Logo Mapa Na Mão
Michela
Michela

O que fazer em Colmar, França – guia completo irresistível

publicado em: 20/06/2019 atualizado em: 14/07/2019

Sabe aqueles lugares que parecem de mentira? Várias vezes me perguntei e até perguntei ao marido e às filhas. Será que essas casas são de verdade ou são de brinquedo, feitas para encantar de propósito? Eu me apaixonei de verdade e foi amor à primeira vista. Que lugarzinho encantador. Nós fizemos um bate-e-volta a partir de Estrasburgo e passamos o dia lá. Por isso, vou te contar aqui o que fazer em Colmar França, em 1 dia. Além disso, ainda vou te dar dicas para um passeio mais econômico. Aproveite para passear comigo por aquelas ruas, ai, ai, lindinhas demais!

Ah, e olha só. Também clique para conferir o post que fiz com dicas e um roteiro bem legal de o que fazer em Estrasburgo. Assim, tu podes aproveitar melhor esta região.

Mas antes de mostrar todas as dicas que tenho de Colmar, França, quero te convidar a assinar a nossa newsletter e receber todas as novidades e promoções do Mapa na Mão. Faça parte desta lista de amigos viajantes:

Onde fica Colmar

Acho legal antes de te contar o que fazer em Colmar França, mostrar onde ela fica. É bom para te situar na história, rsssss.

A França é dividida por regiões. A partir de 2016 elas passaram a se chamar: Altos da França, Auvérnia-Ródano-Alpes, Borgonha-Franco-Condado, Bretanha, Centro-Vale do Líger, Córsega, Grande Leste, Ilha de França, Normandia, Nova Aquitânia, Occitânia, País do Líger e Provença-Alpes-Costa Azul. A Alsácia é uma antiga região administrativa da França que hoje integra a região Grande Leste, juntamente com as antigas Champanha, Ardenas e Lorena.

A região Grande Leste fica a leste da França e faz fronteira com a Alemanha e a Suíça. No mapa abaixo, é esta região em amarelo.

mapa regiões francesas Alsácia

Esta parte em amarelo é a Região Grande Leste, que abrange as antigas Alsácia, Champanha, Ardenas e Lorena.

Colmar fica na região Grande Leste, ainda chamada e conhecida por Alsácia, inclusive nos souvernirs. Esta região tem cultura metade alemã e metade francesa e também é a menor da França. Colmar fica muito próximo da fronteira com a Alemanha, a uns 20 km de distância. E a influência alemã é percebida na arquitetura e outros costumes. As principais cidades da Alsácia são Estrasburgo e Colmar.

Como chegar em Colmar França

Carro

Uma das maneiras que acho mais confortáveis e interessantes de se conhecer muito lugares é de carro. O carro mostra o caminho, a região. Te ensina a te localizar. É confortável por te levar aonde tu quiseres. Mas nem a todos os lugares é aconselhável ir de carro. Porém, a região da Alsácia é uma delícia e alugar um carro para conhecê-la pode ser uma alternativa bem legal. Foi assim que a filha Ester passeou pela região meses atrás. E o mais interessante para nossos bolsos é que em Colmar há opções de estacionamentos gratuitos. A filha utilizou o Parking Lacarre, que fica na 5 Place Lacarre.

Caso esta seja a tua opção, clique no quadrinho laranja abaixo para verificar valores de aluguel de carros. O legal deste site é que ele cota em várias locadoras e, assim, podes escolher o preço e o carro que mais te agrada. E geralmente há preços bem convidativos.

Verifique o teu carro aqui

Trem

Como estávamos em Estrasburgo e tínhamos pouco tempo para conhecer a região, optamos por ir de trem de Estrasburgo a Colmar. Chegamos pela Gare de Colmar.

O embarque em Estrasburgo fica na estação central da cidade. A estação estava a poucos passos de nosso hotel, o que facilitou bastante nossas vidas.  Tivemos tempo de tomar o café da manhã na padaria mais próxima, como de costume, e na sequência partimos em direção à enorme estação de trem de Estrasburgo.

A compra do ticket foi feito na própria estação de trem de Estrasburgo, sem muitas dificuldades.

Há vários tipos de tickets e passes disponíveis. Podes consultar no site da Companhia de Trens da região de Alsace. Há versões em inglês, francês e alemão. Se tiver dificuldade com a língua, use a opção de tradução automática que está disponível no navegador Chrome. Facilita muito o planejamento!

Neste link tu irás direto às principais informações que interessam para quem procura custos e horários. Copie e cole no teu navegador. Há também um guia em pdf que tu poderás baixar e consultar antes de chegar à cidade, para ficar inteirado do transporte urbano de Estrasburgo.

Para economizar

Há dois ingredientes adicionais que são observados na hora da compra: o dia da viagem e o número de pessoas. Se tu estás acompanhado de amigos ou familiares, ótimo. Tudo sairá mais barato. E melhor ainda se a tua viagem for em um sábado, domingo ou feriado. Foi o que aconteceu conosco.

Fomos a Colmar em um domingo. Compramos o ticket Bilhete de grupo diário ALSA + Alsace, que nos custou 38,10 Euros para o grupo. O preço do ticket possibilitava viagens ilimitadas, o que compreendeu ida e volta a Colmar. Foi a maneira mais econômica e rápida encontramos.

Vou deixar a seguir o pdf com detalhes do transporte público. Espero que ajude no planejamento.

PDF – transporte público

Seguro viagem – item obrigatório

Antes de começarmos o roteiro, acho importante te lembrar que para viagens à Europa, é obrigatório fazer um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros, de acordo com o Tratado de Schengen. Isto é para garantir que terás cobertura em caso de doença ou acidente. E já ouvi relato de pessoas que tiveram que fazer uma cirurgia de emergência, por exemplo, que custaria milhares de euros. Portanto, não dá para ir para fora do país sem seguro. Não esqueças de fazer o teu antes da viagem.

Neste post escrevi tudo sobre seguro viagem – como fazer, porquê fazer, etc. E o valor não é tão alto. Vou deixar dois links abaixo para dares uma olhada. Ambas as empresas fazem cotações em várias seguradoras e podes escolher a cobertura que mais te agrada, além, claro, do preço que cabe no teu bolso. E por experiência própria, há opções com preços bem interessantes.

Ah, olha só, no Seguros Promo, caso seja mais interessante o seguro escolhido, utilize o cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. E caso pagues com boleto, mais 5%. Já com a Real, só clicando no primeiro quadrinho, já aparecerão valores com 10% de desconto.

Pesquise aqui com a Real Seguros       Aqui com a Seguros Promo

O que fazer em Colmar França em 1 dia

Olha só, vou te contar o que fizemos em Colmar em 1 dia, mas caso queiras ficar lá mais tempo para aproveitar a cidade com calma, escolha um lugar para se hospedar e aproveite. Ah, vou deixar mais abaixo dicas de hospedagem, caso esta seja a tua escolha. Mas também vou dar dicas de onde ficar em Estrasburgo, caso queiras fazer como fizemos. Mas então, vamos lá ao que fazer em Colmar.

Gare de Colmar e Place des Six Montagnes Noires

Como chegamos de trem, descemos na estação Gare de Colmar. Ela em si já é uma atração. Esta estação ferroviária possui o mesmo desenho usado na construção da principal estação ferroviária de Gdansk, na Polônia. Por isso, ambos edifícios são considerados gêmeos. Caminhamos da Gare de Colmar até a Place des Six Montagnes Noires. Nesta praça há um monumento – Fontaine Roesselmann – e também bancos para sentar. Além disso, ela está rodeada de casas em estilo enxaimel que são uma graça. Percebi também um restaurante na praça que chama a atenção. Como ainda era cedo, não cheguei a conferir. Mas vou deixar o nome aqui, caso queiras dar uma paradinha básica para comer algo. É o Roesselmann Grill Restaurant.

A caminhada da Gare de Colmar à praça leva em torno de 11 minutos. Mas não tenha pressa.

mapa de Colmar França

Caminhada da Gare de Colmar à Place des Six Montagnes Noires

colmar frança

Place des Six Montagnes em Colmar

Little Venice e Rue de la Poissonnerie

Da Place des 6 Montagnes Noires, caminhamos até a Little Venice pela rua chamada Rue da la Poissonnerie. Para mim, o ponto forte do passeio. Esta rua e esta região é lindinha demais. Há canais e casas que são uma graça. Sim, este lugar em especial parece de brinquedo. Sem pressa, aprecie cada detalhe das casas, o capricho da rua, os canais que dão um charme especial ao lugar.

turismo em colmar

Venice colmar frança

Little Venice com seus canais charmosos

Marché Couvert

Ali na região fica o Marché Couvert – o Mercado Municipal coberto. Caminhe até ele e entre. Eu adoro mercados públicos. Ele é pequeno, mas vale a pena. Há lojas de doces, temperos, frutas e verduras, rotisserie, e outros produtos comuns em mercados deste tipo. Prove a bomba (eclair) na Moelleux Généreux, se és formiga, que nem eu, heheh.

atrações colmar frança

Rue des Tanneurs

Do mercado, caminhe para a Rue des Tanneurs. Como em toda a região, a rua é uma graça. Casas, floreiras, o canal em uma parte, ai, ai, tudo é lindo! E aproveite nesta rua a Boulangerie Patisserie L’Artisane e a creperia ao lado. Hum, delícia! Eu sei que a gente acabou de comer uma bomba no mercado né, hahahaha. Mas se couber ainda alguma coisa ou a fome bater, aproveite as guloseimas. É muita coisa linda e maravilhosa. A vitrine é de morrer, ehehehe. Bolinhos, tortinhas, suspiros de vários sabores, eclair, sanduíches, biscoitos, uia saudade.

o que fazer em colmar

ruas de colmar

Place de L’Ancienne Douane

Caminhe rumo à Place de L’Ancienne. Neste cantinho delícia há fonte com estátua, restaurante com mesas na rua e, claro, sempre os casarões lindos em estilo enxaimel. Também vais encontrar lojas de souveniers nesta região e no caminho para o próximo ponto.

atrações turísticas colmar

roteiro colmar frança

Place de L’Ancienne Douane

Grand Rue

No nosso roteiro de o que fazer em Colmar em 1 dia, caminhamos da Place de L’Ancienne Douane até a Grand Rue. Nesta rua encontram-se lojas famosas como a FNAC, a The North Face, Swarovski e outras. E aí tu podes pensar: ah, uma rua de comércio, mais moderna. Nada disso. Continua o mesmo charme com os casarões antigos.

colmar frança

Rue Mangold

No caminho para a rua do próximo item, dá uma paradinha no bequinho da rua Rue Mangold. Uma graça as casas que parecem de conto de fada também.

mapa centro colmar

Place Jeanne D’Arc e Rue Des Clefs

Pela Grand Rue, caminhe até a Place Jeanne D’Arc, que fica no encontro da Rue des Clefs. Na Place, aprecie os detalhes arquitetônicos das construções. E a Rue des Clefs é uma rua também de comércio forte, com lojas também famosas e movimento de pedestres.

ruas centro colmar

rua colmar frança

Rue Des Clefs com comércio e gostosa para caminhada

Place de la Cathédrale – Praça da Catedral e a Catedral

Da Rue Des Clefs, caminhamos pela Rue Étroite até chegarmos à Praça da Catedral. Aprecie a praça e a catedral que é muito bonita. No entorno vais encontrar café, restaurante e confeitaria. Compramos macarons, hum, delícia! To até com vergonha de tanto doce, né? Aproveite e entre na Igreja de St. Martin que tem uma arquitetura bonita e lindos vitrais.

colmar frança alsacia

catedral colmar frança

Rue des Marchands, Rue de L’eau e Place des Martyrs de la Resistance

Contornamos a praça da catedral para chegarmos a Rue des Marchands. Dela, seguimos até a Rue de L’eau, que também é muito bonita e possui lojas de marcas conhecidas como a Guess, Esprit, Desigual, Etam e outras. E então caminhamos até chegar na Place dês Martyrs de la Resistance. Caso queiras um mercado para comprar algo, ali há um Monoprix, rede de mercados famosa na França.

turismo colmar frança

Place 18 du Novembre e Église des Dominicains

Então, caminhamos até a Place 18 du Novembre, onde fica o Teatro Municipal de Colmar e o Museu D’Unterlinden. Este último é mais bonito por fora. Depois retornamos até a Place dês Martyrs para encontrarmos a Église des Dominicains ou Igreja dos Dominicanos, uma bonita construção de pedra. Ali, neste local, ocorre o Mercado de Natal de Colmar. Também fica ali a Place des Dominicains. Terminamos nosso passeio caminhando da Place dês Dominicains até a Gare de Colmar, onde pegamos o trem de volta a Estrasburgo, já ao anoitecer. A caminhada até a Gare leva uns 14 minutos.

alsace colmar france

o que fazer em colmar em 1 dia

No mais, a melhor maneira de aproveitar Colmar França, é se perder no tempo e nas ruas. Apreciar cada detalhe das casas caprichosamente construídas. As flores, os canais, as fontes. As lojas de souvenirs, as de doces. Enfim, sem preocupação, porque não é todo dia que se está na Alsácia, não é mesmo? Agora quero de dar umas dicas para aproveitares ainda melhor a viagem.

Outros passeios em Colmar

Vamos incrementar o roteiro de o que fazer em Colmar? Então vou te mostrar uns passeios que achei bem legal. Se te interessa, clique nos links e reserve o quanto antes para garantir lugar.

  • Excursão de minivan de meio dia às aldeias da Alsácia – confira;
  • Excursão de segway de 2 horas – dá uma olhada;
  • As 4 maravilhas da Alsácia Day Tour de Colmar – olhe aqui.

E no quadrinho abaixo, todos os passeios disponíveis:

Passeios em Colmar

Hotel em Colmar França

Como eu te contei, optamos por dormir em Estrasburgo e fazer um bate-e-volta até Colmar. Porém, se tu tens tempo e queres aproveitar a cidade com calma, uma ótima alternativa é ficar lá mesmo. Vou te

  • Hotel the Originals Colmar Gare $: um hotel com ótimo preço, café da manhã, e próximo à Gare de Colmar. Confira aqui;
  • Ibis Budget Colmar Centre Gare $$: ótima localização, café da manhã não incluso na diária. Confira;
  • Ibis Colmar Centre $$$: bem localizado e com café da manhã incluído. Confira.

Caso queiras verificar todos os hotéis, apartamentos, pousadas em Colmar França, é só clicar no quadrinho laranja abaixo e conferir. Use os filtros como preço mais baixo primeiro, ou as nossas principais escolhas ou que tu desejar para ajudar na pesquisa. E dá sempre uma olhada nas avaliações dos hóspedes. Ajuda bastante na hora de decidir.

Hospedagem em Colmar

Onde ficar em Estrasburgo

Estrasburgo fica a uns 30 minutos de trem de Colmar e a uns 50 de carro. É uma cidade maior, com mais infraestrutura. Neste post eu contei detalhes do hotel onde nos hospedamos e também deixei outras dicas de hospedagem por lá. E caso queiras verificar todas as opções, é só clicar no quadrinho abaixo e reservar com antecedência para conseguir melhores valores:

Hospedagem em Estrasburgo

Internet ilimitada em Colmar

Nós utilizamos este chip da Easysim4U em Colmar França na nossa viagem e funcionou muito bem. O legal deste chip é que funciona em toda a Europa e tu não vais precisar comprar um em cada país, caso vás para outro lugar na mesma viagem. Queres saber todos os detalhes? Leia aqui o que escrevi sobre chip de internet ilimitada para usar fora do Brasil, e decida se vale ou não a pena.

Economizando em Colmar

Por aí é fácil gastar muito. Em euro, mais fácil ainda. Mas também é possível economizar, caso seja necessário. E como gostamos de guardar platas para outras viagens, hehehe, acabamos descobrindo formas de viajar gastando menos. Descobrimos o estacionamento gratuito que te contei mais acima, por exemplo. E também o ticket de trem mais barato. Agora, vou deixar aqui mais umas diquinhas que podem ser úteis.

Onde comer mais barato em Colmar

Nós fomos a um Kebab na Rue Du Nord. Vimos também um na Rue Etroite, perto da igreja St. Martin. Uma maneira de se salvar na hora de economizar e encher o buchinho, é procurando no Google Maps por restaurantes estrangeiros, como kebabs, comida tailandesa, vietnamita ou de outras nacionalidades e também por fast foods que conhecemos no Brasil.

Para teres uma ideia, os sanduíches variavam de 4,50 a 6 euros. O kebab com fritas e bebida, 6,50. O falafel com fritas e salada, 8,00. E a pizza, de 6 a 10 euros.

kebab Colmar França

Dica MnM:

Quando pesquisares restaurante, exemplo, digitando no Maps “kebab”, clique no pin que aparece no mapa que abaixo aparece o nome do restaurante, a nota que vai de 0 a 5 e as estrelas amarelas. Clicando nas estrelas e arrastando para cima, podes ver as avaliações dos clientes. Entramos numa fria em um kebab em Estrasburgo. O proprietário nos enrolou cobrando 6 euros a mais. Tentei questionar, mas ele disse que estava certo. E nas avaliações as pessoas diziam exatamente isso, que ele enganava na hora da cobrança.

Subway em liubliana

Clicando no pin vermelho, aparece a foto abaixo, as estrelas amarelas e a nota. Arrastando para cima, as avaliações dos clientes. Muito útil na escolha.

Meio de se locomover em Colmar

Andar. Sim, a melhor forma de conhecer Colmar é a mais econômica que existe, para a noooossaaa alegria! Caminhe. Caminhando se aprecia com mais calma cada detalhe que esta cidadezinha francesa dos sonhos tem a oferecer. Caminhando se descobre lojinhas encantadoras, confeitarias de deixar qualquer formiga como eu, apaixonada, cores, cachorros passeando de roupinha, becos. Enfim, é de graça e é assim mesmo a melhor maneira de conhecer Colmar França.

Segurança em Colmar

Andamos pela cidade o tempo todo, de dia, de noite, e em momento algum sentimos medo ou insegurança. Colmar é uma cidadezinha pacata. Claro, em todo o lugar do mundo deves cuidar dos teus pertences como celular, bolsa, carteira, câmera fotográfica. Sempre levamos estes objetos na frente do corpo e com cuidado.

Tomada

Pino duplo redondo:

IMG_5056

Clima em Colmar no inverno

É frio em Colmar no inverno. Porém, até achei confortável o frio de lá. Foi bem tranquilo e agradável passear por Colmar França, mesmo no inverno. Anote as dicas do próximo tópico para uma viagem mais confortável e não tenha medo do inverno de lá.

O que levar na mala

Caso tu sejas menina, escrevi aqui sobre malas para viagem – a bagagem feminina perfeita. O legal é que deixei um check list tanto para o inverno, quanto para o verão. Leia ali, imprima a lista, que vai ajudar na hora de arrumar as malas.

Como neste tipo de viagem a gente caminha bastante, leve roupas e sapatos confortáveis.

No verão:

  • Calças leves e confortáveis;
  • Calçados muito confortáveis como tênis, sapatilhas ou até mesmo sandálias boas para caminhada;
  • Blusas ou camisetas leves e de manga curta;
  • Casaquinho, pois podem ter dias mais frescos ou mesmo para usar à noite;
  • Bermudas;
  • Vestidos, caso te agrade;
  • Protetor solar.

No inverno:

  • Calças confortáveis;
  • Blusas de manga longa finas e de lã para colocar por cima;
  • Casacos grossos;
  • Luvas, meias calças de lã ou ceroulas longas para pôr embaixo da caça, gorro, toca ou chapéu e cachecol;
  • Tênis ou botas, de preferência impermeáveis e quentes;
  • Hidratante labial e corporal;
  • Capa de chuva ou sombrinha, principalmente se estás viajando com crianças.

Quando ir a Colmar

Eu não sou assim muito a favor de dizer “olha, vai em tal época para tal lugar”, tirando, claro, lugares com clima inóspito em algumas estações do ano. Isto porque há gosto para tudo nesta vida, não é mesmo? Tem gente que não gosta do frio, então, evite ir para Colmar no inverno que sim, é uma cidade fria. Mas o verão europeu também pode não ser agradável, principalmente porque se anda bastante.

Nós fomos no inverno, como te contei no item acima. Estava frio, sem exageros, mas não deixou de ser uma viagem legal. Caso tenhas disponibilidade financeira e de férias, penso que o melhor clima é na primavera ou no outono, quando ainda não está nem tão quente, nem tão frio. Mas quer um conselho, hahahah? Vá. Anote estas dicas de Colmar, França, e vá de qualquer jeito e em qualquer momento, naquele que for melhor para ti.

Quantos dias ficar em Colmar

Um dia é o suficiente para conhecer a parte principal da cidade, onde fica o centro antigo. Caso tenhas mais dias disponíveis, dois seria o ideal se tu gostas de fazer tudo com calma e conhecer mais detalhes do lugar.

Moeda

Euro. Leve euro em espécie, sempre lembrando que cartões de crédito internacionais são amplamente aceitos no local, mas vais pagar IOF na fatura depois. Aqui neste link podes verificar a cotação da moeda aí na tua cidade e ainda fazer uma proposta com valor menor. Costumo comprar ali, neste link, pois sempre consigo melhores valores que direto na casa de câmbio. Mas lembre de avisar à casa que fizeste a proposta no Melhor Câmbio para que o valor seja mantido e para receberes cupons de desconto de outros produtos via e-mail.

Souvenirs

Não é difícil comprar souvenirs em Colmar, pois há lojas espalhadas em vários lugares.

Língua

Francês, mas dá para se virar muito bem com o inglês. A maioria das pessoas com quem falamos conseguia se comunicar nesta língua. Então, não terás problema em colocar em prática o teu roteiro de o que fazer em Colmar.

♥ ♥ ♥ ♥

Monte as tuas viagens aqui

Agora que tu já sabes o que fazer em Colmar, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 

É só clicar nos quadros logo mais lá abaixo e pesquisar. Vou te deixar umas dicas:

Hotel ou apartamento: o Booking buscará opções para o lugar pesquisado e podes comparar preços e qualidade. Uma dica: dê uma olhada nas avaliações dos hóspedes antes de escolher. Ah, podes ainda fazer uma reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Então, garanta a tua reserva agora mesmo!

Aluguel de carro: site irá buscar os melhores preços em diversas locadoras. Podes pagar em real, sem a cobrança do IOF. Vais garantir carros mais baratos alugando com antecedência. Ainda, podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: olha só, com a Seguros Promo, utilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. É legal cotar nas duas empresas (Real e Seguros Promo) para escolher o melhor. Ah, e por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências, isso porque eles cotam em várias seguradoras. O pagamento pode ser em até 12 parcelas no cartão ou com mais desconto no boleto.

E mais…

Chip para celular: chegue tranquilo com o celular funcionando no teu destino. Comprando pelo link do Mapa na Mão, é só incluir o código de cupom RBBVGRATIS e não vais pagar frete!

Passeios e atrações pelo mundo afora: compre antes da viagem para evitar filas, o término dos tickets e surpresas no orçamento. Temos 3 parceiros ali abaixo: Get Your Guide, Tiqets e Touron. Clique e confira!

Câmbio (compra de moeda): faça uma proposta para a agência de câmbio da tua cidade. Caso ela aceite a proposta, vais receber um e-mail confirmando. Corra para finalizar a transação e garantir o valor. Então, confirme que queres finalizar a compra através da proposta feita no site Melhor Câmbio.

Aéreo: no link do Passagens Promo costuma aparecer umas promoções bem interessantes. Bora voar?

Posts Relacionados

Curtidas

4 respostas para “O que fazer em Colmar, França – guia completo irresistível”

  1. Avatar Maria Rita Gandara Corrêa disse:

    Oi Michela?’ Adorei suas dicas! Estamos a caminho de Colmar( devemos chegar em4 hrs- saimos de Avignon ). Vou repassar o seu site para amigos, é mto bom mesmo! Parabens👏😘

    • Avatar Mapa na mão disse:

      Ah, que delícia Maria. Bem, como somente li hoje o comentário, já deves estar por aí passeando, né? Ai, que inveja maravilhosa! hehehehe. Boa viagem! Obrigada por indicar para os amigos. Beijos, Michela.

  2. Avatar Maria Rita Gandara Corrêa disse:

    Amei seu Blog!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.