ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

O que vestir no frio intenso em uma viagem

publicado em: 24/11/2016 atualizado em: 23/10/2018

Frequentemente viajamos para locais frios no inverno. Não porque, assim, como vou dizer, amamos imensamente o frio rigoroso, mas porque é baixa temporada, entendeu? Ah, mas a gente também gosta de um friozinho e tem lá o seu charme viajar para esses locais. Com neve então, eu adoro!

E como já temos uma certa experiência neste assunto e escuto com frequência o receio de amigos de passar frio e não saber o que levar quando viajar pela primeira vez para lugares de inverno rigoroso, vamos mostrar que dá para sobreviver a estas viagens, não vou mentir dizendo sem passar frio, mas com um certo conforto. Veja aqui o que levar na mala para o frio intenso do hemisfério norte ou do extremo sul do globo.

Continue lendo este artigo para não congelar por aí.

O que levar na mala para o frio intenso:

Vamos começar de baixo para cima:

Meia:

Dê preferência para meias mais quentes, de lã ou térmicas. Se não encontrar para comprar por aqui, compre lá em lojas de departamento ou outras, que há bastante opção.

Por baixo da calça:

Para as mulheres, o ideal seria uma meia calça térmica que você encontra com facilidade em lojas de departamento nos países gelados, por exemplo, ou na falta de uma destas, uma meia calça de lã já serve (tente levar alguma já daqui do Brasil para garantir, caso não encontres para comprar lá fora). Os homens devem usar ceroulas por baixo da calça. E use a meia do item anterior por cima da meia calça ou da ceroula, pois o ideal são, no mínimo, duas meias.

Calçado:

Esta é uma grande preocupação de muitos viajantes de primeira, pelo medo de molhar os pés e, assim, congelar, rssssss. De fato, o ideal é usar uma bota à prova d’água ou com solado alto, grosso, resistente à água. Talvez seja difícil comprar aqui no Brasil, mas na Europa ou Estados Unidos, por exemplo, é fácil de encontrar este tipo de calçado. Abotinados impermeáveis para os homens também é o ideal.

Botas com pelinho ou pele dentro também são ótimas para esquentar os pés.

Neste site podes ter uma ideia, por exemplo, de calçados impermeáveis e até recomendados para neve ou para caminhadas mais intensas, como trekking.

Calça:

Frequentemente uso por cima da meia calça térmica ou de lã, calça jeans mesmo, mas dependendo do frio e da pessoa (se sente mais ou menos frio), talvez seja interessante procurar calças mais quentinhas, grossas, talvez forradas, ou de lã. Mas não é imprescindível, devido à meia calça por baixo.

Blusa básica:

Embaixo da blusa de lã do próximo tópico, utilize uma blusa básica mais fina, de algodão ou então térmica para os locais mais frios. Aquele tipo de blusa segunda pele fininha, sabe, do mesmo material da meia fina, ajudam muito pouco. Dê preferência para as de tecido ou térmicas. Podes comprar lá, pois há muitas opções e algumas com bons preços. Mas se preferes já sair daqui precavido, tente procurar na Decathlon que tem loja on-line e algumas físicas no Brasil também.

VAIS CURTIR LER TAMBÉM: Bagagens, o que pode e o que não pode.

Blusa de lã:

Por cima da blusa básica e por baixo do próximo item, use uma blusa de lã também mais certinha no corpo para não ficar enorme embaixo do casaco. Ela vai garantir que fiques mais quente e basta tirar o casaco ao entrar nos locais fechados. Lembre que todos os estabelecimentos possuem calefação, o que, muitas vezes, é desconfortável, porque eles colocam uma temperatura muito alta e passamos calor com tanta roupa. Mas, muitas vezes são um ponto de socorro para uma fugida estratégica do frio congelante e para esquentar um pouquinho antes de voltar ao passeio. Então, se em um dia de passeio fores ficar mais confinado em lugares fechados, repense utilizar muita roupa por baixo do casaco, ou até mesmo a blusa térmica, por exemplo, para não passar calor na calefação.

Casaco:

Eu sei que a mulherada adora ficar bonita, sair chique nas fotos e tudo mais, mas vou ser sincera – se o frio for bem intenso, pense mais no seu conforto do que no estilo. Claro que dá também para ficar bonita com um belo casaco longo. Basta ver como os europeus parecem chiques no inverno, rsssss. O que quero dizer é que talvez tu passes frio com um casaco de lã batida, por exemplo. Eu dou preferência para os de nylon com enchimento. Se for impermeável, então, perfeito. Com toca, melhor ainda, pois vai te proteger do frio cortante. E dê preferência para os mais longos, que cubram o quadril.

Luvas:

Este, para mim, é um item indispensável, pois sinto muito frio nas mãos. Também há luvas impermeáveis e mais grossas no mercado e gosto muito das com ponta para touch screen, que é muito prática para aquele momento de usar o celular, sem ter de tirar as luvas por aí e congelar os dedinhos.

Gorro ou chapéu:

Se eu estiver com frio nas orelhas ou cabeça, não tem jeito, vou sofrer. Não sei se tu és assim também, mas não deixe de levar um gorro, um chapéu ou toca que proteja bem a cabeça e as orelhas do frio. Se não tiver para comprar aqui na tua cidade, vais encontrar com certeza no teu destino.

Cachecol:

Às vezes nem utilizo, pois se uso uma blusa de gola alta e mais o casaco que também fecha até o pescoço, já fico quente e não preciso mais um item para me preocupar. Mas nunca deixo de levar, pois auxilia muitas vezes na tarefa de esquentar e é um bom aliado para compor um visual mais elegante.

Sem estresse:

Eu também fiquei preocupada ao arrumar as malas na minha primeira viagem ao exterior no inverno. Tive muito medo com a história do calçado e de molhar os pés e quando fui, levei uma bota simples e um tênis, pois não tinha nada impermeável. Acabei comprando nas viagens posteriormente. Então, a menos que tu vás para o pólo norte ou para um lugar com muita neve, não te estresses à toa. Leve o que tens e procure lá para comprar, se for necessário.

Eu levei também daqui capas de chuva para as filhas, mas acabei não levando mais nas outras viagens, pois era outra coisa para atrapalhar e fazer peso. Mas este item também pode ser bem interessante, principalmente para as crianças. Caso chova, há muitos vendedores de guarda chuva nas ruas e também nas lojas. Não se preocupe.

Dicas para esquentar:

Além das roupas indicadas, procures manter os pés secos, voltando ao hotel para a troca das meias e calçados se necessário. De vez em quando, entre em algum lugar fechado como estabelecimentos comerciais ou lanchonetes para um alívio momentâneo do frio. A calefação muitas vezes incomoda, mas em outras é indispensável para o conforto dos viajantes – um verdadeiro refúgio descongelante.

Um chocolate quente, uma sopinha ou outro alimento quentinho também são uma delícia no meio dos passeios.

Dicas gerais:

  • Escolha a roupa do dia baseado nos passeios daquele mesmo dia. Por exemplo: se for um dia de passeios a museus e outros locais fechados, talvez não seja interessante colocar a meia e a blusa térmica por baixo da roupa para não passar calor na calefação.
  • Dê uma conferida básica no site Br Weather o tempo do local para onde vais antes de arrumar as malas, e também diariamente, antes de sair do hotel para se preparar melhor, até porque cada inverno pode ser um pouco diferente – mais ou menos rigoroso –  e cada local também tem suas nuances. Na Europa, por exemplo, é bem diferente viajar para a Dinamarca ou para Portugal.
  • As marcas queridinhas que vendem roupas e acessórios para o frio são a The North Face, Timberland, Columbia, entre outras. Neste post indico onde comprar estas e outras coisas barato nos Estados Unidos. Se vais começar a te aventurar pelas viagens mundo a fora, aconselho uma ida aos Estados Unidos para abastecimento do guarda roupa com peças cruciais, como as indicadas neste artigo. Ou procure por promoções ou Outlets por onde andares. Algumas lojas de departamento também costumam fazer boas promoções, principalmente do meio para o fim do inverno. Alguns países também são mais baratos que outros. Portugal, Espanha e Alemanha costumam ter lojas bem interessantes.
  • Caso não queiras investir em roupas e acessórios de inverno, alguns lugares também dispõe de aluguel de roupas especiais para o frio, como roupas para a neve. Isto é bem comum em Santiago, no Chile, por exemplo, para os viajantes que vão às pistas de esqui. Mas penso que esta seria uma boa alternativa para destinos extremamente gelados, com muita neve, por exemplo.

Neste post damos dicas de como arrumar as malas para o inverno, inclusive com um check list. Dá uma olhada! E neste aqui, mostramos as novas regras de franquia de bagagem depois da alteração da norma da ANAC.

No mais, vá tranquilo e feliz, pois viajar é tudo de bom, até mesmo passando frio.

Tens alguma dica diferente para nos ajudar a suportar os frios intensos de nossas viagens? Deixa aí nos comentários.

roupas-para-o-inverno-viagens

Agora que já estás preparado para arrumar as malas e sabes o que usar no frio intenso nós podemos ajudar na economia das tuas viagens através destes links:

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui.

Todos os sites acima, Booking, Rentalcar e Real Seguro Viagem, fazem cotações em diversas empresas, garantindo assim, melhores preços e opções para todos os gostos e gastos.

Não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão, seu blog de viagens:

  • Clique ali ao lado onde está escrito ASSINE NOSSO BLOG, e não perca nada mesmo;
  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

o que vestir no frio intenso em uma viagem

 

Buscando Curtidas...

Uma resposta para “O que vestir no frio intenso em uma viagem”

  1. […] transição em nossa mochila que ainda não é de equipamentos técnicos, o texto do blog mapa na mão, nos dá uma ótima referência de como trabalharmos a questão das cam…, muitas vezes com itens que já temos em nosso guarda roupas. Certamente servirá como base pra […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.