguro, sem custo. Este link já garante 10% de desconto aos leitores do Mapa na Mão.

Agora vou te falar o que fizemos em Chengdu e o que mais é possível fazer para aproveitar bem a cidade. É que não conseguimos vencer nosso roteiro por causa do cansaço, mas se tiveres mais tempo que nós, fica aqui como dica.

Antes, quero te convidar a assinar nossa newsletter e receber e-mails atualizados com todas as novidades e promoções do blog. Não quer mais receber? Simples, é só sair da lista a qualquer momento. Deixe seu e-mail no campo abaixo. Não compartilhamos seus dados com ninguém, pode ficar tranquilo.

Chengdu

Nós chegamos de Shangai em nosso hotel em Chengdu por volta das 14 horas. Estávamos mortos de cansados e optamos tomar um banho e descansar um pouco. Saímos somente para jantar, caminhar pela proximidade do hotel e ir ao mercado. Então, este meio dia nem inclui no roteiro. Como ficamos mais 2 dias inteiros, vou contar o que fizemos nestes dois dias agora. Mas se tens mais dias na cidade, vou deixar outras opções de passeios também. Assim, podes montar o teu roteiro de o que fazer em Chengdu da forma que tu mais preferir.

Mas antes de aproveitar este roteiro, é importante ler estas 17 dicas da China que escrevi, para aproveitar muito melhor o país. Assim, vai ficar mais fácil entender e aproveitar a viagem.

E já que vais para a China, vais amar ler o que escrevi:

O que fazer em Pequim

Muralha da China

O que fazer em Shangai

Visto para China

Comida chinesa

Onde se hospedar em Chengdu

Antes de passar as atrações, acho legal já te mostrar onde nos hospedamos e também onde há outras opções interessantes para ficar. Isso porque deve ser planejado com antecedência para escolher o melhor custo x benefício.

Nós ficamos no Zhongtie Babao Hotel. Neste link é possível reservar este hotel, que é muito agradável e bem localizado. Ele fica próximo ao centro e há muito comércio na redondeza. Há um supermercado bem em frente e o metrô fica a uns 5 minutos de caminhada. Quarto espaçoso e confortável e café da manhã delicioso. E o preço, interessante para os padrões do lugar. E eu adorei que tinha secadora de roupas no banheiro! Nunca tinha visto disto em hotel. Mas vou te deixar outras opções:

  • Cloudatlas Hotel – próximo ao centro, bem localizado, mas sem café da manhã. Nota 8,2. Clique aqui e reserve.
  • Chengdu ManYuan Hotel – ótima localização, café da manhã. Nota 9,3. Clique e confira.
  • Buddha Zen Hotel – um pouco mais caro, com café da manhã, ótima localização e ótima avaliação. Nota 9,1. Clique e garanta.

Agora, caso queiras verificar outras opções, basta clicar no quadrinho laranja a seguir e preencher os dados para ver o que há disponível. Depois, podes usar os filtros como preço mais baixo primeiro, por exemplo, para que apareçam primeiro as opções mais em conta.

Hospedagem em Chengdu

Seguro viagem – indispensável para a China

Antes de começarmos o nosso roteiro de o que fazer em Chengdu, vamos falar de algo muito importante? Eu não viajaria de jeito nenhum para a China sem seguro. Dá uma olhada no que escrevi aqui sobre seguro viagem China. E olha, não é caro. Neste link da Real Seguros encontrei por a partir de 18 reais o dia. E ali ainda consegues 10% de desconto. 

Neste da Seguros Promo, por 20 reais. E usando nosso código MAPANAMAO05 tu ganhas 5% de desconto. Não só vale a pena como é indispensável, pois nunca sabemos o que pode acontecer e não queremos estragar a viagem, não é mesmo? Fica a dica.

O que fazer em Chengdu

Ver os ursos pandas

Acordamos cedo para conhecer o Chengdu Chengdu Research Base of Giant Panda Breeding, um dos mais importante centros de preservação da espécie na China. Cedo, porque os pandinhas ficam mais ativos até umas 15 horas, quando então ficam preguiçosos e buscam mais dormir.

Eu contei tudo como foi este passeio para conhecer os pandas na China aqui. Clique e veja todos os detalhes. Tá bem completo com preços, como chegar e outras dicas.

onde ver panda

Tianfu Square – o que fazer em Chengdu

Esta é a praça central de Chengdu. A praça é bonita, florida e tem como principais atrações os seus chafarizes e a maior estátua de Mao Tse Tung do país. No subsolo da praça, a estação de metrô e lojas. É só encontrar ao centro da praça um monumento em forma de espiral dentro de um círculo aberto, que as escadas que dão acesso a esse espaço estão ali.

No entorno da praça, várias lojas e centros comerciais. Uma rua importante é a Ren Min Dong Lu Road. Aproveite para caminhar nela também.

tianfu square chengdu

Chun Xi Lu Road 

A Chun Xi é uma rua fechada para carros com muitas, mas muitas lojas. Há grifes e lojas populares. Muita gente caminhando, muito agito e barulho de vendedores com seus megafones. Para encontrar no Maps, Chunxi Road. Sente em um dos seus bancos, tome um sorvete e aproveite o vai e vem de pedestres.

ruas de chengdu china

Eu adoro essas ruas fechadas para carros, com lojas e pedestres.

Tianfu Square à noite

Caso queiras ganhar tempo, podes inverter e conhecer antes a Chun Xi para depois ir para a Tianfu e ficar lá até anoitecer. É legal conhecer esta praça tanto de dia quanto de noite, quando ela está iluminada e liga os chafarizes em alguns momentos. Fica bem bonita.

Jinli E Road

Esta é uma rua nas proximidades do rio. Nós procuramos o caminho para pedestres bem ao lado do rio e o percorremos em direção à próxima atração.

A caminhada na beira deste rio é muito agradável.

Chengdu Wu Hou Shrine

O Wu Hou Shrine é um templo, mas o passeio começa no Wuhou, onde há ruelas com lojas e restaurantes. Um lugar lindo com arquitetura antiga, lago e muita gente caminhando, comprando e comendo.

Sentamos para experimentar um abacaxi recheado de arroz e quente, hahahaha. Diferente. Não ruim, nem tão delicioso, mas valeu. Saímos destes becos com lojas para o parque, no mesmo local, com verde, um lago, em direção ao Shrine, o templo.

Como estávamos sem tempo, não entramos na atração que é fechada por um muro e onde se paga 15 yuans por pessoa. Tens tempo? Entre para conhecer as construções e o templo.

o que fazer em Chengdu
templo china

Na foto acima, a entrada para o templo.

People’s Park

Este parque também possui muito verde. Uma vegetação bem densa e bonita. Há lago com peixes e outro lago maior. Mas o que me atraiu para este parque foi o jardim de orquídeas e o jardim de bonsais. Agora, hora do choro, hahaha. Ambos já estavam fechados! Fecham às 17 horas. Ah que tristeza! Mas valeu a caminhada neste refúgio verde no meio da cidade grande. Ah, ainda no People’s Park há casas de chá. Aprecias? Que tal sentar e aproveitar o momento bebendo chá? Tudo a ver com o local.

E para as crianças, um parque de diversões com carrinho de choque, carrossel, mini montanha russa.

E como é um parque frequentado por moradores, vais ver gente jogando um tipo de xadrez, caminhando, praticando esportes e dançando.

chengdu china

Kuanxiangzi – o que fazer em Chengdu

Foi aqui que me apaixonei por Chengdu. Que delícia de lugar! Este é um bairro restaurado para lembrar como eram as ruas antigamente. Arquitetura típica, portas lindas, luminárias, lanternas chinesas, aquelas, vermelhas, e muitas lojas e opções para comer. Além de vendas de comida típica. Ah, para quem está com saudade dos doces mais ocidentais, encontrei o Baguete Paris, uma cafeteria com bolos, tortas, croissants e mais.

E ainda vais encontrar artesãos, uma moça limpando o ouvido dos clientes na rua, hehehe, de uma forma que nunca vi na vida, outros vestidos a caráter servindo chá em uma chaleira diferentona. Enfim, é um lugar para se perder de propósito e esquecer do tempo. Amei!

Fomos à noite e acho que é o melhor momento mesmo, quando há muita gente e tudo está iluminado.

passeio em Chengdu

Extra – Kuan Alley and Zhai Alley

Extra porque está no caminho entre a Kuanxiangzi e a última atração que visitamos, mas não chegamos a ir, porque já era tarde.

Aqui, becos históricos em uma movimentada área de pedestres. Há casas com pátios internos, Hutongs, que não faz parte do estilo arquitetônico da província. Mas isso é devido à ocupação da região originalmente por soldados do norte da China, onde sim esse tipo de arquitetura era comum.

Extra ainda – Wenshu Monastery

Um monastério budista pequeno, em um lugar bonito, tranquilo e cheio de relíquias, segundo pesquisei, pois também não fomos.

Qintai Road

Esta foi a nossa última atração em Chengdu. Uma rua temática antiga com vários restaurantes e lojas. Há também casas de ópera e casas de chá. À noite ela fica toda iluminada e também com lanternas vermelhas acesas. Muito bonita e gostosa de caminhar.

atração em Chengdu

Extra – Wangjiang Tower Park Parking Lot

Segundo pesquisei, trata-se de um local construído para homenagear a poetisa Xue Tao da dinastia Tag. É um lugar com belíssimos jardins chineses e mais de 150 espécies de bambus. Não deu tempo, uma pena.

Extra – New Century Global Mall

Este é o prédio mais largo do mundo, com 1,7 milhões de m2 de área. Também neste prédio, um dos maiores shoppings do planeta com claro, centenas de lojas de grifes internacionais e ainda um parque aquático e pista de patinação no gelo. Queria muito ter ido. Fica para a próxima.

E ainda quero te deixar outras opções de passeios para tu escolheres o que colocar no teu roteiro de o que fazer em Chengdu. Assim, podes incluir o que mais gostas ou tudo, caso tenhas tempo.

Tour gastronômico

Neste tour gastronômico, o grupo visita 5 locais e prova mais de 10 pratos exclusivos e típicos. Ah, o passeio é feito de tuk-tuk. Deve ser muito gostoso e interessante. Clique aqui, confira e reserve para garantir.

Excursão privada de 4 dias a Jiuzhaigou e Tibete

Tens mais tempo na China? Que tal essa excursão de 4 dias por lugares incríveis, saindo de Chengdu? O passeio inclui a visita aos pandas e a outros lindos locais. Inclui também diárias em hotéis boutique com café da manhã. Clique e confira.

Museus – o que fazer em Chengdu

Sanxingdui Museum三星堆博物馆

Fica um pouco retirado, a mais ou menos 40 km do centro de Chengdu. O Sanxingdui Museum apresenta uma das mais importantes descobertas da China antiga. Há uma coleção de objetos de bronze pertencentes ao Reino Shu (Shu Kingdom 221–263d.C).

Chengdu Museum 成都博物馆

Este é o maior museu municipal do sudoeste da China. No acervo, mais de 200 mil peças. Entre elas, pinturas, porcelana, peças de bronze e outras relíquias.

Chengdu Yongling Museum 成都永陵博物馆

Este museu está localizado na rua de mesmo nome, no centro de Chengdu. Os locais gostam muito deste museu, tanto por suas relíquias, quanto pelo visual do parque que há no local, o Yongling Park. O Museu Yongling foi construído sobre os alicerces do Mausoléu de Yongling.

Jinsha Site Museum 金沙遗址 

O acervo deste museu remete à Shu Dinasty. Entre as relíquias, coleção de máscaras, joias e estátuas de animais. O museu foi inaugurado em 2006 e ocupa uma área de aproximadamente 38.000 m2.

Sichuan Museum 四川博物院

Sichuan, a província onde se encontra Chengdu, é considerada a Terra da Abundância por ser rica em recursos naturais e cultura. E este museu é considerado o maior e mais abrangente de Sichuan. Ele conta um pouco da história desta região da China. É o sexto maior museu da China, com cerca de 260 mil itens. Há cerâmica, moedas antigas, pinturas, artesanato, escultura em pedra, produtos de bronze, entre outros.

Atrações e ingressos

No banner abaixo vou deixar outras atrações em Chengdu e arredores. Clica e dá uma olhada. Assim, dá para incrementar ainda mais a viagem.

Internet na China

Muitos sites como o Google e aplicativos como Instagram ou Facebook não funcionam na China. A menos que tu adquiras um VPN. Clique ali para ver tudo o que escrevi sobre o VPN para poder usar a internet normalmente.

O chip já levamos daqui do Brasil para já chegar conectado no aeroporto. Não funcionou maravilhosamente bem, até por causa desta restrição feita pelo governo. Mas conseguimos nos virar com o maps e outros sites. Utilizamos este chip da Easysim4U. Mas há também a venda nos aeroportos, caso desejes comprar lá.

Língua

Mandarim. Dá para se virar no inglês? Sim, mas bem pouco. Neste post com dicas da China eu escrevi também sobre isso. Leve sempre contigo o tradutor no celular que ajuda bastante.

Segurança

Chengdu é uma cidade segura e bem policiada. Em momento algum vimos algo ou nos sentimos inseguros. Sempre cuide dos teus objetos pessoais, como em todo lugar do mundo. Mas caminhamos de dia e de noite pela cidade sem problema.

Transporte público em Chengdu

O metrô de Chengdu é muito bom, limpo, fácil de usar cobre bem as principais atrações. Custa em média de 2 a 4 yuans o trecho. 

Dica: algumas vezes a máquina devolve a cédula. Isto porque não há troco. Então, ou procure outra máquina, ou um atendente ou coloque valor trocado.

Dica 2: além de verificar a linha, a direção e a estação onde vais parar no mapa, preste também atenção à saída que deves procurar para chegar mais perto da atração.

O aplicativo Metroman ajuda demais. É só colocar a estação de saída e a de chegada que o app mostra quais linhas pegar, onde descer, para que direção seguir.

Restaurante vegetariano

Eu não como carne, mas estava com muita vontade de comer comida típica vegetariana. Encontramos bem perto do nosso hotel o Vegetarian Life Style. Na verdade, o local deste restaurante é um edifício com muitos outros restaurantes. Um lugar legal para comer. Eu comi dumplings vegetarianos e o marido, arroz temperado e com cogumelos. 

Esses restaurantes ficam no edifício Platinum Age City, na rua do hotel e o vegetariano fica no terceiro piso.

Viaje por conta própria e economize muito

Planejar a própria viagem é uma forma de ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e ajuda a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Aéreo: Passagens Promo 

Outras informações para reservar tudo sozinho: monte a tua viagem sozinho 

Posts Relacionados

Michela
Michela
Curtidas

Uma resposta para “O que fazer em Chengdu, China – guia completo”

  1. […] o People’s Park, o Kuanxiangzi, a Qintai Road e muito mais. Claro que já escrevi um post com o que fazer em Chengdu e te deixo aqui para ajudar na […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.