Logo Mapa Na Mão

O que fazer em Madri – as melhores atrações e bate-voltas

publicado em: 29/05/2020 atualizado em: 29/05/2020

O que fazer em Madri, uma das capitais mais vibrantes da Europa? Para mim, este post e este destino são especiais porque foi onde pisei na Europa pela primeira vez. Por isso quero te passar a empolgação que é conhecer a capital espanhola e sei que vais querer planejar uma viagem até lá.

E além de um roteiro super bacana de o que fazer em Madri em 3 dias ou mais, ou menos, se for da tua vontade e disponibilidade, vou deixar outras dicas interessantes para uma viagem bem legal e tranquila. Inclusive um transporte muito barato para usar na Europa, lá no final.

Querido leitor – DESCONTO de 10% só aqui no blog:
O seguro viagem não pode faltar na tua viagem, mesmo para as nacionais. Uma doença, um acidente, a perda da mala, o cancelamento do voo, podem estragar as férias. E o seguro não é caro. Por isso, vale a pena.
* Brasil: aproximadamente 5 reais por dia.
* Europa: aproximadamente 20 reais por dia.
** Clique aqui e faça a cotação do seguro, sem custo. Este link já garante 10% de desconto aos leitores do Mapa na Mão.

Antes de o que fazer em Madrid, quero te convidar a assinar nossa newsletter e receber e-mails atualizados com todas as novidades e promoções do blog. Não quer mais receber? Simples, é só sair da lista a qualquer momento. Deixe seu e-mail no campo abaixo. Não compartilhamos seus dados com ninguém, pode ficar tranquilo.

E como estamos falando em Espanha, vais amar ler também o que fazer em Montserrat. Já ouviste falar? Pois é um lugar que vale muito a pena. Deixa aberto em outra aba e dá uma conferida depois!

O que fazer em Madrid – as melhores atrações

Eu vou te deixar uma lista com as melhores atrações de Madri. Assim, tu podes organizar o teu roteiro da maneira que te agradar. Com estas dicas, dá para organizar um roteiro de o que fazer em Madri em 3 dias ou 4, ou mais, ou menos. Basta tirar alguma atração ou incluir todas, ou conhecê-las mais lentamente. E ainda vou te deixar uma sugestão de bate-e-volta imperdível. Eu amei muito, mas muito mesmo aquele lugar. Te conto mais abaixo.

Ah, e como hospedagem em euro não costuma ser muito barata, heheh, já quero te deixar um tópico para ires pesquisando as opções o quanto antes. É que quanto mais cedo fizeres as reservas, que podem ser canceláveis, caso haja um imprevisto, maiores as chances de encontrares preços mais interessantes.

Onde se hospedar em Madri

Nós nos hospedamos no Hotel Avenida Gran Via e recomendo. Clique aqui para ver o hotel e valores. E por que recomendo? Esta localização é fantástica, muito perto da avenida famosa chamada Gran Via. O quarto do hotel também é ótimo. Baratíssimo? Não. Mas pela qualidade, o valor vale a pena e não é tão caro.

Outras opções interessantes na região central:

Caso queiras pesquisar muitas outras opções, clique no quadrinho laranja a seguir. Há filtros para ajudar na procura, como por exemplo, o Preço mais baixo primeiro. Não esqueça de olhar as avaliações dos hóspedes.

Hospedagem em Madri

O que fazer em Madri – Gran Via

A melhor maneira de começar o roteiro de o que fazer em Madrid é caminhando pela Gran Via, avenida símbolo da cidade. Esta avenida é linda e tiramos belas fotos, de dia e de noite. Sim, vá nos dois horários e te apaixone.

Podes começar a caminhada perto da estação Callao do metrô, em direção ao Edifício Metropolis. Este local deste edifício é muito fotogênico. Ele aparece em destaque ali na primeira foto, viu?

Destaque para os Edifícios Capitol, de 1931 e Grassy, de 1917. Aproveite também as lojas famosas como Adidas, H&M, Primark (que tem preços maravilhosos) e a loja oficial do Real Madrid.

Siga até a Calle Alcalá para conhecer o Edifício Metropolis do qual já falei acima e suba no Círculo de Bellas Artes. No terraço deste centro cultural, há um mirante e um bar. Fica aberto o dia todo e a vista é linda demais.

Círculo de Bellas Artes de Madrid
  • Endereço: Alcalá 42.
  • Horários:
    • Terraço (Azotea): abre diariamente
    • De 2ª a 5ª, das 9h às 2h; 6ª, das 9h às 2h30; sábados, das 11h às 2h30; domingos, das 11h às 2h.
  • Ingresso: 4 euros

Puerta de Alcalá

A Puerta de Alcalá está situada no centro da Plaza de la Independencia. É uma das cinco antigas portas reais que davam acesso à cidade. Foi inaugurada em 1778 e construída por ordem de Carlos III. É um lindo arco em estilo neoclássico, feito em granito. É cartão postal de Madri e rende lindas fotos. Por isso, não deve ficar de fora do roteiro de o que fazer em Madrid.

puerta de alcala madri

Parque del Retiro – o que fazer em Madri

Bem ao lado da Puerta de Alcalá fica o Parque del Retiro. Este parque possui 10 portões de acesso em sua volta. Podes escolher entrar pela Puerta de Felipe IV. Assim, vais já te encantar com um lindo jardim em estilo francês. Caminhe em direção ao Estanque Grande del Retiro, o lago artificial símbolo do parque. Ali é possível alugar barquinho a remo. Aproveite este momento em meio à natureza e relaxe.

o que fazer em Madrid

Madrid de los Austrias – o Centro Histórico

Se fores de metrô, salte na estação Ópera e contorne o Teatro Real, chegando no Palácio Real para iniciar o passeio pelo Bairro Madrid de los Austrias, onde fica o Centro Histórico.

Palácio Real

Foi construído em meados do século XVIII e não é tão antigo como os prédios desta região. Mas é lindo, por fora e por dentro. Caso consigas, entre. O interior é suntuoso e guarda acervo de arte da família real, além de uma bela coleção de armaduras. É possível visitar a cozinha do palácio. Os monarcas não utilizam este palácio como residência, mas o Palácio da Zarzuela. Mas o Real é ícone do país e não pode ficar de fora do roteiro de o que fazer em Madri.

  • Endereço: Bailén, s/n.
  • Ingresso: inteira, 10 euros. De 5 a 16 anos, 5 euros. Menores de 4 anos, entrada gratuita.
  • Horários: de outubro a março, das 10h às 18h. De abril a setembro, das 10h às 20h. Fechado em 1º e 6 de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro. Horário reduzido em 12 de outubro, 24 e 31 de dezembro.
  • Maiores informações no site.
palacio real Madrid

Jardins de Sabatini

Na lateral do Palácio Real ficam os Jardins de Sabatini. O mais legal de tudo, é grátis, hehehe.

  • Endereço: Bailén 2.
  • Horários: Abre diariamente. De outubro a abril, das 9h às 21h. De maio a setembro, das 9h às 22h.

Catedral de Almudena

Do lado oposto aos jardins fica a Catedral de Almudena. Ela pode ser visitada a 1 euro, mas é mais bonita por fora. Então, fica do teu agrado.

  • Endereço: Bailén 10.
  • Horários: de outubro a junho, das 9h às 20h30. De julho a agosto, das 10h às 20h.

Plaza de la Villa

A Plaza de la Villa é um dos lugares mais bonitos da cidade. Impossível deixar de fora do roteiro de o que fazer em Madri. Caminhe sem pressa pela Calle del Codo, uma rua estreita em forma de cotovelo. Imagine estar na Madri medieval agora. A Casa de Lujanes, que fica na Plaza de la Villa 2-3, é a mais antiga, do século XV. Ao redor da praça ainda é possível apreciar a Casa de Cisneros, na Plaza de la Villa 4, do século XVI, e a Casa de la Villa, do fim do século XVII. Esta fica na Plaza de la Villa 5. Esta última foi sede da prefeitura até 2008. Contorne a Casa de Cisneros e chegue na Calle del Cordón. Ali vais encontrar a loja de doces El Jardín del Convento, hummm.

Mercado de San Miguel

Amo, mas amo demais visitar mercados públicos por aí. Este é inesquecível, pois foi o meu primeiro na Europa. O Mercado de San Miguel é um complexo gastronômico com menos barracas de frutas e mais de comidinhas. Prove as famosas tapas ali. E se amas mercados como eu, inclua este no roteiro de o que fazer em Madri e seja feliz.

Plaza Mayor

Esta praça é ícone e monumental. Preste atenção nos arcos de acesso e no afresco da Casa de la Panadería. O carinha no cavalo é Felipe III, o monarca que encomendou a praça querendo que fosse mais à altura da nova sede da corte, há 400 anos atrás. Na Plaza Mayor também vais encontrar muitos artistas de rua e pessoas fantasiadas querendo tirar fotos em troca de dinheiro.

Caminhe até a Chocolatería San Ginés, que fica na Pasadizo de San Ginés 5. Ali, aproveite um chocolate quente com churros, uma delícia típica da cidade.

plaza mayor madrid

Puerta del Sol – o que fazer em Madri

A Puerta del Sol é considerada o coração da cidade. Por isso, inclua no teu roteiro de o que fazer em Madri. Ela tem um formato de semi círculo. Sabes aquela estátua de bronze do Urso, que é símbolo de Madri? Então, fica nesta praça. A estátua se chama “El Oso y El Madroño”.

Além disso, a Puerta del Sol marca o km zero da Espanha. Inclusive, há uma placa na praça com essa indicação. Há 6 rodovias que começam justamente nesse ponto.

Na Puerta del Sol ainda se encontram vários bares e restaurantes. É um local muito agradável de caminhar. E nos arredores, lojas famosas como El Corte Inglés, H&M e Zara.

puerta del sol o que fazer em Madri

Plaza España

A Plaza de España é bela e vale a visita. Aprecie o Edifício España, em estilo neo-barroco. Por vários anos foi o mais alto do país. A praça também conta com o obelisco em homenagem a Miguel de Cervantes, o mais famoso escritor espanhol. E em frente ao obelisco, a estadual de Dom Quixote e Sancho Pança, que representam a obra mais importante do escritor.

Barrio de Las Letras

Barrio de Las Letras é um dos bairros mais bonitos de Madri. Nas ruas, sebos, bares, restaurantes e tabernas à moda antiga Um sebo imperdível é a Librería Miguel Miranda. Não deixe de caminhar pela Calle Huertas e passar na Plaza de Santa Ana. Caso dê, aproveite para comer neste bairro. Ele fica entre o centro histórico e o Museu do Prado, então, dá para conciliar com os dois o passeio.

Museus em Madri – o que fazer em Madri

Museu do Prado

Este museu seria o mais importante, caso não curtas muito museus ou tenhas pouco tempo. É a casa da coleção de arte da família real espanhola. Ele é enorme e caso não queiras ficar muito tempo ali, tente não perder “As Meninas” de Velázquez, “O cavaleiro com a mão no peito” de El Greco e as duas versões de “Maja” de Goya.

Tu consegues verificar outros passeios em Madri e também comprar ingressos para o Museu do Prado aqui com a Hellotickets. Evite filas e compre com antecedência.

Para chegar ao Museu do Prado de metrô, salte na estação Banco de España. Saia da estação e caminhe passando pela fonte e pelo Palácio de Cibeles, onde fica a sede da prefeitura. Siga pelo Paseo del Prado para chegar ao museu. Só esta caminhada já é um passeio que vale a pena.

  • Endereço: Felipe IV s/n.
  • Horários:
    • De segunda a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 19h.
    • Fechado em 1º de janeiro, 1º maio e 25 dezembro.
    • Horário reduzido em 6 de janeiro, 24 e 31 dezembro, das 10h às 14h.
  • Ingresso:
    • 15 euros (7,50 euros para 65+; grátis para menores de 18)
    • Grátis de segunda a sábado, das 18h às 20h e domingos e feriados, das 17h às 19h.

Thyssen-Bornemisza

O Thyssen-Bornemisza é o mais novo e com acervo mais eclético entre os três famosos museus de Madri. A visita é uma aula de História da Arte, que começa na Idade Média e vai até o século XX. No acervo, obras de Dalí, Degas, Caravaggio, Rembrandt, Hopper, Lichtenstein e outros. A lojinha é imperdível. Aproveite para dar uma espiada.

De metrô, salte na estação Banco de España.

Reina Sofía

Reina Sofía é a casa de Guernica. O prédio principal já é uma atração. Ali funcionou um antigo hospital. A coleção aborda desde as grandes guerras mundiais, à guerra civil espanhola e o nosso mundo atual. Há também exposições temporárias. Entre os artistas, Dalí, Picasso, Miró, Tàpies entre outros. 

De metrô, salte na estação de Atocha. E aproveite para conhecer esta estação. Olha, vale a pena incluir no roteiro. A estação Atocha foi projetada pelo arquiteto espanhol Alberto Palacio, com a ajuda de Gustave Eiffel, sim, esse mesmo que projetou a Torre Eiffel de Paris. Lá dentro há um jardim tropical sempre verde.

Dica Mapa na Mão: estes dois últimos museus ficam entre o Parque del Retiro. Então, caso queiras visitar os dois, é possível aproveitar num mesmo dia, incluindo o parque entre as visitas.

Real Madrid

És amante de futebol? Tens tempo na cidade? Então, inclua no roteiro de o que fazer em Madri uma visita ao museu do Real Madrid, que fica no estádio Santiago Bernabéu.

Tour Bernabéu é interativo e tecnológico. Para quem gosta de futebol, imperdível.

É possível e fácil chegar ao estádio de metrô ou de ônibus. De metrô, salte na estação Santiago Bernabéu. De ônibus, as linhas mais úteis serão a 27, 40, 147 e 150.

La Latina – o que fazer em Madri

La Latina é o bairro mais boêmio de Madri. A rua Cava Baja é famosa com seu corredor de barzinhos. Se possível, aproveite o horário do almoço para te encantar com o colorido das fachadas. Aos domingos e também nos feriados, acontece o mercado El Rastro, das 9h às 15h, com antiguidades e artesanatos. Nestes dias, a rua ferve. Em geral, os bares abrem às 13h e fecham às 16h, isto no turno do almoço. Aproveite também para degustar as faladas tapas.

Bate-volta até Toledo

Como não amar a primeira cidade medieval que conheci na vida? E não é para menos. Toledo é linda demais! Separe um dia ou, no mínimo, parte de um dia para caminhar sem pressa por aquelas ruas estreitas. Aprecie as construções, as lojas, os restaurantes. Depois me conta se não vale a pena. Ah, saudade…

Outros bate-voltas interessantes, mas que ainda não fiz, são a Ávila e a Segóvia. Então, caso tenhas tempo, fica a dica.

É possível ir de trem ou contratar uma excursão no site da Hellotickets.

toledo Espanha o que fazer em Madri

Quantos dias ficar em Madri

O ideal seria no mínimo 3 dias. Se puderes ficar 4 ou 5, melhor ainda para aproveitar o melhor e com mais calma.

O que fazer em Madri em 3 dias

Caso tu só consigas ficar 3 dias em Madri, sugiro que escolhas, entre as opções que falei acima:

  • Gran Via
  • Puerta de Alcalá
  • Centro Histórico
  • Puerta del Sol
  • Museu do Prado
  • Bate-volta até Toledo

Seguro Viagem – obrigatório na Europa

Para viagens à Europa, é obrigatório fazer um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros, de acordo com o Tratado de Schengen, isto para garantir que terás cobertura em caso de doença ou acidente. E já ouvi relato de pessoas que tiveram que fazer uma cirurgia de emergência, por exemplo, que custaria milhares de euros. Portanto, não dá para ir para fora do país sem seguro. Não esqueças de fazer o teu antes da viagem.

Neste post escrevi tudo sobre seguro viagem – como fazer, porquê fazer, etc. E o valor não é tão alto. Vou deixar dois links abaixo para dares uma olhada. Ambas as empresas fazem cotações em várias seguradoras e podes escolher a cobertura que mais te agrada, além, claro, do preço que cabe no teu bolso. E por experiência própria, há opções com preços bem interessantes.

Ah, olha só, no Seguros Promo, caso seja mais interessante o seguro escolhido, utilize o cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. E caso pagues com boleto, mais 5%.

Pesquise aqui com a Real Seguros        

Aqui com a Seguros Promo

Como se locomover na Europa mais barato

A dica que quero te dar agora é mais do que especial. Nós sempre pesquisamos a maneira mais fácil e barata de se locomover entre países ou mesmo cidades na Europa. Olhamos trem, avião, carro e ônibus. Muitas vezes usamos o carro por querer fazer algo diferente. Mas temos usado com frequência o ônibus também, inclusive para viagens mais longas. Tem sido muito econômico. Clica no banner da Flixbus abaixo para ver valores. Confiamos nesta empresa que já usamos a um bom tempo.

* Publipost

Viaje por conta própria e economize muito

Planejar a própria viagem é uma forma de ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e ajuda a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Aéreo: Passagens Promo 

Outras informações para reservar tudo sozinho: monte a tua viagem sozinho 

Michela
Michela
Curtida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 16 anos e estou no terceiro ano do ensino médio. Gosto muito de ler, desenhar, pesquisar e, é claro, viajar. Quando viajo, procuro sempre conhecer a história do local. Ser fascinada por esse aspecto explica o meu grande sonho: visitar o Egito e conhecer um pouco mais dessa civilização antiga.

Eu sou a Ester. Tenho 28 anos e sou médica. Moro em Florianópolis, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.