Logo Mapa Na Mão

O que fazer em Mariana em um dia: as 14 melhores atrações

publicado em: 26/09/2021 atualizado em: 26/09/2021

Saber o que fazer em Mariana vai te ajudar a aproveitar o melhor que esta pequena cidade histórica mineira tem a oferecer.

E aqui eu listei 14 atrações imperdíveis na cidade, que são possíveis de conhecer em um dia. Mas caso queiras fazer tudo com calma, aproveitar a noite para um jantar pela cidade, talvez acrescentar mais um dia ou meio seja o ideal.

Aproveite Mariana, uma das principais cidades do circuito histórico de Minas Gerais e um lugarzinho que ganhou o meu coração. E aproveite as minhas dicas aqui. Espero te ajudar 🙂

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Ouro Preto – mais de 20 atrações incríveis

Antes de te contar o que fazer em Mariana MG, que tal assinar a nossa newsletter e fazer parte da lista de amigos viajantes recebendo todas as novidades do Mapa na Mão. É só colocar o teu e-mail a seguir:

🌎 SEGURO VIAGEM: querido leitor – DESCONTO de 10% só aqui no blog:
O seguro viagem não pode faltar na tua viagem, mesmo para as nacionais. Uma doença, um acidente, a perda da mala, o cancelamento do voo, podem estragar as férias. E o seguro não é caro. Por isso, vale a pena.
* Brasil: aproximadamente 5 reais por dia.
* Europa: aproximadamente 20 reais por dia.
** Clique aqui e faça a cotação do seguro, sem custo. Este link já garante 10% de desconto aos leitores do Mapa na Mão 🌎

Onde ficar em Mariana

Antes de te contar o que fazer em Mariana, preciso te mostrar onde ficar por lá. Porque como esta região é turística, é bom reservar com antecedência a tua hospedagem para ter mais opções e melhores preços. Não tens ainda certeza da viagem? Reserva com cancelamento grátis para garantir.

Nós ficamos em Ouro Preto que fica a 14 km de distância e possui uma infraestrutra ótima. Fizemos bate-e-volta para aproveitar Mariana. Mas caso queiras ficar na cidade, vou te deixar as duas opções:

Onde ficar em Ouro Preto

Nós ficamos na Casa do Chá, um charmoso casarão centenário no centro histórico. Clique aqui para ver valores, como é e reservar, se gostar. Eu contei tudo sobre esta pousada aqui neste post de onde ficar em Ouro Preto.

Outras opções:

Hospedagem e Ouro Preto

Onde ficar em Mariana

Agora, para olhar todas as opções de Mariana, clique no quadrinho laranja a seguir. Sempre olhe as avaliações dos hóspedes e para ajudar, use os filtros como preços, localização e outros:

Hospedagem em Mariana

O que fazer em Mariana

Nós iniciamos o passeio bem em frente ao Centro de Atenção ao Turismo. Fica na Rua Direita, 91. E é nesta rua que vamos iniciar o nosso roteiro de o que fazer em Mariana, porque quero que tu já te apaixones de cara, hehehe.

LEIA TAMBÉM: 14 dicas de economia em viagens

Rua Direita

Nós tivemos a benção de ir até Mariana bem no dia do aniversário da cidade, 16 de julho. A Rua Direita estava em festa, uma fofura. Toda enfeitada. Do Centro de Atenção ao Turismo saíam bolinhas de sabão e em frente, artistas vestidos com roupas de época.

Mas mesmo que tu vás em dias normais, esta rua é uma simpatia só, foi a minha preferida na cidade.

Ah, descobri nesta viagem que as ruas mais antigas das cidades históricas eram nomeadas como Rua Direita. Então, elas acabaram se tornando ponto turístico.

Caminhe e observe os casarões antigos, as lojas, os artesanatos, pare no café. Aproveite sem pressa e não deixes de incluir a Rua Direita na tua lista de o que fazer em Mariana, combinado?

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Bichinho MG

rua direita o que fazer em Mariana

Igreja São Pedro dos Clérigos

Esta igreja fica em cima de um monte, então fomos de carro até lá para continuar o passeio olhando Mariana de cima.

É uma igreja em estilo barroco, fundada em 1731 e a construção iniciada em 1752, porém, considerada como uma igreja inacabada, já que o seu interior não está completo. Ela tem um tom terroso e é bonita. É uma das três únicas igrejas barrocas do estado com plano em redondo, característica revolucionária para a época.

Aproveite também o mirante que fica em frente, no estacionamento. Dali é possível ver uma parte do centro histórico.

  • Endereço: Rua Dom Silvério, s/n – Colina de São Pedro.

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Capitólio – MG

igreja São Pedro dos clérigos

Praça Minas Gerais – o que fazer em Mariana

Depois de conhecer a Igreja São Pedro dos Clérigos, estacionamos o carro perto da Praça Minas Gerais e passamos a caminhar pelo centro histórico. Iniciamos, desta vez, pela Praça Minas Gerais, que é cartão postal da cidade.

Também pudera, as duas igrejas que estão nesta praça são consideradas uma das Sete Maravilhas da Estrada Real. Elas foram construídas na mesma época e ficam uma ao lado da outra. Devido a esta peculiaridade e à beleza simples da praça, as igrejas já apareceram em várias novelas.

Nem pensar em deixar a Praça Minas Gerais de fora do roteiro de o que fazer em Mariana, beleza?

  • Endereço: a Rua João Pinheiro passa em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Nela está situada as quatro atrações a seguir:

LEIA TAMBÉM: o que fazer em Tiradentes – guia completo

Igreja Nossa Senhora do Carmo

Nós entramos e vimos um folder que contava a história do incêndio ocorrido em 1999 que destruiu várias obras do acervo original. O teto desabou. Triste. A fachada, o teto e as paredes foram recuperadas.

A construção iniciou em 1783. Simples por dentro, mas com um altar muito bonito e uma graça por fora.

  • Entrada gratuita.
  • Horário de abertura: de terça a domingo, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.
igreja nossa senhora do Carmo

Casa de Câmara e antiga cadeia

No local existiu outra construção que serviu como base para a guarda dos governadores da capitania, os Dragões. Na segunda metade do Séc. XVIII foi construído o atual prédio para abrigar a Câmara. No térreo ficava a cadeia.

  • Entrada gratuita.
  • Funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 18h.
casa de câmara

Acima a Casa de Câmara em reformas.

Pelourinho

No pelourinho, que fica bem em frente à Câmara, eram castigados os infratores. A construção atual é de 1970, mas o original era de 1750. No braço esquerdo, uma balança, simbolizando a justiça, e no direito uma espada, simbolizando a condenação. No centro, o Brasão Português.

pelourinho mariana

Acima, o pelourinho em frente à Igreja de São Francisco de Assis.

Igreja de São Francisco de Assis

Ela foi projetada por Aleijadinho. O Mestre Ataíde está sepultado no interior da igreja. Ele é um dos maiores ícones da pintura nacional. Inclusive foi ele que fez a pintura da sacristia e da nave da igreja, além das três imagens da paixão de Cristo. Ele nasceu em Mariana. Já os púlpitos em pedra sabão são artes de Aleijadinho.

Uma pena que a pegamos em obras e estava fechada.

  • Valor: há o pagamento de uma taxa para entrar.
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 12h e das 13h às 17h – sujeito a mudanças.

LEIA TAMBÉM: como evitar furto de mala em aeroportos

igreja de São Francisco de Assis

Praça Cláudio Manoel

É uma praça que me lembrou as de estilo europeu, toda calçada, onde fica a Catedral da Sé, que é a próxima atração. Ao redor da praça, bonitos casarões, lojas e uma fonte em frente à igreja. No centro histórico, acrescente este local na tua lista de o que fazer em Mariana.

Catedral da Sé

A Catedral da Sé fica ali bem em frente à Praça Cláudio Manoel.

Ela foi construída no século 18 e possui um pequeno museu da arte sacra. No interior, o único exemplar no país de um órgão alemão de 1700, doado pela Coroa Portuguesa.

Há concertos sextas às 11h30 e domingos às 12h15, com ingressos.

  • Valor: há pagamento de taxa para visitação.
  • Horário: de terça a domingo, das 7h às 17h.
  • Endereço: Rua Direita, 8.

LEIA TAMBÉM: mala para viagem: a bagagem feminina perfeita

catedral da sé em mariana

Praça Gomes Freire – o que fazer em Mariana

Esta praça é uma graça com árvores, jardim, coreto, um bebedouro para animais de 1747 e belos casarões do Século XVIII no entorno. Nós comemos um torta em um café bem ali próximo ao teatro, que é a próxima atração.

  • Endereço: uma das ruas que passa pela praça é a Rua Dom Viçoso.
praça Gomes Freire

Cine Teatro Municipal

Ele fica quase em frente à Praça Gomes Freire e é uma construção muito bonitinha de dois andares e cor de rosa.

  • Endereço: Rua Frei Durão, 222.
cine teatro municipal

Estação ferroviária

Saindo um pouco do miolinho do centro histórico, mas ainda perto, a uns 500 metros, encontra-se a estação ferroviária. Uma graça de construção em tom rosado, construída para receber os trens da estrada de ferro que liga a cidade a Ouro Preto.

No edifício funciona um pequeno espaço cultural com biblioteca, museu e vagões fixos.

  • Endereço: Praça JK, s/n, Centro.

Passeio de trem de Mariana a Ouro Preto

Não tivemos a oportunidade de fazer, porque a atração está temporariamente fechada. Mas deve ser uma delícia! É ou não é voltar ao tempo fazer um passeio de trem por estas duas cidades antigas?

Funciona de quinta a domingo e sai da estação ferroviária.

  • Maiores informações e preços no site.

Minas da Passagem – o que fazer em Mariana

Eu queria muito ter ido a esta mina, mas não deu tempo. Mas quero deixar aqui para ti como sugestão, já que estamos em Minas Gerais, conhecida por suas minas de extração. Tem tudo a ver para colocar na lista de o que fazer em Mariana, né?

Então, a Mina da Passagem fica entre Ouro Preto e Mariana e é considerada a maior mina de ouro aberta à visitação do mundo. A descida é feita através de um trolley seguro por cabo de aço.

Há também opção de pacote com mergulho pelas galerias, mas é preciso agendar.

  • Endereço: Rua Eugênio Eduardo Rapallo, 192, Passagem de Mariana.
  • Horário: segunda à sexta, das 09:00 às 16:00 h, sábado, domingo e feriados, das 09:00 às 17:00 h.
  • Valores: adultos R$ 180 e crianças de 6 a 12 anos, R$ 90.

Alugue um carro para aproveitar a região

🚗 CARRO: Uma forma interessante de curtir esta região é de carro. Caso tu não vás de carro próprio, pense em alugar um carro aqui e aproveite a viagem! 🚗

Quando ir a Mariana

Nós fomos no inverno. O clima é bem agradável e não pegamos chuva em nenhum momento, o que é bem interessante para caminhar por aquelas ruas.

De dia é bem gostoso e não calor insuportável e à noite costuma ser friozinho no inverno. Mas vou te deixar um resumo a seguir para tu pensares qual o melhor momento para ti: 

  • Meses mais quentes: de setembro a abril.
  • Meses mais frios: de junho a agosto.
  • Meses mais chuvosos: de novembro a março.
  • Meses mais secos: de maio a agosto;
  • Melhor época para visitar Ouro Preto: de maio a agosto.

Quantos dias ficar

Fizemos um bate-e-volta de Ouro Preto e sem fazer as três últimas atrações, conseguimos conhecer Mariana em praticamente meio-dia. Então, caso queiras aproveitar todas as atrações da lista de o que fazer em Mariana, um dia é possível. Mas se gostas de aproveitar tudo com calma, pense em ficar mais meio-dia.

Espero que tenhas gostado das minhas dicas de o que fazer em Mariana. Tens outras? Deixa nos comentários. Vou amar saber e também vais ajudar outros viajantes.

Abraço!

Viaje por conta própria e economize muito

Planejar a própria viagem é uma forma de ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e ajuda a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Aéreo: Passagens Promo 

Outras informações para reservar tudo sozinho: monte a tua viagem sozinho 

Michela
Curtida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 16 anos e estou no terceiro ano do ensino médio. Gosto muito de ler, desenhar, pesquisar e, é claro, viajar. Quando viajo, procuro sempre conhecer a história do local. Ser fascinada por esse aspecto explica o meu grande sonho: visitar o Egito e conhecer um pouco mais dessa civilização antiga.

Eu sou a Ester. Tenho 28 anos e sou médica. Moro em Florianópolis, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.