ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

Sítio Rio do Rastro – uma delícia ao pé da serra mais linda do Brasil

publicado em: 30/05/2017 atualizado em: 23/10/2018

Domingo chuvoso, bem daqueles dias azedos que pedem um cobertor, um filminho e nada para fazer. Mas, pera lá! Não tínhamos combinado ir ao Sítio Rio do Rastro para experimentar aquele café colonial? Vamos com chuva e tudo, oras bolas. Afinal, não temos fogo nos pés e amamos conhecer lugares novos e comer delicinhas? Simmmm! Então, vamos!!

E quer saber? Vou te contar: foi igualmente especial e delicioso este domingo cinzento e molhado porque o ambiente do café colonial é rústico e aconchegante, lembra um sítio gostoso da vovó, com fogão à lenha trepidando, ai, ai, ficaria ali a tarde toda.

Os quitutes do Sítio Rio do Rastro:

No Sítio Rio do Rastro há uma mesa de encher os olhos com frios, um doce de leite bem do jeitinho que eu adoro (daqueles mais escuros tipo uruguaio), uma nata diva, pães, pão de queijo, biscoitos, rosca de polvilho, cavaquinho (para nós… por aí, cueca virada ou orelha de gato), cuca alemã, salgadinhos como coxinha e pastel, waffle, bolos de cenoura, de chocolate e outros, torta salgada e tortas doces de sair lágrimas dos olhos – neste dia tinha de maracujá, prestígio, morango com chocolate, de frutas e de brigadeiro.

No fogão à lenha, minestra, caldo verde e pinhão. Para beber, sucos, chocolate quente muito gostoso (daqueles cremosinhos, sabe?), café e leite, além de bebidas prontas como refrigerante e água.

Olhe as fotos e segure as lágrimas. Ou vá lá correndo e sorria à toa…

O lugar:

O lugar é, assim como os quitutes, uma delícia. É um sítio ao pé da serra. Mas não estou falando de qualquer serra. Estou falando da Serra do Rio do Rastro (leia aqui), um dos lugares mais lindos do Brasil. Aí já podes imaginar que o lugar é lindo, que o passeio será incrível e que teus olhos verão muito verde, paz e tranquilidade. Nos dias de sol, o pessoal do café coloca redes de balanço nas árvores para que os clientes possam descansar após ou antes da comilança.

O local onde serve o café colonial é uma casa de madeira, rústica e bem aconchegante com seu fogão à lenha. Enfim, um lugar bem familiar e gostoso.

Horário de funcionamento:

Abre aos domingos, das 14h às 19h.

Valor:

O valor do buffet livre é de R$ 30 por pessoa e criança até os 12 anos paga meia.

Localização:

O Sítio Rio do Rastro está localizado na Estrada Geral Rio do Rastro, em Lauro Müller, Santa Catarina. Na SC-390, rodovia que vai de Lauro Müller à Serra do Rio do Rastro, passando a Polícia Rodoviária Estadual de Guatá, aproximadamente 600 metros, vire à direita (logo após a placa da foto abaixo), na próxima à esquerda e siga. Na bifurcação em seguida, a uns 500 metros, continue à direita e mais adiante, chegarás ao café.

Contato:

Facebook: Sítio Rio do Rastro – entra lá e curte a página para conferir as delícias.

Telefone: (48) 99681-1133

Instagram: Sítio Rio do Rastro – segue lá e confira as fotos.

Agora temos mais uma opção deliciosa próximo da nossa querida serra catarinense. Aproveite na ida até lá, na volta da serra ou vá somente para desfrutar do café e da paisagem mesmo e conhecer Lauro Müller no pé da serra. Tenho certeza de que vais amar, como nós amamos. Depois me conta se não estou falando a verdade. Mas me conta, tá?

Bom, como sei que gostas de um bom lugar para comer, não deixe de ler também:

Fluss Haus Café Colonial

Dona Ciclana Café Colonial em Florianópolis

Fairyland Cupcakes

Café Colonial Strudel Haus

Agora que já conheces uma delícia de opção de passeio e café colonial em Lauro Müller, o Sítio Rio do Rastro, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui e saiba tudo sobre seguro neste postCom certeza, ótimos preços.

Câmbio (compra de moeda): esta é uma novidade do blog. Através deste link, você pode encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

Michela

Este não é um publieditorial. O Mapa na Mão fez uma parceria com o Sítio Rio do Rastro, porém a opinião acima relatada é independente, pois nossas avaliações são livres e expressam nosso ponto de vista.

Buscando Curtidas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.