ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

São Francisco do Sul – guia completo de viagem

publicado em: 13/12/2018 atualizado em: 07/01/2019

São Francisco do Sul é um município encantador, situado no litoral norte de Santa Catarina. É a cidade mais antiga do estado e a terceira do Brasil. Aquelas pedras no chão respiram história. E além dos atrativos históricos, é dona de uma natureza exuberante e praias encantadoras. Fica comigo aqui que vou te contar o que fazer em São Francisco do Sul e te passar dicas imprescindíveis para que a tua viagem seja inesquecível. Este será o teu guia de viagem. Bora descobrir São Chico?

Antes, quero te convidar a assinar nossa newsletter e receber e-mails atualizados com todas as novidades e promoções do blog. Não quer mais receber? Simples, é só sair da lista a qualquer momento. Deixe seu e-mail no campo abaixo. Não compartilhamos seus dados com ninguém, pode ficar tranquilo.

São Francisco do Sul – se localizando e entendendo

Antes de passar o roteiro com dicas de o que fazer por lá, quero te situar para que entendas a cidade. São Francisco do Sul é composta por uma ilha que margeia a Baía da Babitonga de um lado e o Oceano Atlântico do outro, e pela parte continental.

Baía da Babitonga é um braço do mar cercado pelos municípios de Araquari, Balneário Barra do Sul, Garuva, Itapoá, Joinville e São Francisco do Sul. Há o encontro da água doce dos rios e da água salgada do mar ali. O ambiente é propício para a riqueza da fauna e da flora. Sabia que 75% dos manguezais catarinenses se encontram lá? Além disso, a baía é um refúgio de aves, peixes e golfinhos. É a maior baía navegável de Santa Catarina. Na época do descobrimento, a ilha de São Francisco se chamava Babitonga, que significa terra em forma de morcego, na língua indígena. Depois o nome passou a ser somente da baía.

São Francisco do Sul é um dos primeiros municípios do litoral norte de Santa Catarina.

mapa de sao francisco do sul

São Francisco do Sul SC – o que fazer

Por ser uma cidade antiga, possui um acervo de construções históricas. E por ser no litoral e ainda por cima conter uma ilha, também possui uma natureza linda e praias para vários gostos. Deixa eu te contar o que há para fazer por lá.

Centro histórico de São Francisco do Sul SC

Comece o passeio pelo Museu do Mar, que fica no canto direito do centro histórico. Aproveite para entrar neste museu e conhecê-lo melhor.

Museu do Mar

O prédio onde está localizado o Museu do Mar de São Francisco do Sul foi construído em 1903. Era um armazém de uma cia de navegação, a Cia Hoepcke. O museu conta com uma parte gratuita com miniaturas de embarcações e uma introdução do museu com a história da navegação. Também permite acesso à parte externa do prédio com vista para a Baía da Babitonga que fica nos fundos, do porto e de golfinhos, oin! No local há uma lanchonete com petiscos e bebidas e a vela do submarino Bahia, onde foi criada uma pequena praça, a Praça da Vela do Submarino Bahia.

Nós comemos batatinha frita em uma das mesinhas externas com vista para o porto, para os golfinhos e uma brisa deliciosa, que olha, deu vontade de ficar a manhã toda ali assim.

Já a parte paga conta com 18 salas com modelismo, ou seja, réplicas de embarcações em tamanho pequeno, artesanato naval e salas com embarcações brasileiras em tamanho natural. A mostra revela o estilo de vida dos usuários da navegação mais tradicional e artesanal, como indígenas e pescadores.

Há também uma sala dedicada ao navegador Amyr Klink, famoso por várias expedições, entre elas a travessia a remo do Atlântico Sul (1984). Lá  está disponível a canoa que ele ganhou quando criança.

Ingresso: R$ 5 e R$ 2 para estudantes (em 2018)

Não abre às segundas.

Saiba mais sobre o Museu do Mar com a Márcia do blog Casa de Doda.

 

museu do mar sao francisco do sul

Vela do submarino Bahia

museu do mar lanchonete

Que tal esta batatinha com esta vista?

museu do mar

Fachada do Museu do Mar

cardápio lanchonete museu do mar

Aqui o cardápio da lanchonete do Museu do Mar

Ruas do centro histórico de São Francisco do Sul

Após a visita ao museu, comece a caminhar pelo centro histórico. Próximo dele, do museu, fica o Centro de Informações Turísticas. Aproveite para pegar um mapa. Caminhe pela Rua Babitonga e vire à esquerda na Rua Fernandes Dias para conhecer o Parque Ecológico Municipal.

centro histórico sao francisco do sul

Coisa mais linda estas construções

Parque Ecológico Municipal

 

O parque é um local preservado em meio à cidade, com muitas árvores e vistas belas do centro e da baía. Há uma trilha de calçamento apropriada, inclusive, para cadeirantes. Caminhe observando a vegetação, ouvindo o cantar dos pássaros e apreciando a vista que se descortina em alguns momentos em clarões na mata.

Ah, a entrada para o parque fica dentro da Livraria & Sebo, logo após ao Hotel Zibamba e a atração é gratuita. Caso tenhas necessidades especiais, eles abrem um portão ao lado para a entrada.  Ele é aberto das 9h às 17h.

Continue pelas ruas, assim, sem pressa mesmo. Adoro caminhar despretensiosamente à caça de casinhas gracinhas ou de casarões mais imponentes, destes em estilo colonial, alguns coloridos, outros muito charmosos e outros lindos. Gosto de ficar pensando como seria a vida ali no tempo em que foram construídos. As pessoas, a vizinhança, as conversas. Um passeio delicioso que tenho certeza, vais amar também.

parque ecologico sao francisco do sul

Olha esta vista de um clarão no Parque Ecológico de São Francisco do Sul

Igreja Matriz Nossa Senhora da Graça

Ah, não deixe de ir até a Igreja Matriz Nossa Senhora da Graça. Ela iniciou como uma capela construída por espanhóis em 1553, depois de uma tempestade em alto mar rumo ao Rio da Prata. Em 1665, a igreja passou a ter o status de matriz e este é considerado o ano de sua construção. De lá para cá ela passou por algumas reformas, mudando, inclusive, a sua fachada. A atual começou a ser feita em 1926.

Entre, ela também é muito bonita por dentro. E a pracinha ao seu entorno também é uma graça. Ah, e tanto de dia, quanto de noite. Portanto, aconselho a passear pelo centro histórico de São Francisco do Sul de dia e também de noite, para vê-lo iluminado.

igreja nossa senhora da graça

Linda a Igreja Nossa Senhora da Graça

Mercado Municipal

Outro lugar que merece a tua visita é o Mercado Municipal. Ele fica na orla e foi construído em 1899. Hoje possui barraca de frutas, açougue, lanchonete, cafeteria e loja de artesanato. Nos fundos dele, mesinhas com bancos bem em frente à Baía da Babitonga. Sente ali e deixe a brisa acariciar teu rosto enquanto continua o encantamento com o lugar. Por muito tempo o Mercado Municipal foi o centro comercial da Ilha de São Francisco, onde eram vendidos diversos produtos agrícolas e artesanais.

Eu não sei quanto a ti, mas eu adoro conhecer estes mercados públicos antigos por aí. E apesar deste ser pequeno e não ter tantas opções de barracas e lojas, vale a visita por toda a sua história.

Caminhe pelo píer bem próximo ao Mercado Público. A vista das construções de lá é uma beleza e rende lindas fotos. E no inicío dele há uma feirinha de artesanato com muitos objetos feitos de conchinhas, além de outras coisinhas.

Barco pirata

Do píer de São Francisco do Sul saem passeios de barco pirata pela Baía da Babitonga. Vi por lá, bem próximo ao píer mesmo, lugares para venda de ingressos para o Holandês Voador, o Capitão Jack, o Ziriguidum e o Pérola Negra. Todos os passeios custam 40 reais (em 2018).

Nós fomos com o Holandês Voador, que era o único disponível no dia. Isto porque era uma segunda-feira e ainda não em altíssima temporada. O passeio dura aproximadamente 3 horas. Ele sai do píer e passa bem próximo do porto, onde podemos avistar os navios atracados, alguns sendo descarregados ou carregados, e outros aguardando. Também é possível ver a entrada na baía para os navios, também chamada de barra. Depois, o barco vai passando bem próximo a várias ilhas daquela região da baía. Ali, são 14 ilhas e somente uma é inabilitada, sem nenhuma construção. O guia vai contando curiosidades da localidade e frequentemente é possível avistar golfinhos.

Parada para almoço

No passeio iniciado antes do horário do almoço, o barco para na Vila da Glória, região continental de São Francisco, no restaurante do Zinho Batista, para a refeição. O restaurante é especializado em frutos do mar. O rodízio de frutos do mar custa R$ 75,90 e o almoço com frutos do mar, arroz, salada, maionese, farofa e pão caseiro com molho tártaro, custa R$ 48,90 por pessoa. Como eu e a filha somos vegetarianas, no lugar dos frutos do mar, veio uma omelete com o restante das guarnições. Para nós, o almoço custou R$ 18,90. O almoço é bem servido, mas senti falta da sobremesa. Vou deixar fotos do cardápio abaixo para tu ter uma ideia de valores.

Ponto forte do passeio de barco: a vista do centro histórico à medida que o barco ia se aproximando do píer no retorno. Lindo demais! A filha pediu para eu acrescentar aqui, hehehehehehe: “este passeio é muito massa!”

menu zinho batista

cardápio zinho batista vila da gloria

zinho batista vila da gloria

Comércio e onde comer no Centro Histórico

Principalmente na Rua Babitonga, que é a primeira rua da orla, há lojas de artesanato e souvenirs, roupas, chocolate de Joinville e comércio em geral. Ali também nesta rua há restaurantes, café, sorveteria, por sinal, uma da marca Paviloche que gosto muito. Pena que não deu tempo de provar o buffet dali. Também há venda de açaí e pizzaria. Do píer para o Museu do Mar há dois restaurantes maiores, bem na beira da baía. Um é o Deck 20 que vende pratos com peixes, picanha, frutos do mar e hambúrguer. Nós jantamos no Açoriano, um restaurante e pizzaria bem no centrinho, com bom preço. Fica numa das construções históricas.

cidade antiga sao francisco do sul

Museu Histórico

O Museu Histórico também faz parte do centro histórico, mas fica mais para o canto esquerdo. Se localiza a 800 metros do Mercado Municipal. Este museu está em uma das construções mais antigas da cidade. Sua construção foi iniciada no final do século XVIII. O local serviu de presídio e câmera de vereadores até 1968.

Nos fundos há uma salinha pequena que servia de solitária, para castigo aos presos que não se comportavam. É agoniante ficar lá dentro. O guia nos contou que durante a maré alta, a água batia na barriga dos presos. Pensa no desespero!

Dentro do casarão, quadros contando a história da cidade, das construções, do porto e das famílias que empreenderam na região. Além disso, objetos doados pelos moradores como máquinas de escrever, calculadora, máquina registradora, materiais de escritório destes empresários da história, e um elevador de navio em forma de cesta de vime.

Valores dos ingressos (em 2018):
  • Menores de 6 e maiores de 60 anos: grátis
  • Crianças até 12 anos: R$ 2
  • Adultos e adolescentes: R$ 3
  • Estudantes em grupo de escola: R$ 2

Veja mais detalhes do Museu Histórico no post do blog Casa de Doda.

museu histórico sao francisco do sul

Fachada do Museu Histórico de São Francisco do Sul

São Francisco do Sul praias

Tiramos um dia para conhecer as principais praias de São Francisco do Sul. Tem praia para tudo que é gosto e vale a pena conferir. Tem com ondas, tem com mar calmo, com muitas dunas, com pouca infraestrutura, com infraestrutura melhor, enfim, deixa eu te contar os detalhes de todas por onde passamos. Ah, e vou colocar em ordem geográfica, ou seja, em sequência, como está no mapa.

Praia do Forte

Além da praia em sim, há o Museu do Forte Marechal Luz. Dá para entrar com o carro para chegar lá em cima, onde fica o forte e o museu. O forte foi construído em 1915 e servia de base para a defesa do território. Ali no local há canhões e o museu com objetos do exército como granadas, lunetas, objetos de medição e fotos.

Ao lado do estacionamento há uma escada que leva a um mirante do forte, com vista muito bonita do mar. Não deixe de subir.

A praia é muito bonita, uma pequena enseada sem infraestrutura no mar em si. Mas na estrada que leva à Praia do Forte, há comércio, mercado, restaurantes e uma boa infraestrutura. Inclusive, um casal que conhecemos lá no forte, nos indicou um restaurante bom e com preços até ok. O Restaurante e Pizzaria do Rui. Claro que fui lá tirar fotos do cardápio para te mostrar. Estão aqui abaixo.

Ingresso do Forte: R$ 2 por pessoa acima de 12 anos.

Saiba mais sobre o Forte Marechal Luz.

praia do forte sao francisco do sul

cardápio rui praia do forte

menu restaurante do rui

menu rui praia do forte

Praia do Itaguaçu

A Praia do Itaguaçu fica a 2 km da Praia do Forte. Esta praia tem o mar um pouco aberto e, por isso, mais ondas. A água do mar é clara e é uma praia mais de veranistas, pois possui muitas casas de veraneio. Na rua beira-mar há lanchonetes, sorveteria e quiosques que vendem milho verde, caldo de cana, lanches, açaí, água de coco, picolé. Os quiosques estava fechados quando ali estivemos agora, no início de dezembro. Devem abrir na alta temporada. Há chuveiros na casinha dos salva vidas.

praia Itaguaçu sao francisco do sul

Praia do Itaguaçu

Praia de Ubatuba

A Praia de Ubatuba fica coladinha à do Itaguaçu e ambas são similares. Porém, não vi restaurantes na beira-mar. Mas na segunda rua a partir do mar, a SC 415, há comércio em geral. Lanchonetes, restaurantes, sorveterias, açaí, pousadas, lojas de roupas, de artigos de praia, etc. No mar, vegetação de restinga preservada.

Praia da Enseada

Esta foi a minha praia favorita. Primeiro, porque gosto de mar calmo e o mar da Praia da Enseada é claro, calmo, com boa faixa de areia branca. Segundo, porque tem uma ótima infraestrutura. Na beira-mar há quiosques com churros, milho verde, cachorro quente, água de coco, crepes, lojas em geral e até supermercado. E na segunda rua a partir do mar, um comércio ainda mais agitado e diversificado.

Amei também o fato de ter estacionamento público bem em frente ao mar e parquinho com balanços, escorregador e outros brinquedos para as crianças, rede de vôlei e chuveiros.

Na alta temporada há também aluguel de caiaque, stand up, cadeiras de praia e guarda sóis.

praia da enseada sao francisco do sul

Praia da Enseada – um charme os barquinhos, uma delícia esta praia

Praia do Molhe

Esta praia em São Francisco do Sul é uma pequena enseada, ao lado da Transpetro. É necessário estacionar em frente à Transpetro e caminhar até a Praia do Molhe. É uma caminhada bem curta. Como falei, é uma enseada pequena de mar calmo e sem infraestrutura.

Algo bem legal para fazer por ali, é subir uma escadaria bem no início da caminhada para o mar. A escadaria fica do lado direito e possui placas de identificação. São 226 degraus e mais uma trilha, num total de 1 km, para chegar ao mirante de onde se avista o mar, barcos e navios, muita vegetação e pedras. Vale a subida e a dor nas panturrilhas no outro dia, hehehe.

praia do molhe sao francisco do sul

Enseadinha linda também

Prainha

A Prainha é uma enseada com ondas. Por isso é a praia preferida dos surfistas. Além disso, é uma enseada muito bonita. E nas proximidades há bares e restaurantes.

prainha sao francisco do sul

Praia Grande

A Praia Grande é extensa. É a maior praia de São Francisco do Sul. Por isso dá a impressão de ser um mar aberto, porque é uma enorme enseada. É uma praia com ondas, também utilizada por surfistas. No início desta praia há casas de veranistas e as pedras formam uma pequena enseada de mar um pouco mais tranquilo. Ali há salva vidas e quiosques que vendem lanches e petiscos e hamburgueria. Mas continuando a percorrer pela estrada da beira mar, logo a praia fica deserta, sem casas ou infraestrutura e com belas dunas.

Bem, eu não falei de todas as praias de São Francisco do Sul. Quando se fala em São Francisco do Sul praias, existem também as mais próximas do porto, como a Praia dos Ingleses, a Praia da Figueira, a Praia do Salão, a Praia do Calixto e a Praia do Capri. Porém, como não tivemos tempo, acabamos indo conhecer as indicadas pelo setor de informações turísticas.  Se tu já foi nestas outras que não conhecemos, conta pra gente nos comentários. Vou amar saber se elas também são lindas como as demais.

Praia Grande sao francisco do sul

Este pôr do sol nas dunas estava especial

Vila da Glória – parte continental de São Francisco do Sul

O hotel onde nos hospedamos fica na Vila da Glória. Então, aproveitamos para conhecer este lugar, que é uma comunidade pequena, mas bem aconchegante. A maneira mais fácil de chegar e sair da Vila da Glória é pelo ferry boat de São Francisco ou pelo ferry de Joinville. Além de ser mais rápido, a paisagem e o passeio nas balsas encantam.

Próximo do ferry boat para São Francisco do Sul, há bares, sorveteria, restaurantes, padaria e mercado. Além disso, a vista da Baía da Babitonga ali é encantadora, um tanto quanto bucólica.

O que fazer na Vila da Glória

  • Conhecer a Vila da Glória em si, esta pequena comunidade tipicamente composta de pescadores. Aproveitar o seu ar tranquilo, e o lindo cenário natural composto pela Baía da Babitonga de um lado e a Serra do Mar do outro. Além disso, a vila é perfeita para os amantes do ecoturismo, de caminhadas, cicloturismo e cavalgada;
  • Conhecer a Igreja Nossa Senhora da Glória, fundada em 1855;
  • Cachoeira Casarão: esta cachoeira fica na propriedade da família Bachneyer. Para fazer a trilha de acesso a ela, é preciso pagar uma taxa à família no valor de R$ 10 por pessoa (em 2018). No local há o casarão construído pela família em 1901, em estilo alemão. Uma pena não conservarem a construção, que está um pouco abandonada, pois também é uma atração no local. Para ver o casarão por fora e tirar fotos, não é preciso pagar. A taxa é somente para acessar a trilha e chegar à cachoeira;
  • Procurar casas e construções antigas, algumas em estilo colonial;
  • Aproveitar os restaurantes, na maioria especializados em frutos do mar, na rua que margeia a baía.

Dica de restaurante simples e barato: Assadão, este é o nome. Ele fica quase em frente à Igreja Nossa Senhora da Glória. É um lugar simples, mas muito acolhedor. Aproveite para conversar bastante com o seu Amarildo, o proprietário, e descobrir curiosidades da região.

casarão cachoeira vila da gloria

Este é o casarão antigo da família Bachneyer

Itapoá

Itapoá, pelo litoral, é a cidade mais ao norte de Santa Catarina. Possui 32 km de praias. O Porto de Itapoá chama a atenção no Pontal Norte da praia, no sul da cidade. Ficamos alguns minutos parados para ver o embarcar e desembarcar de contêineres de um enorme navio. Nas proximidades do porto, na alta temporada, há saídas de barco para passeio. Verifique no local se há vendas de ingressos e também os horários. Também próximo deste local, bem na beira-mar, há um farol branco e vermelho e um local bem legal para banho.

Um salva vidas nos contou que Itapoá em Tupi Guarani significa pedra que surge. No centro da praia há o marco da cidade, que indica para uma pedra no meio do mar. No dia, com a maré alta, não conseguimos ver a pedra. Mas em momentos de maré mais baixa, a pedra surge. Daí o nome da cidade.

Mais ao norte da cidade, a praia é mais bem estruturada e movimentada. Há mais casas de veraneio, comércio, sorveterias, farmácias, mercado, restaurantes.

farol itapoa

Este farol em Itapoá é muito fotogênico e esta pequena enseada é gostosa para banho

Cidades turísticas e lindas da região

São Francisco do Sul fica em uma região belíssima do estado de Santa Catarina, onde há muitos lugares maravilhosos para se conhecer. Assim, aumentando a estada por lá, dá para pensar em fazer um bate-e-volta a outras cidades, ou de repente, mudar o pouso e aproveitar bem toda a região do estado. Deixa eu te passar algumas sugestões que não são exaustivas, ok? Podes pesquisar e aproveitar muito mais.

Joinville

Joinville é a maior cidade do estado de SC e é conhecida por alguns fatores. Ela é uma cidade rica e industrial, a “Manchester catarinense”. É sede da única escola de balé bolshoi fora da Rússia e, por isso, sedia o maior festival de dança das Américas. É conhecida como a cidade das flores. E foi dote de um príncipe. Sem dúvida, um lugar muito interessante para se conhecer nas redondezas. Leia aqui nossas sugestões de o que fazer em Joinville e veja como vale a pena. Joinville está a apenas 58 km de distância de São Francisco do Sul.

Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul já é uma cidade menor e faz parte do Vale Europeu de Santa Catarina. Foi colonizada principalmente por alemães, italianos e húngaros. Uma graça de cidade envolvida por montanhas e muito verde. Aqui contei sobre as 3 melhores atrações de Jaraguá do Sul. Veja se te agrada e pense em inclui-la no roteiro. Jaraguá do Sul está a 62 km de São Francisco do Sul.

Pomerode

Ai minha nossa, eu sou apaixonada por este lugar. Por isso te convido a incluir Pomerode na viagem. Sabia que ela é apelidada de cidade mais alemã do Brasil? A cultura alemã está muito presente na cidade. Podemos percebê-la na arquitetura, na alimentação, na língua ainda aprendida, e em outros aspectos. Vou deixar tu descobrir como é uma graça este lugar conferindo aqui o que fazer em Pomerode. Ah, ela fica a 95 km de São Francisco do Sul.

Blumenau

Blumenau é famosa pela Oktober, festa originária da Alemanha, que ocorre todos os anos em outubro. Mas a cidade merece a tua visita em qualquer época do ano, porque é uma graça. Por isso, vou deixar aqui para ti um roteiro de 1 dia com dicas de o que fazer em Blumenau, mais uma cidade pertencente ao Vale Europeu catarinense. Blumenau fica a 111 km de São Francisco do Sul.

Balneário Camboriú

Umas das cidades praias mais lindas e movimentadas de Santa Catarina. Amo demais Balneário Camboriú. Bem, acho difícil alguém não amar, hehehehe.

Então, ela fica a 109 km de São Francisco do Sul e dá para chegar em mais ou menos 1h30min. O Beneth do blog Tire a bunda do sofá deixou dicas bem legais de o que fazer em Balneário Camboriú. Dá uma olhada aí.

Itapema

Mais uma cidade animada com praias fantásticas, Itapema. Eu amo o mar deste lugar de águas calmas e cristalinas. Itapema fica bem pertinho de Balneário Camboriú, a 122 km de São Francisco do Sul, e vale a pena conferir. Bom, vou deixar aqui um guia completo de Meia Praia, uma das praias de Itapema, para mim, a melhor.

Bombinhas

Eu tenho um caso de amor com Bombinhas. Sou suspeita mesmo e já vou dizendo. É uma das melhores e mais lindas praias do mundo. E olha que tem muita praia por lá. São mais de 30! Bom, aqui contei como é cada uma das melhores neste post sobre o que fazer em Bombinhas – praias. E caso não te contentes somente com estas lindas praias, há também as  trilhas de Bombinhas, que são especiais e legais e outras atrações que coloquei aqui neste artigo sobre  o que Bombinhas tem além de praias. Aproveite! Ela fica a 146 km de São Chico.

Onde nos hospedamos em São Francisco do Sul SC

Nestes dias aproveitando a região, nos hospedamos nesta pousada em São Francisco do Sul, a Pousada Recanto Indaiá. É um lugar gostoso, tranquilo, no meio da mata, com muita natureza, muito verde e uma vista inesquecível. Leia ali todos os detalhes da pousada. E caso queiras reservá-la ou ver valores da estada, clique no quadrinho abaixo:

Pousada Recanto Indaiá

pousada em sao francisco do sul

Onde se hospedar

Agora, caso queiras ficar em outro hotel ou pousada na cidade, fizemos uma seleção ordenada pelas principais escolhas do site. Porém, logo no início, antes dos hotéis, podes escolher outros filtros como preço mais baixo primeiro, distância do centro da cidade, estrelas, e outros. Na coluna laranja à esquerda, preencha os campos com a data da entrada e da saída, o número de quartos, de adultos e crianças e clique em pesquisar. Só depois escolha o filtro que mais te agrada. Escolha o hotel clicando nele e finalize a reserva. E use esta mesma pesquisa para qualquer outra cidade da tua viagem. Qualquer dúvida, é só mandar nos comentários lá embaixo. A seleção está no quadrinho abaixo. Clique e confira:

Veja aqui hospedagem em São Francisco do Sul

Como chegar

De carro

Vindo do sul ou do norte de Santa Catarina, pela BR 101, principal rodovia litorânea do estado, acesse a SC 280, sentido Araquari, litoral do estado. Então, é só seguir por esta rodovia estadual, a SC 280, até chegar na ilha de São Francisco do Sul.

Agora, para acessar a Vila da Glória, que é a parte continental da cidade, caso tu fiques hospedado por lá, como nós, siga estas sugestões:

Vindo do sul

Caso venhas de carro do sul de Santa Catarina, ou mesmo do norte e queiras atravessar a baía de balsa, venha pela BR 101 até o Km 34A e entre na cidade de Joinville, sentido aeroporto. Siga em direção ao aeroporto de Joinville. Vais ver placas indicando o ferry boat. Então, seguindo pela Av. Santos Dumont, numa rótula, vire à esquerda para a Rua Tuiuti. Mais em frente, vire à direita para a Rua Dorotóvio do Nascimento. Siga por esta rua até dobrar à direita na Rua Profeta Isaías. Mais em frente esta rua se transforma em Estrada João de Souza Mello e Alvim. Siga nela e chegarás no ferry boat. Vais andar um trecho pequeno perto da balsa em estrada de chão.

A balsa leva aproximadamente 15 minutos para atravessar de Joinville para a Vila da Glória. Já é um passeio muito bonito.

Vindo do norte

Caso tu venhas de cima, como do Paraná, por exemplo, siga pela BR 101 até Garuva, em Santa Catarina. Entre para o litoral e siga pela SC 415 sentido Porto de Itapoá. Siga sentido o porto e depois pela estrada de chão até a estrada para Vila da Glória. São 10 km de estrada de chão até chegar à Vila. O asfalto então volta em algum momento.

De avião

O aeroporto mais próximo de São Francisco do Sul é o de Joinville, o Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola. Fica a 70 km de São Francisco do Sul.

Depois tem o Aeroporto Internacional de Navegantes, a 96 km de distância. Como ele fica mais ao sul, alugue um carro e siga as informações do tópico anterior, de carro.

O Aeroporto Internacional de Florianópolis, Hercílio Luz, fica mais longe, a 199 km, mas, de repente, seja uma melhor opção, dependendo de onde venhas, pelas variedades de opções de voos.

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhas, grande Curitiba, fica a 165 km de São Francisco do Sul.

Chegando de avião, sugiro alugar um carro. Aí, pule para o próximo tópico que te explico melhor.

cachoeira casarão

Cachoeira no casarão na Vila da Glória

Como se locomover em São Francisco do Sul SC

Caso não vás de carro próprio, aconselho alugar um. Isto porque é interessante estar de carro e poder aproveitar toda a região de Itapoá, São Francisco do Sul e as cidades com grande importância turística de Santa Catarina próximas, que te deixei como sugestão mais acima. O carro vai te dar mais liberdade e comodidade para aproveitar bem a viagem, até porque, infelizmente, o transporte público por aqui ainda deixa bem a desejar. Veja no quadro abaixo opções de aluguel. A Rentcars faz cotação em várias empresas. Assim, podes encontrar preços bem interessantes:

Pesquise um carro aqui

Clima

Como toda Santa Catarina, São Francisco do Sul tem as estações do ano definidas com inverno frio e verão quente. As chuvas são bem distribuídas e, no verão é mais comum chover do meio da tarde em diante, as conhecidas chuvas de verão. Não há época de seca ou época de muitas chuvas. O mar é frio no outono e inverno.

Quando ir

São Francisco do Sul é um lugar de natureza exuberante e muito bonita e por isso, vale visitá-la em qualquer estação do ano. No entanto, se tu faz questão de um banho de mar, prefira a primavera e melhor ainda, o verão, pois as águas no sul costumam ser frias nas outras estações do ano. Mas saibas que no verão a cidade é muito agitada e lotada, quando o número de pessoas triplica.

Quanto ao comércio em geral, no verão funciona a todo vapor. No inverno, algumas lojas e restaurantes podem não abrir e passeios como o barco pirata não funcionar. Aluguéis de caiaques, pranchas, stand up, etc, não funcionam no inverno.

Quantos dias ficar

Para conhecer o centro histórico de São Francisco do Sul e dar uma passada nas praias, 2 dias inteiros seria o mínimo. Para aproveitar com mais calma, pegando também o barco pirata e conhecendo a Vila da Glória, 3 dias. Agora, se queres aproveitar as praias para tomar banho de mar, ficar assim mais relax, conhecer lugares próximos, pense em ficar mais dias. O céu é o limite, baby.

Roteiro personalizado e assessoria de viagem

Queres facilidade e um roteiro personalizado de o que fazer em Santa Catarina, ou para qualquer lugar do mundo? Sabia que o Mapa na Mão faz roteiro completamente personalizado? 100% de acordo com o teu gosto, com sugestão de lugares para comer, de como se locomover e com dicas especiais? Também podemos te ajudar a encontrar hospedagem que caiba no teu gosto e bolso e sem custo algum, além de passagens aéreas. Deixa um comentário abaixo ou nos envie um e-mail: contato@mapanamao.com ou mapanamaoviagens@gmail.com. Também podes entrar em contato através de nosso Whatsapp: 48 99816-8535. Saiba mais detalhes clicando no quadro abaixo, e viaje sem passar trabalho:

Assessoria de viagem

Segurança em São Francisco do Sul

Em momento algum passamos por situação de medo. São Francisco do Sul, principalmente no centro histórico e na Vila da Glória, é uma cidade tranquila. Claro que em todo lugar do mundo sugiro que cuides dos teus pertences pessoais como bolsas, mochilas, celulares, mas andamos por toda a cidade à pé e de carro sem receio, inclusive à noite.

vila da gloria sao francisco do sul

Casa charmosa na rua principal da Vila da Glória em estilo colonial

Monte as tuas viagens aqui

Agora que tu já sabes o que fazer São Francisco do Sul – SC, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar a tua viagem! NÃO PAGAS NADA A MAIS POR ISSO e ajudas a manter nosso trabalho de pé! E reservando com nossos parceiros, consegues ótimos preços e qualidade:

É só clicar nos quadros logo mais abaixo e pesquisar. Vou te deixar umas dicas:

Hotel ou apartamento: o Booking buscará opções para o lugar pesquisado e podes comparar preços e qualidade. Uma dica: dê uma olhada nas avaliações dos hóspedes antes de escolher. Está sem tempo ou com preguiça? Nós procuramos para ti sem custo. Ah, podes ainda fazer uma reserva com opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Então, garanta a tua reserva agora mesmo!

Aluguel de carro: site irá buscar os melhores preços em diversas locadoras, o que é muito legal. Podes pagar em real, sem a cobrança do IOF. Vais garantir carros mais baratos alugando com antecedência. Ainda, podes parcelar em 12 vezes no cartão ou pagar no boleto com 5% de desconto.

Seguro Viagem: olha só, com a Seguros Promo, utilize o nosso cupom MAPANAMAO5 e ganhe 5% de desconto. É legal cotar nas duas empresas dos quadros abaixo (Real e Seguros Promo) para escolher o melhor. Ah, e por experiência própria, os valores destes dois sites geralmente são melhores que de agências, isso porque eles cotam em várias seguradoras. O pagamento pode ser em até 12 parcelas no cartão ou com mais desconto no boleto. Ficou com alguma dúvida? Clique e leia aqui tudo sobre seguro viagem.

Chip para celular: chegue tranquilo com o celular funcionando no teu destino. Comprando pelo link do Mapa na Mão, é só incluir o código de cupom RBBVGRATIS e não vais pagar frete! Queres saber se vale a pena ou não sair do Brasil com chip? Leia aqui tudo sobre o chip internacional da Easysim4U.

Passeios e atrações pelo mundo afora: compre antes da viagem para evitar filas, o término dos tickets e surpresas no orçamento. Temos 3 parceiros ali abaixo: Get Your Guide, Tiqets e Touron. Clique e confira!

Câmbio (compra de moeda): faça uma proposta para a agência de câmbio da tua cidade. Caso ela aceite a proposta, vais receber um e-mail confirmando. Corra para finalizar a transação e garantir o valor. Além de comprar moeda com valores melhores, no final da negociação vais receber um email com cupons de desconto para alguns produtos. Então, confirme que queres finalizar a compra através da proposta feita no site Melhor Câmbio.

Posts Relacionados

Curtida

2 respostas para “São Francisco do Sul – guia completo de viagem”

  1. […] deixar aqui um guia completo de São Francisco do Sul para que tu conheça melhor este encanto de […]

  2. […] E para saber o que fazer em São Francisco do Sul, é só clicar aqui e se apaixonar. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.