ASSESSORIA DE VIAGENS
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

Trilhas de Bombinhas – Santa Catarina

publicado em: 17/11/2016 atualizado em: 23/10/2018

Engana-se quem pensa que Bombinhas, que fica no litoral norte de Santa Catarina, resume-se a praias e mais praias. Que tem sim, praias e mais praias e das mais lindas que conheço, ah, isso tem. E podes conferir essas maravilhas neste post. Mas nesta última vez que tivemos lá, descobrimos as trilhas de Bombinhas que são uma loucura! E olha que não tivemos tempo de fazer todas – está nos nossos planos, logo que voltarmos. Mas as três que fizemos, conto aqui:

Trilha da Costeira de Zimbros:

– O senhor sabe onde fica a trilha de Zimbros? – perguntei eu

– Alguém aí usa marcapasso? – respondeu ele perguntando.

– Não!

– Alguém tem problema de coração?

– Não, por quê?

– Porque se preparem para muitas emoções. Esta é a trilha mais linda do Brasil!

Assim começou meu diálogo com um pescador na Praia de Zimbros, ao perguntar a ele onde iniciava a Trilha da Costeira de Zimbros. Rimos muito e partimos rumo a ela com mais ansiedade ainda. E advinha só!! Não é que não foi história de pescador? A trilha é linda mesmo. A cada dezenas de metros, paisagens encantadoras.

O acesso a algumas praias paradisíacas e desertas de Bombinhas só é possível a partir desta trilha, como a Praia do Cardoso, a Praia da Lagoa, a Praia Triste e a Praia Vermelha. Neste dia, somente conseguimos chegar até a Praia do Cardoso e a da Lagoa, onde, inclusive, há um lindo manguezal preservado naquele recanto quase intocado.

O início da trilha se dá no canto direito de quem olha para o mar da Praia de Zimbros, onde há uma placa, conforme a foto abaixo. É uma trilha um pouco longa, principalmente se quiseres chegar até o fim. Até a Praia da Lagoa, levamos uns 40 minutos na ida, isso porque fomos parando para apreciar as enseadas pelo caminho. Apesar de longa, a trilha é leve, dando, inclusive, para fazer de sandália de dedo. No entanto, quando eu voltar, acho que vou preferir ir de tênis, por questão de maior conforto. Agora, da uma olhada nas fotos e programe a próxima ida até lá.

VAIS ADORAR LER TAMBÉM: O que fazer em Garopaba, SC.

Do Ribeiro:

Como contamos neste post aqui, na Praia do Ribeiro só se chega através de trilha. Esta trilha inicia logo após atravessar o riozinho entre Bombas e Bombinhas. No final da Praia de Bombas (lado direito de quem olha para o mar), há um rio. Atravesse-o até chegar às pedras e o início da trilha, onde há uma placa, conforme a foto abaixo.

Então, caminhe até o final da trilha para chegar na Praia do Ribeiro. É uma trilha leve, de aproximadamente 5 minutos o trecho e garanto, vale mesmo a pena, pois a natureza caprichou neste lugar. Não se preocupe com o rio, a menos que a maré esteja muito alta, mas, mesmo assim, ele não é profundo.

VAIS ADORAR LER TAMBÉM: O que fazer em Laguna, SC.

Trilha da Sepultura:

A Praia da Sepultura já é a coisa mais linda. A trilha, não deixa por menos. Suba a rampa ao lado do Ohana Bar, na Praia da Sepultura, vire à esquerda e inicie a trilha ao lado da placa que fica pendurada em uma garagem, conforme a foto abaixo. Um pouco mais adiante, encontrarás uma porteira de madeira. Passe por ela e siga em frente.

A trilha bifurca em algumas ocasiões. Bem, virando à esquerda, encontrarás o mar e paisagens de tirar o fôlego. Na foto abaixo, da pedra conseguimos avistar Bombas e Bombinhas ao fundo. Indo reto e subindo cada vez mais, chegarás ao final da trilha que termina em uma ponta de Bombinhas com o oceano todo pela frente e aos teus pés.

A trilha é leve, com trechos em subida, e leva-se aproximadamente 20 minutos para chegar ao final.

VAIS ADORAR LER TAMBÉM: Tudo o que você precisa saber para ir a Florianópolis.

Além destas três trilhas, Bombinhas tem ainda a Trilha da Galheta, que fica no costão esquerdo da Praia de Bombas, a Trilha do Retiro dos Padres, na praia de mesmo nome (e que tem um restaurante delicioso, o Restaurante Retiro dos Padres), a Trilha de Quatro Ilhas, na praia de mesmo nome, a Trilha do Morro do Macaco e a Trilha da Tainha, que ficam no canto esquerdo da Praia de Canto Grande (mar de dentro). Pegue um mapa no Centro de Atendimento ao Turista na Av. Leopoldo Zarling. Não tivemos tempo de ir em todas, mas essas que fizemos foram o suficiente para querermos voltar logo e terminar o que não terminamos.

Agora que já sabes que Bombinhas é um paraíso aqui na terra com lindas praias e não só por isso, mas com trilhas de encher os olhos de tanta beleza, comece já a planejar a sua ida a este que é um dos destinos mais lindos do Brasil. Não, não só do Brasil. Do mundo! Ah, e um detalhe importante: a maioria das fotos foram feitas em dias nublados, pois o tempo não colaborou muito com nosso feriadão. Agora, imagine este mar com um lindo céu azul? O Caribe fica vermelho de vergonha.

E como expliquei no primeiro post da série Bombinhas, são tantas coisas para se fazer neste lugar, que dividi a postagem em três: a das praias, este das trilhas e o que Bombinhas tem além das praias? Não perca por nada, afinal, o verão está logo ali.

Ah, nesta página, a Mariscal_Bombinhas_SC, há vídeos e fotos incríveis de Mariscal para teres uma ideia do que é tudo isto que estou falando.

Onde ficar:

Em Bombinhas há muitos hotéis, pousadas e apartamentos para alugar. Procure no Booking ou no Google por hotéis e pousadas ou até mesmo por imobiliárias, se for para alugar um apartamento, casa ou sobrado. Vou deixar aqui duas sugestões de hotéis onde ficamos e gostamos muito:

EM BOMBAS: Bombinhas Summer Beach Hotel e Spa. Fica bem no início da praia, no costão de Bombas, e é uma ótima sugestão de hotel. Sobre ele contei tudo neste post – confira!

EM BOMBINHAS: Bombinhas Praia Apart Hotel. Contei tudo sobre este apart hotel neste post. Dá uma olhada e fique com mais vontade de ir a este lugar maravilhoso.

Quando ir:

Em qualquer estação do ano, vais amar Bombinhas, por ser este um lugar de natureza exuberante e muito bonito.  No entanto, se fazes questão de um banho de mar, então a melhor época é a primavera e melhor ainda, o verão, pois as águas no sul costumam ser frias nas outras estações do ano. Mas saibas que no verão a cidade é muito agitada e lotada, com congestionamento em vários momentos do dia.

Minha dica: para entrar ou sair da cidade, vá muito cedo e saia bem tarde, pois as filas costumam ser grandes e demoradas. E vá com paciência, sabendo que valerá a pena.

Quanto ao comércio em geral, no verão funciona a todo vapor e abre até tarde. No inverno, muitas lojas e restaurantes não abrem.

As atrações nas praias, como aluguéis de caiaques, pranchas, stand up, etc, não funcionam no inverno. Mas como as trilhas estão lá à disposição o tempo todo e são de graça, podes aproveitá-las a qualquer momento.

Como chegar:

Bombinhas está localizada no litoral norte de Santa Catarina. Na BR 101, Km 155, entre no viaduto em direção a Porto Belo e siga pela SC 412 até chegar em Bombas, a primeira praia de Bombinhas.

DE AVIÃO: em Florianópolis há o Aeroporto Hercílio Luz. Bombinhas fica a 73 km de Florianópolis. Dali, pegue a BR 101, sentido norte. Em Navegantes, a 69 km de Bombinhas, há o Aeroporto Internacional de Navegantes. Dali, pegue a BR 101, sentido sul.

VAIS ADORAR LER TAMBÉM: Roteiro por Florianópolis.

Agora que já sabes o que fazer em Bombinhas e já conheces três de suas trilhas, não deixe de conhecer Santa Catarina, incluindo no roteiro este pedaço de paraíso. Nós podemos ajudar na economia da viagem, através destes links:

Hotel ou apartamento: reserve o seu por este link no Booking.

Aluguel de carro: reserve no Rentalcars.

Seguro Viagem: faça o seu aqui.

Todos os sites acima, Booking, Rentalcar e Real Seguro Viagem, fazem cotações em diversas empresas, garantindo assim, melhores preços e opções para todos os gostos e gastos.

Não fique por fora das novidades e promoções do Mapa na Mão, seu blog de viagens:

  • Entra lá no Facebook, curta nossa página e convide amigos para curtir também: Mapa na Mão
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube: Mapa na Mão
  • Siga nosso Instagram: @mapanamao
  • E inscreva-se no nosso blog ali ao lado onde está escrito: ASSINE NOSSO BLOG

Você pode salvar este texto no seu Pinterest para futuras consultas, pinando a foto abaixo:

trilhas em bombinhas

SalvarSalvar

Posts Relacionados

Buscando Curtidas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monte sua viagem

Ou nós montamos para você

Michela
Michela
Voltar

Eu sou o Dilamar, Bacharel em Direito, viajante nas horas vagas e não vagas. Sou admirador de viagens rodoviárias, principalmente aquelas bem longas e focadas em regiões montanhosas. E também sou ciclista amador e apaixonado por motos.

Eu sou a Letícia, tenho 14 anos e sou estudante. Gosto muito de pintar quadros, escrever poemas, ler e, principalmente, viajar. Para mim, o mundo é o meu quintal.

Eu sou a Ester. Tenho 26 anos e sou estudante de medicina. Moro em Floripa, sou apaixonada por Paris e frequentadora assídua de São Paulo, mas com os pés sempre em Criciúma, minha cidade natal. Amo sair do lugar, seja por poucos metros ou por muitos quilômetros, e de todas as formas possíveis. Das mais confortáveis viagens de trem às mais insanas viagens de carro. Conhecer o desconhecido me fascina! Viajar é minha maior paixão, mas devo arriscar dizer que sou quase tão apaixonada por montar os roteiros antes de viajar quanto pela viagem em si!

Olá, eu sou a Michela, Bacharela em Direito, pós graduada em Direito Constitucional, colecionadora de ímãs e de viagens. Conheci mais de 20 países, aliás, muito mais do que um dia imaginei conseguir, e vários recantos escondidos bem aqui pertinho de mim. Se canso? Jamais. Isso só aguça ainda mais meu desejo de percorrer este mundão. O que mais amo? Deus, minha família e viajar, claro.