ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

O lugar que mais gostei na última Eurotrip – sugestão de roteiro pela Europa

publicado em: 05/10/2017 atualizado em: 05/10/2017

Sempre que viajamos para algum lugar que envolve mais de uma cidade ou país a pergunta na volta é inevitável: qual foi o lugar que mais gostaste? Acho que a curiosidade acontece porque as pessoas querem se inspirar para ir acrescentando lugares incríveis à lista de desejos.

Neste ano fomos a quatro países: Bélgica, onde visitamos Bruxelas e Bruges, Holanda, onde ficamos em Amsterdam, Dinamarca, conhecendo Copenhage e Alemanha, passando por Berlim, Füssen e Frankfurt. E com tanta diversidade, é normal que surja todo esse interesse em saber como foi, o que fizemos e do que mais gostamos. Mas vou confessar, quando a viagem é incrível, dói no meu coração ter de eleger um lugar que mais gostei. E não foi diferente nesta Eurotrip. Cada destino ficou guardadinho na minha memória e parece que vou trair algum se disser que gostei mais de outro. Mas vou tentar transmitir o que senti em cada um e fica então este post como sugestão de roteiro pela Europa. Vamos viajar um pouquinho pelo Velho Continente?

Bélgica:

Nós compramos a passagem de ida e volta do/para o Brasil por Frankfurt porque para lá estava em promoção e decidimos que deixaríamos para conhecer a cidade alemã na volta. Assim, depois da passagem comprada, começamos a preparar nosso roteiro. Nunca tínhamos ido à Bélgica. Opa, é para já! Até porque lá tem waffles, chocolate belga e batata frita baby, kkkkkk, a gulosa falando. Pegamos um trem de Frankfurt para Bruxelas e lá dormimos três noites neste hotel (para saber mais sobre o hotel, clique aqui).

Bruxelas:

O que vou te falar sobre Bruxelas? Bem, é um lugar a se conhecer, com certeza. De todos os destinos desta viagem, talvez tenha sido um dos menos impactantes, mas tem sua beleza e sua importância neste roteiro. Amei conhecer a Grand Place e regiões próximas, por exemplo, e o que talvez tenha decepcionado um pouco foi que saindo das regiões turísticas, a cidade perde um pouco a beleza, mas quem nunca né? Nem tudo é perfeito por lá, mas não me arrependo e voltaria, com certeza, talvez só pela Grand Place já valeria a pena, pois esta é uma das praças mais linda que já vi na vida.

Aqui podes conferir tudo o que fizemos em Bruxelas.

E aqui, onde se hospedar em Bruxelas caso não querias ficar no hotel onde ficamos e que mencionei ali acima.

Bruxelas Bélgica

Royal Palace of Brussels – Bruxelas

Bruges:

Ah, agora tocou profundamente no meu coração. Pergunta para o meu marido o que eu falei quando lá pisamos? Eu não tenho vontade de morar fora do Brasil, mas em Bruges larguei esta frase: olha, aqui eu moraria! Que lugar encantador. Tudo é perfeitinho, tudo é lindo, uma tranquilidade que só. Então, se eu posso te dar um conselho, estando em Bruxelas, não deixes de incluir Bruges no roteiro, onde dá para fazer um bate-e-volta de trem, como fizemos, pois é perto. E caso queiras aproveitar com calma a cidade, cogite dormir uma noite por lá.

Leia aqui como chegamos em Bruges e o que fizemos por lá em um roteiro de 1 dia.

E aqui, onde se hospedar em Bruges se não ficares em Bruxelas.

Bruges Bélgica

Pelas ruas e canais de Bruges, Bélgica

Amsterdam:

Eu contei neste post como viajamos bem barato de Bruxelas para Amsterdam. Agora vou confessar: esta foi uma das cidades mais incríveis do roteiro 2017. Amsterdam é linda, vibrante, viva, com muitas coisas que eu adoro, como canais, construções históricas preservadas, parques, tulipas, ah, amo tulipas, enfim, há opções para todos os gostos.

Fizemos cruzeiro pelos canais, fomos ao Museu Anne Frank que é imperdível (a propósito, a Letícia está devendo um post sobre este museu, mas sabe como é adolescente né? Mas prometo que um dia ele sai), nos balançamos no topo de um edifício de 100 metros de altura, enfim, nos divertimos muito. Tudo é perfeito? Não. Há bastante agito, principalmente à noite e regiões no centro histórico inapropriadas para crianças. Mas basta evitá-las, caso prefiras assim. O transporte público é uma maravilha e o vai e vem das bikes, um encanto.

Um conselho: leia neste post tudo o que aproveitamos em Amsterdam para ter uma ideia do que estou falando.

Dormimos neste hotel em Amsterdam. Agora, caso queiras escolher outro, é só clicar aqui.

Amsterdam holanda

Em uma rua residencial, ao lado de um canal, em Amsterdam

Copenhague:

Viajamos de voo low cost de Amsterdam para Copenhague e valeu a pena pela distância e pelo preço – confira aqui como foi. Eu insisti com o marido de irmos a Copenhague nesta viagem, pois eu tinha muita vontade de conhecer esta cidade da Dinamarca – Dinamarca parece chique, né? heheh, não podia ficar de fora. Bem, apesar do roteiro apertado com tantos países a se visitar, pergunta para mim se me arrependo de ter incluído Copenhague. Pergunta! Ok, vou responder. Faria tudo de novo.

Copenhague é organizada, linda, também vibrante apesar do frio de doer. Ah, e ainda fomos presenteados por dois dias de neve constante. Foi a cereja do bolo! Não me lembro de ter visto nada feio por lá e indico – vá sem medo. Também fizemos um cruzeiro inesquecível, passeamos por parques, um completamente branquinho de neve, coisa mais linda, vimos a Pequena Sereia, a estátua, claro, construções e paisagens deslumbrantes. Ela só tem um defeitinho – é um pouco cara, mas dá para passear sem deixar as calças em garantia. Descobrimos até um restaurante que foi uma pechincha com nosso faro mão de vaca! (conheça a subseção Mão de vaca na seção Economize ali no cabeçalho).

Bom, leia tudo o que vimos lá neste post aqui.

Ficamos neste hotel com ótimo custo benefício e eu recomendo. Mas se queres te hospedar em outro, clique aqui.

Copenhague Dinamarca

Amalienborg – residência oficial de inverno da família real em Copenhague

Alemanha:

De Copenhague, também voamos em uma low cost até Berlim. E apesar de eu nunca ter feito aqueles planos de ir a Berlim o quanto antes, até porque a Alemanha não estava no topo dos meus lugares favoritos a conhecer na vida, vou te contar, esta cidade é mara e me ganhou.

Berlim:

Berlim foi uma grata surpresa. Surpresa porque eu não sonhava no fundo do meu coração em conhecê-la, mas me encantou. Por que não fui antes? Mas isto é bom para quebrar os preconceitos, né? Prepare-se para viver intensamente muita história, se deparar com lugares bonitos, emocionantes e ainda aproveitar uma das coisas que a Alemanha tem de melhor – o bom preço. Ah, e o Portão de Brandemburgo, como é deslumbrante! E fora tudo isso, Berlim é um livro de história a céu aberto. Muito legal mostrar para a filha pessoalmente o que ela já ouviu e leu por aí. Apesar de ter sido o lugar mais frio deste roteiro – até hoje não sei como resistimos, hahahahah – eu faria tudo outra vez. Berlim é imperdível também.

Não deixe de ler aqui nosso roteiro por Berlim.

Nos hospedamos neste hotel em Berlim, com um bom preço, por sinal. E podes escolher outro à vontade clicando aqui.

Berlim Alemanha

O Portão de Brandemburgo

Füssen:

Conhecer o Castelo de Neuschwanstein era um sonho de consumo nosso. Já havíamos perdido a oportunidade de irmos até lá na nossa primeira viagem à Alemanha e sabes por quê? Por causa da maldição da baixa temporada. O que, nunca ouviste falar? Então leia aqui e descubra. Bem, desta vez estávamos nós novamente na Alemanha e eu não podia deixar de conhecer o castelo da Cinderela, né? E apesar de termos ido de novo na baixa temporada porque ainda não fiquei rica, hehehehe, desta vez conseguimos realizar este sonho.

E o que isto tem a ver com Füssen, Michela? Füssen é a cidade base do castelo, minha gente. E não é que parece uma cidadezinha de conto de fadas? Ah, tudo a ver com o castelo da princesa! Que lugarzinho encantador. Saiba porque me arrependi o zóio da cara por ter ficado tão pouco tempo por lá, lendo este post sobre Füssen.

Agora deixa eu te contar um segredinho. Com nosso ultramegasuperblaster (como diz minha amiga Raquel) faro econômico, descobrimos uma cidade próxima para nos hospedarmos e ficamos neste hotel. É que os de Füssen são meio carinhos. Mas caso queiras ficar em Füssen, clique aqui, escolha e sejas feliz.

Füssen alemanha

Centro histórico de Füssen

Frankfurt:

A viagem estava uma delícia, mas em algum momento teríamos de voltar para a realidade né não? E nosso voo de volta partiria de Frankfurt. Assim, pegamos nosso carro e viajamos de Füssen até Frankfurt. Ô, mas espera aí. Não vamos só pegar o avião e zarpar embora, certo? Já que estamos na Alemanha, e não é todo dia, vamos dormir duas noites em Frankfurt e conhecer esta cidade que não estava nos planos próximos, mas como não gostamos de perder uma oportunidade, lá fomos nós.

E não é que Frankfurt é também um destino a se pensar? Gente, é legal, é bonita, é maravilhosa para umas comprinhas, é alegre, enfim, não havíamos escolhido Frankfurt, mas ela nos escolheu e soubemos aproveitar como pudemos.

Agora sei que ficaste louco para saber mais sobre este destino alemão. Então clique aqui e divirta-se conosco.

Nos hospedamos neste hotel em uma cidade vizinha a Frankfurt. Caso queiras outro, clique aqui e avalie o que mais te agrada.

Frankfurt alemanha

Pelas praças de Frankfurt

E assim montamos o nosso roteiro da viagem pela Europa deste ano que deixo aqui como sugestão. Gostei de tudo tudinho. Faria tudo outra vez e da mesma forma. Se me arrependo de ter ido a algum lugar? Não. Agora, respondendo à pergunta inicial, difícil dizer qual foi o lugar que mais gostei nesta viagem. Cada um tem seus encantos e problemas, suas belezas características e seus defeitinhos. Mas vou tentar colocar mais ou menos na ordem do mais para o menos. Aí vai:

Amsterdam é top de linha. Copenhague é chique e organizada. Bruges parece casa de boneca. Berlim, emocionante. Füssen abriga o castelo dos meus sonhos. Bruxelas é dona de lugares imperdíveis a se conhecer. Frankfurt tem seus encantos e, embora esteja em último lugar, algum teria de ficar né, vale a pena colocá-la na lista. Na dúvida, vá a todos e depois me conta de qual mais gostaste, combinado?

sugestão de roteiro pela europa

Atomium em Bruxelas

Seguro Viagem:

Para viagens à Europa, é obrigatório fazer um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros, de acordo com o Tratado de Schengen, isto para garantir que terás cobertura em caso de doença ou acidente. Portanto, não esqueças de fazer o teu antes da viagem. Leia aqui como fazer um seguro viagem e faça a tua cotação aqui. Neste último link, a empresa faz cotações em várias seguradoras e podes escolher a cobertura que mais te agrada, além, claro, do preço que cabe no teu bolso. E por experiência própria, há opções com preços bem interessantes. Cote, escolha e faça o seguro para viajar com tranquilidade e não correr o risco de ser barrado na entrada ao continente e, o mais importante, viajar com a certeza de que caso ocorra qualquer zebra, não ficarás desamparado lá longe.

Monte as tuas viagens aqui:

Agora que já tens uma sugestão de roteiro pela Europa, quer nos ajudar a manter o Mapa na Mão funcionando? É só usar os nossos links para planejar sua viagem! Você NÃO PAGA NADA A MAIS POR ISSO e nós ganhamos uma pequena taxa, ajudando a manter nosso trabalho de pé! 

Hotel ou apartamento: reserve a tua hospedagem por este link aqui no Booking.

Aluguel de carro: reserve aqui. O site irá buscar os melhores preços dentre diversas locadoras.

Seguro Viagem: faça o teu pela Real Seguros aqui ou pela Seguros Promo aqui – neste, utilize o cupom de desconto MAPANAMAO5, exclusivo para nossos leitores, e ganhe 5% de desconto. Saiba tudo sobre seguro neste link aquiPreços ótimos de acordo com nossas pesquisas. Agora, viajas mais de uma vez por ano para o exterior? Então este plano é mais convidativo.

Chip para celular: adquira o teu chip neste link e chegue tranquilo com o celular funcionando no teu destino, já no desembarque. E leia aqui todos os detalhes deste chip, inclusive porque ele vale a pena.

Passeios e atrações pelo mundo afora: pesquise, compre e evite filas clicando aqui.

Câmbio (compra de moeda): neste link aqui, podes encontrar a melhor cotação para a compra de moeda estrangeira e ainda fazer uma proposta para a agência de câmbio. Confira!

E não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Abraço,

 

 

 

 

 

 

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

sugestão de roteiro pela europa

 

Buscando Curtidas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.