Logo Mapa Na Mão
Michela
Michela

O que fazer em Shangai, o melhor da China

publicado em: 03/11/2019 atualizado em: 19/11/2019

Pensa em um lugar que me surpreendeu demais. Eu estava muito ansiosa para conhecer Shangai. Louca para chegar lá e correr para as ruas para desbravar nosso primeiro destino na China. Mas vou te contar que mais do que gostei. Foi amor à primeira vista. Eu cheguei a chorar no último dia. Exagero? Não, não da minha parte. Esta cidade é apaixonante. E claro que vou te contar tudo o que aprontamos por lá e te dar um roteiro bem legal de o que fazer em Shangai. Vamos bater um papinho?

Querido leitor
O seguro viagem não pode faltar na tua viagem, mesmo para as nacionais. Uma doença, um acidente, a perda da mala, o cancelamento do voo, podem estragar as férias. E o seguro não é caro. Por isso, vale a pena.
* Brasil: aproximadamente 5 reais por dia.
* Europa: aproximadamente 20 reais por dia.
** Clique aqui e faça a cotação do seguro, sem custo. Este link já garante 10% de desconto aos leitores do Mapa na Mão.

Conhecendo um pouquinho Shangai

Antes de entrarmos no roteiro em si, algumas curiosidades da cidade.

Shanghai ou Xangai? Shanghai é a forma inglesa de escrever o nome da cidade. Xangai, a forma portuguesa. Também vejo artigos onde se escreve Shangai, sem o h. De qualquer forma, escrever Shanghai ou Xangai, seria o mesmo que London ou Londres (em inglês e em português).

Xangai é a maior cidade chinesa e também o maior centro financeiro e comercial do país. Sabia que ali encontra-se o maior porto de cargas do mundo? Além disso tudo, Xangai foi uma das cidades com mais rápido desenvolvimento no mundo, nas duas últimas décadas.

Consequentemente, transformou-se em um polo turístico famoso. Lendo e conhecendo um pouco mais da história desta vibrante cidade, foi então eleita para ser nosso primeiro destino na China. Por isso tudo, a ansiedade em pisar em solo chinês tomou conta. E os dias que passamos lá foram incríveis. Vou te contar.

Ah, vou mostrar como foram nossos dias, mas também deixarei outras dicas de passeios, caso tenhas mais dias ou disposição que nós, beleza? Assim, poderás montar o teu próprio roteiro de o que fazer em Shangai, adaptado à tua viagem.

Onde se hospedar em Shangai

Nós ficamos no Holiday Inn Express Zhabei que tem bom preço e boa localização. Clique aqui para conferir os valores e também reservar, se te agradar. Ele fica a uns 8 minutos à pé da estação de metrô e bem ao lado da estação de trem. Há também comércio na região.

Agora, se queres conferir as outras opções em Xangai, clique no quadrinho a seguir. Aí, dá uma olhada nas avaliações dos hóspedes, na localização, na nota e também no que ele oferece, além do preço, claro, e boa estada!

Hospedagem em Xangai

O que fazer em Shangai

Primeiro dia – aclimatação 

A diferença de fuso e a quantidade de horas de voo vai te deixar banzo, rsss. Chegamos no nosso hotel por volta das 10h. Tomamos um banho, descansamos um pouco e saímos para conhecer um pouco do que veríamos melhor no quarto dia. Te conto mais lá depois. 

Caminhamos pela região da Nanjing Road e tentamos chegar ao Bund. Agora, pensa na quantidade de gente. Multiplica à vontade. Multiplica de novo. Nunca vi tanta. É que era o último dia de feriado da comemoração dos 70 anos da República Popular da China. Então, não conseguimos nem chegar perto, hahaha. Voltamos caminhando mais um pouco e fomos para o hotel para descansar e dormir cedo.

Ah, no quarto dia voltamos a estes lugares. Então, logo abaixo conto mais destas duas atrações imperdíveis em um roteiro de o que fazer em Shangai.

Para conseguires descansar e aproveitar melhor a viagem, neste primeiro dia é importante pegar leve e dormir no horário da China. Ou seja, durma à noite na China, mesmo que não seja o horário que costumas dormir no Brasil. Olha só, eu escrevi um post com 17 dicas para aproveitar o melhor da China. Clica ali para se preparar melhor para a viagem.

Segundo dia

Yu Yuan Garden e Yu Yuan Market

Uma das minhas atrações preferidas. A região em si das ruas Jiujiaochang Road, Fuyou Road e arredores já é bem bonita com prédios de arquitetura antiga e muitas lojas. Além de ser um lugar com muitas pessoas e bem animado.

A cereja do bolo? O Yu Yuan Garden, o jardim mais tradicional da cidade, construído em 1559 e elevado a monumento nacional em 1982. Agora olha só que tristeza! Chora comigo, vai, buáááá. Estava fechado para reforma o jardim.

Então, aproveitamos o complexo de fora do jardim que também faz parte do Yuyuan, o Yuyuan Market, que são ruas fechadas para pedestres com muitas lojas e restaurantes. E as construções? Umas mais lindas que as outras. Arquitetura tradicional chinesa. É um local legal para comprar lembranças e presentes. Não deixe de ir até o lago, que na verdade é a entrada do jardim, para também apreciar as construções no entorno e o lago em si. E à noite a região fica ainda mais especial, mas vou te contar depois.

Podes comprar o ingresso para o jardim adiantado clicando no quadrinho laranja a seguir para evitar filas e já garantir lugar.

Ingresso para o Yu Garden

Para chegar no Yu Garden vá para a estação de metrô Yuyuan (Linha 10, saída 3).

Horário de funcionamento do Yu Garden: diariamente das 8h30 às 17h30 de março a outubro e das 8h30 às 17h de novembro a fevereiro.

Yuyuan garden o que fazer em Shangai

Essas construções da região do Yu Garden são lindas demais. Eu me perdi admirando, heheh.

Gucheng Park

Quase em frente ao Yu Garden fica o Gucheng Park. Aproveitamos para tomar um iogurte que vem em um potinho de cerâmica, muito apreciado por lá. Eu via o povo tomando de canudinho algo naquele potinho branco e quase morri de curiosidade. E para descobrir o que era? Ninguém falava inglês, hahahah. O jeito foi comprar e provar. Iogurte mesmo, e muito gostoso.

O Gucheng é um parque que divide a parte antiga, esta do Yu Garden com seus edifício típicos, e uma parte moderna, com altos edifícios. É gostoso para caminhar e sentar um pouco para descansar.

gucheng park Xangai
iogurte Xangai china

Vais ver muitos destes potinhos de cerâmica com iogurte e olha, é uma delícia.

Shanghai Old City Wall

Caminhamos pela rua lateral das muralhas do jardim para ir em direção à old city, a região antiga da cidade. Coloque no Google Maps Old City Wall ou Dajing Ge Pavilion.

No caminho, fomos conhecendo casas mais simples, comércio mais simples, todo tipo de quinquilharia, é diferente do restante moderno da cidade. É interessante para ver como era a China antigamente e também os bairros mais humildes da rica cidade.

O old city wall é uma parte de uma muralha. Porém, o lugar estava em obras e não vimos grande coisa ali. Mas a região em si, como eu disse, foi interessante para ver uma parte mais humilde e antiga da cidade.

Eu nunca tinha visto varal em calçada, hehehe. Em Xangai, sim. As casas grudadas em ruelas não possuem espaço e vi gente estendendo roupas na calçada. Diferente.

Ah, procure também conhecer a Rua Fangbang e tirar uma foto no arco de entrada da rua velha de Xangai.

old city Xangai

Na foto acima, a muralha chamada old city wall.

Food tour de comida chinesa

No final da tarde, nos encontramos na saída 10 da estação de metrô South Shaanxi Road Subway Station com a Libby para um food tour com a Lost Plate Food Tours. Com a querida guia Libby e mais um pequeno grupo de turistas, provamos pratos típicos em restaurantes menores e artesanais na cidade.

Para mim, que sou vegetariana, foi uma surpresa este passeio. Isto porque eu estava com dificuldade para encontrar opções sem carne e no tour, há opções para todos os gostos. Assim terminamos nossa noite neste dia, ouvindo curiosidades da Libby, conhecendo pessoas de outros países e provando comidas locais. Clica ali no link para ver tudo o que escrevi sobre esse tour de comida chinesa. Aí tu podes decidir se vale a pena para ti ou não o passeio. Eu gostei, porque estava louca para provar a culinária local.

Chinese food o que fazer em Shangai

Seguro viagem para a China

Interrompemos nosso roteiro de o que fazer em Shangai só um pouquinho para falar de algo muito importante. Eu não viajaria de jeito nenhum para a China sem seguro. Dá uma olhada no que escrevi aqui sobre seguro viagem China. E olha, não é caro. Neste link da Real Seguros encontrei por a partir de 18 reais o dia. E ali ainda consegues 10% de desconto.

Neste da Seguros Promo, por 20 reais. E usando nosso código MAPANAMAO05 tu ganhas 5% de desconto. Não só vale a pena como é indispensável, pois nunca sabemos o que pode acontecer e não queremos estragar a viagem, não é mesmo? Fica a dica.

Terceiro dia – o que fazer em Shangai

Jing’an

Do nosso hotel, à pé, caminhamos até a região de Jing’an. Para ficar mais fácil de encontrar, coloque no maps Hengfeng Road. Esta região tem ruas bonitas, floridas, edifícios modernos e também bonitos. Foi gostoso caminhar por lá. Caminhe que também vais descobrir coisas interessantes. Por ali, fomos caminhando até a próxima atração.

o que fazer em Xangai

As ruas deste bairro são um capricho.

French Concession – Concessão francesa

O que foram essas concessões? Bem, nos séculos XIX e XX alguns territórios foram concedidos a potências estrangeiras que ocupavam e dominavam essas regiões. Em cada concessão, os cidadãos do país estrangeiro podiam habitar livremente, comercializar, viajar. E os chineses, naquela época, eram considerados cidadãos de segunda classe dentro destes territórios. Em alguns lugares haviam placas absurdas do tipo: proibida a entrada de cachorros e chineses.

Cada concessão ainda possuia suas leis e polícia. Em Xangai, as principais concessões foram a inglesa e a francesa, sendo esta a mais charmosa e a escolhida por nós para conhecer.

Começamos a caminhada pela estação de metrô Shaanxi South Road. De lá, andamos pela Middle Huaihai Road, uma importante rua da região e também muito bonita. 

Fomos ao Xiangyang Park. Este parque era para uso das crianças francesas somente. É bonito e possui um calçadão rodeado de plátano-bastardo, ou árvore canadense, que o deixa ainda mais charmoso.

Depois, continuamos pela Huaihai Middle Road até passarmos em frente ao Teatro Cathay, uma referência histórica no mundo dos espetáculos.

Caminhamos até o Fuxing Park, um lindo parque com um jardim de rosas, árvores canadenses, pessoas praticando o tai chi, outras se exercitando no descampado. Um refúgio no meio da cidade muito apreciado pelo locais.

concessão francesa de Xangai

Na foto acima, o Xiangyang Park.

E nesta acima, o Fuxing Park. Capricho, né?

Tianzifang

Na região da estação de metrô Dapuqiao fica o Tianzifang, uns becos muito legais com muito movimento, lojas e lugares para comer. Eu adorei este lugar. São becos antigos, com casas e construções antigas e muito apreciado pela quantidade de lojas de tudo que é tipo de produtos, bares, cafés e outras comidinhas típicas ou não.

Também é um lugar para comprar lembrancinhas. E ali almoçamos macarrão em um dos pequenos quiosques-restaurantes.

tianzifang shanghai

Olha para a foto acima e me conta se não é gostoso!

Jing’an Temple

O templo budista mais famoso de Shangai. Em 1930 era também o templo mais rico da cidade. Foi fundado em 247 DC e reconstruído em 2006.

Só um pequeno probleminha aqui, rsssss. Ele já estava fechado e somente pudemos apreciar a fachada por fora. Caso queiras entrar, vá antes das 17h. Então minha sugestão é, logo lá no começo do dia, já na região de Jing’an, conheça este templo.

jiang temple o que fazer em Shangai

Yuyuan Garden à noite

Quando fomos de dia, no dia anterior, eu e o marido combinamos: temos que voltar à noite, deve ser lindo!

Minha nossa, é lindo mesmo. Tens que ir à noite também. O jardim não estará mais aberto, mas as lojas sim e tudo iluminado. E vimos alguns espetáculos espalhados enquanto caminhamos pelas lojas. Uma projeção na fachada de uma das construções históricas. Uma moça tocando um instrumento típico de cordas na janela da casa de chá no lago. Um barquinho e seu barqueiro apresentando algo ao som de música instrumental chinesa.

Eu vou contar um segredo. Chorei de emoção neste lugar. A noite estava linda e foi inevitável. Às vezes pago esses micos, hehehehe. Mas não me acanho não. Nunca imaginei que um dia estaria na China, bebê.

yu garden Xangai

Quarto dia

Walmart

Eu queria comprar chocolate para as filhas e também ver se havia souvenirs mais baratos e o Walmart sempre quebra esse galho. E também adoro ir a supermercados nas viagens para ver o que vendem de diferente. Ah, e chocolate na cidade era caro e tinha pouca opção. Então, fomos ao Walmart para conhecer. 

Utilizamos a linha 10 do metrô, sentido Xinjiangwancheng, saindo na estação Jiangwan Stadium. Nesta estação, ir em direção à saída 2 para depois pegar a saída 5. O Walmart fica ao lado desta saída.

Bem, comprei chocolate e outras besteiras e não encontrei souvenirs.

Walmart, People’s Park, People’s Square, Nanjing Road, Bund, Oriental Pearl Tower

People’s Park

Este parque é bonito, com muitas plantas, verde, lago, uma pequena queda d’água e parque para crianças com carrossel, uma pequena montanha russa e outros brinquedos. As pessoas se encontram para bater papo, pegar um solzinho, jogar baralho. 

Ah, aos domingos até às 17h, há feira de casamento neste park, com pais anunciando os dotes dos filhos. Diferente né? Caso te agrade, é mais uma opção caso estejas por lá em algum domingos.

People's park o que fazer em Shangai

People’s Square, ou Praça do Povo

Linda! Linda demais esta praça. Muito florida e bem cuidada. Ali se encontram a Prefeitura, o Museu de Shangai, o Grande Teatro e um prédio de exibições. No subsolo, o Hong Kong Shopping, com muitos boxes de restaurantes, lanchonetes e lojas. Mas lojas mais populares, de tudo que é tipo.

Ficamos sentados ali um tempo só observando, porque esta praça é caprichosamente linda mesmo. Vale descansar em meio às flores.

museu de Xangai

Este aí acima é o Museu de Xangai.

People's Square em Xangai

Nanjing Pedestrian Road

Uma das minhas ruas preferidas. É que eu amo estas ruas fechadas para carro com muitas pessoas caminhando, lojas, restaurantes, adoro.

Esta é considerada a Times Square de Shanghai, com lojas de grife, de souvenirs, luminosos, um agito. Comemos uma pizza no Bar Tazza D’Oro e percorremos a Nanjing em direção ao Bund, a próxima atração.

Ah, esta rua fica ainda mais agitada e iluminada ao anoitecer. Dá tempo? Vai de dia e de noite. Não? Vai ao anoitecer.

E vale também aproveitar as ruas que cortam a Nanjing, com muitas lojas. Mas cuide com a qualidade dos produtos e o preço. Tente barganhar.

Nanjing road Shanghai

Uma pizza com vista para a Nanjing Road tem seu valor, né?

Bund

Não tem como pensar em um roteiro de o que fazer em Shangai sem incluir o Bund. Este lugar é a cereja do bolo. Que lugar mais lindo! É cartão postal da cidade. Os prédios imponentes do outro lado do rio, onde fica a região financeira, vistos de uma espécie de pier ou mirante. Mas tenha paciência que a atração é disputada. Espere vagar um espaço no guarda corpo e aproveite.

Eu queria ter ido também de dia, mas por falta de tempo, optamos por conhecê-lo à noite. Os prédios se iluminam, alguns nos presenteiam com efeitos luminosos. Deslumbrante. Ah, e ainda há os barcos iluminados de cruzeiro cortando o rio. 

A rua à beira do rio no lado de cá também é muito bonita, com prédios de arquitetura antiga, que à noite ficam dourados.

Neste site é possível conhecer os prédios principais avistados do Bund.

Agora um desabafo, hahaha. Tens tempo e dinheiro? Faça o cruzeiro no rio. Eu fiquei morrendo de vontade, mas não fiz. Deve ser maravilhoso. Podes comprar on-line aqui uma excursão privada por lugares importantes da cidade que ainda inclui o cruzeiro. Neste caso, a empresa te pega no hotel para fazer todos os passeios. Ou nos locais que vou mencionar abaixo:

  • Lá no local, na rua East Zhongshan 1st Road, numeros 341 ou 479. O embarque é no Shiliupu Wharf, na East Zhongshan 2nd Road, número 481, ou nos seguintes endereços:
  • No. 481, 2nd East Zhongshan Rd, Shiliu Pu Pier Zone 1 (中山东二路481号十六铺游船码头1区), das 10h às 17.
  • No. 551, 2nd East Zhongshan Rd, Shiliu Pu Pier Zone 2 (中山东二路551号十六铺游船码头2区), das 17 às 20h30.
  • Ou ainda neste site. Há desde cruzeiros simples até com jantar.
bund o que fazer em Shangai

Oriental Pearl Tower

Esta é a torre símbolo de Shangai. É a torre com duas grandes bolas que dá para avistar de vários pontos.

A forma mais barata de atravessar o rio e chegar ao lado financeiro onde fica a torre é de metrô. Pegue a linha 2 na estação East Nanjing Road sentido Pudong International Airport, salte na estação Lujiazui e pegue a saída indicativa para a Oriental Tower.

No pé e embaixo da torre há lojas, como a Xiaomi Global com eletrônicos e mochila, a Mumuso, com besteirinhas de várias espécies, sorveteria e um Starbucks.

Agora mais um desabafo. Não subimos na torre porque estávamos mortos de cansados, hehehe. Mas se possível, suba. Vou deixar duas opções para uma vista panorâmica de Shangai no próximo tópico.

oriental pearl tower o que fazer em Shangai

Vista panorâmica de Xangai

  • Oriental Pearl Tower: falei dela no item anterior. Bem, dizem que a vista é incrível da cidade. Além disso, ela tem um chão de vidro onde dá para andar em cima e ver a cidade embaixo. O valor do ingresso mais barato é de 160 RMB e o mais caro, no local mais alto, 222 RMB. Dá para comprar as entradas lá mesmo, no local.
  • Shanghai World Financial Center: outro edifício que parece interessante. Mais barato que a Oriental Pearl, 140 RMB. Deste edifício dá para ver a Oriental Tower.

Região financeira e Shanghai Ocean Aquarium

A região próxima à Oriental Tower, Pudong, também é bonita, moderna, muito legal para uma caminhada. A região ao redor dessas torres também é ótima para caminhada. Há inclusive um aquário ali perto que parece bem legal, o Shanghai Ocean Aquarium. Ele abre das 9h às 18h. No site do aquário podes verificar valores e outros detalhes.

Outros passeios em Xangai

Agora vou te mostrar outros passeios que não conseguimos fazer, mas que podes incluir no teu roteiro de o que fazer em Shangai. Assim, com mais tempo, ou menos, podes adaptar como quiseres.

Ônibus Hop-on Hop-off

Uma ótima opção de começar a viagem para já ir conhecendo os pontos turísticos importantes é naqueles ônibus abertos, os hop-on hop-off. Neles, é possível descer e subir nos pontos que quiseres para aproveitar as atrações, num determinado período de tempo. Clique aqui e confira valor e como é o passeio.

Xitiandi

Esta é uma região legal também para compras. Dá para conciliar com o passeio pela concessão francesa, pois esta região fica próxima do Fuxing Park. Procure por Xintiandi Style Shopping Centre.

Ponte Waibaidu

Esta ponte fica na região do Bund, então, aproveite no dia de passeio por lá de dia. Aproveite também a Torre do Memorial aos Heróis do Povo de Xangai, que fica ao lado.

Huangpu Park

Ainda na região do Bund, o Huangpu Park é um parque com estilo europeu do século 19. Seguindo pela orla do rio vais encontrar a estátua do touro de Shanghai que representa o poder financeiro da cidade. O nome desta estátua é Bund Financial Bull.

Century Park  

Agora, do outro lado do rio, lá na região de Pudong, onde está a Oriental Pearl Tower, esta o Century Park. Um bonito parque para descansar e também ver o pôr do sol. O parque abre de 16 de março a 15 de novembro, das 7h às 18h e de 16 de novembro a 15 de março, das 7h às 17h. A entrada custa 10 RMB.

E tem também estes dos quadros abaixo que achei interessantes:

E agora quero te deixar todos os passeios com venda on-line disponíveis. Aí, podes também verificar se mais algum te agrada. Dá uma olhada no quadrinho laranja:

Passeios com venda on-line

Internet na China

Muitos sites como o Google e aplicativos como Instagram ou Facebook não funcionam na China. A menos que tu adquiras um VPN. Clique ali para ver tudo o que escrevi sobre o VPN para poder usar a internet normalmente.

O chip já levamos daqui do Brasil para já chegar conectado no aeroporto. Não funcionou maravilhosamente bem, até por causa desta restrição feita pelo governo. Mas conseguimos nos virar com o maps e outros sites. Utilizamos este chip da Easysim4U. Mas há também a venda nos aeroportos, caso desejes comprar lá.

Língua

Mandarim. Dá para se virar no inglês? Sim, mas bem pouco. Neste post com dicas da China eu escrevi também sobre isso. Leve sempre contigo o tradutor no celular que ajuda bastante.

Como se locomover em Xangai

O metrô é ótimo. Utilizamos o tempo todo. Limpo, fácil de usar, com totens para venda automática dos tickets. Vale a pena. Ah, e as viagens custam em média de 2 a 4 yuans por pessoa. Um bom preço.

O aplicativo Metroman ajuda demais. É só colocar a estação de saída e a de chegada que o app mostra quais linhas pegar, onde descer, para que direção seguir. E preste atenção na saída que deves pegar, isto também é importante para localizar os pontos de interesse.

E caso precises de um táxi, que também utilizamos umas 3 vezes, não é caro não. Mas leve o endereço impresso e em chinês para mostrar ao taxista.

Então, gostou deste roteiro com o que fazer em Shangai? Deixe o teu comentário ou tuas dicas. Vou amar!

Viaje por conta própria e economize muito

Planejar a própria viagem é uma forma ter liberdade e economizar. Além disso, usando os links abaixo, sem custo adicional algum, vais ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando. Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé!

Hotel ou apartamento: Booking – compare preços e qualidade. Podes ainda fazer reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in.

Aluguel de carro: Rentcars – os melhores preços em diversas locadoras. Pague em real, sem o IOF. Carros mais baratos alugando com antecedência. Podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: Real – nosso link exclusivo já dá 10% de desconto. Seguros Promoutilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. Cote nas duas e escolha o melhor. Por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências.

Chip para celular: Easysim4u – chegue tranquilo com o celular funcionando no destino. Compre aqui e não pague frete com o nosso código de cupom RBBVGRATIS.

Câmbio: Melhor Câmbio – faça uma proposta para a agência da tua cidade. Caso ela aceite, vais receber e-mail confirmando. Corra para finalizar a transação e garantir o melhor valor. Então, confirme que queres finalizar a compra através da proposta feita no site.

Passeios e atrações pelo mundo afora: Get your guide, Tiqets e Touron – nossos parceiros de passeios. Compre e evite filas, o fim dos tickets e surpresas no orçamento.

Aéreo: Passagens Promo 

Curtidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.